Neocopan: Para Que serve, Composição, Como usar

Analgésicos são muito utilizados e indicados para aliviar os sintomas de diversas doenças. No caso do Neocopan, é um medicamento que trabalha na ação antiespasmódica, ou seja, previne a ocorrência de espasmos em determinadas regiões do corpo.

Se você sofre com isso ou conhece alguém que passa por essa situação, saiba para que serve este analgésico e como ele pode auxiliar no alívio desse sintoma.


Neocopan: Para Que Serve?

Com efeito de ação 2 em 1, o Neocopan ajuda a combater e aliviar os espasmos que causam dor e também é indicado para o tratamento de cólicas intestinais, estomacais, urinárias, vias biliares, órgãos sexuais femininos e menstruais.

Neocopan

Composição

Cada comprimido revestido de uso oral contém 10 mg de Butilbrometo de escopolamina e 250 mg de Dipirona.

Já no modo solúvel, cada ml (20 gotas) contém 6,67 mg de Butilbrometo de escopolamina e 333,4 mg de Dipirona e Excipiente q.s.p de 10 ml:  edetato dissódico, sorbitol, metabissulfito de sódio, sacarina sódica, ciclamato de sódio e água.

De Que Modo o Neocopan Age?

Ele atua sobre as contrações dolorosas dos sistemas para alívio imediato e prolongado do incômodo, e tem uma propriedade analgésica importante que diminui a percepção da dor.

O bom desse remédio é que assim que ingerido, ele já começa a fazer efeito e prolonga-se por até 8 horas.

Como Usar o Neocopan?

Para adultos: é ideal ingerir de 1 a 2 comprimidos de 10 mg/250 mg, de 3 a 4 vezes ao dia, não devendo passar disso.

Já a solução em gotas, vem com um gotejador para fácil utilização e também deve ser ingerido de 3 a 4 vezes ao dia.

*1 ml é equivalente a 20 gotas, e cada gota contém 0,33 mg de butilbrometo de escopolamina e 16,67 mg de dipirona.

Para as crianças: acima de 6 anos é ideal ingerir de 10 a 20 gotas, de 3 a 4 vezes ao dia; e de 1 a 6 anos recomenda-se o uso de 5 a 10 gotas, no mesmo período.

* Dissolva o número indicado de gotas em um pouco d’água e não use, em hipótese alguma, esse analgésico em doses altas ou por muito tempo sem a prescrição do médico.

O uso do analgésico requer atenção aos seguintes pacientes:

Idosos, especialmente aqueles com distúrbios das condições gerais de eliminação de creatinina do sangue, precisam ingerir o Neocopan de maneira reduzida.

  • Pacientes com mau funcionamento dos rins e fígado não devem ingerir o remédio.

Que Tipo de Situação o Neocopan Previne?

  • Dor Abdominal Com Causa Desconhecida

Caso ela esteja associada aos sintomas de vômito, febre, náusea, mudança no movimento e ritmo intestinal etc., procure um médico imediatamente.

Um ponto importante a ressaltar: pelo fato de o Neocopan ter dipirona em sua composição, esse componente pode causar queda grave de pressão (choque) e agranulocitose com risco de vida.

  • Reações Hematológicas

Se houver sinais de alterações no sangue como: agranulocitose, anemia aplástica (doença em que a medula óssea produz em quantidade insuficiente os glóbulos vermelhos, brancos e plaquetas); trombocitopenia (manchas roxas na pele e diminuição de plaquetas do sangue); pancitopenia (diminuição global de células do sangue).

Interrompa de imediato o tratamento e consulte um médico para a realização de outros exames laboratoriais. Se surgirem sinais de mal-estar, infecção, febre, hematomas ou sangramento e palidez, também é preciso procurar um especialista.


  • Reações Alérgicas Graves

Acontecem muito em pacientes com síndrome asmática induzida por analgésico ou intolerância a analgésico do tipo urticária-angiodema, asma brônquica, intolerância a corantes e/ou conservantes; ou intolerância ao álcool com reações de espirro, lacrimejamento grave e vermelhidão facial.

  • Reações de Pressão Baixa

O risco de um aumento hipotensivo isolado é grande em pacientes que já tiverem pressão baixa, desidratação, circulação instável iniciante, insuficiência respiratória (pós-taquicardia) ou febre elevada, o risco de ter um aumento hipotensivo isolado é elevada.

  • Reações Cutâneas Sérias

Caso os sinais sejam desenvolvidos por erupções na pele como: bolhas e danos das mucosas, o tratamento com esse analgésico deve ser parado e nunca mais retomado.

  • Pressão Intraocular

É possível ocorrer uma pressão dentro do olho com o butilbrometo de escopolamina em pacientes com glaucoma não diagnosticados e sem tratamento.


Superdosagem do Neocopan

Dependendo da situação, a superdosagem pode ocasionar sintomas referentes ao sistema nervoso central e causar tontura, coma, sonolência, agitação, contrações musculares e convulsões, como também queda na pressão arterial, taquicardia, retenção de líquidos etc.

Contraindicações do Neocopan

Este analgésico é contraindicado para pessoas com alergia a analgésicos semelhantes à dipirona, como: isopropilaminofenazona, propifenazona, fenazona, febilbutazona.

E para pessoas com asma induzida por analgésicos e propensas a desenvolverem reações anafilactoides (inchaço na pele) ou broncoespasmo (estreitamento das vias respiratórias).

Não Use Neocopan se Tiver:

– Hipersensibilidade prévia a pirazolonas ou pirazolidinas (dipirona).

– Síndrome de asma induzida por analgésico ou urticária e edema angioneurótico.

– Comprometimento da função da medula óssea ou doenças do sistema hematopoiético.

– Deficiência genética de glicose-6-fosfato-desidrogenase (risco de hemólise).

– Porfiria hepática aguda intermitente (risco de desencadear ataque de porfiria).

– Glaucoma.

– Hipertrofia da próstata com retenção urinária.

– Estenose mecânica do trato gastrintestinal.

– Taquicardia.

– No 3º trimestre de gravidez.

– Doenças metabólicas, tais como anemia hemolítica e porfiria.

– No período da amamentação.

Quais São Efeitos Colaterais?

Em cada pessoa e dependendo da situação, os sintomas e sinais são diferentes, por isso, é preciso atentar-se quanto às aparições, pois caso exista mais de um sinal, procure um médico especialista.

Os mais comuns são:

– Enjoo;

Vômitos;

– Comprometimento da função dos rins;

– Retenção urinária;

– Dor abdominal;

– Parada respiratória;

– Lesões do fígado;

– Tonturas;

– Sonolência;

– Coma;

– Agitação;

– Convulsões

– Contrações musculares ritmadas;

– Queda de pressão;

– Choque;

– Taquicardia;

– Secura na boca e narinas;

– Visão borrada;

– Pupilas dilatadas.

Para tratá-los, será preciso procurar um médico e passar todas as indicações do que está sentindo, para que ele possa diagnosticar o caso e indicar o melhor tratamento.

Como Armazenar o Neocopan?

Conserve o analgésico em temperatura ambiente (entre 15º a 30ºC) e proteja-o da luz e umidade, para que seus componentes sejam mantidos e o remédio esteja bom para uso.


Previna-se e cuide da sua saúde. Em caso de dúvidas sobre qual remédio tomar ou se deve tomar o Neocopan, procure um médico para lhe orientar melhor, mas não deixe de cuidar do seu maior bem, sua qualidade de vida.

Para que os medicamentos possam ser comercializados, eles devem ser registrados na Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária). Em casos de dúvida, verifique no portal da Agência em “Consulta de Produtos”, pois pode ser um medicamento irregular ou falsificado.

IMPORTANTE: Esse conteúdo é apenas para fins educacionais e não substitui de forma alguma a orientação de um médico. Consulte sempre um médico.