Tadalafila – Bula, O Que é, Indicações e Contraindicações

O Tadalafila é um medicamento recomendado para homens que apresentam dificuldades de ereção, sendo esse fármaco comercializado em formato de comprimidos revestidos.

Para saber todos os detalhes e cuidados necessários quanto a esse medicamento, confira nosso artigo.


Indicações do Tadalafila

Tadafila

O Tadalafila é indicado para tratar o quadro de disfunção erétil, que pode afetar os homens em determinado período.

É importante frisar que essa disfunção ocorre quando há problemas quanto ao fluxo de sangue que geralmente é enviado ao pênis diante de um estímulo sexual.

Dessa maneira, a disfunção erétil impede que o homem tenha a relação sexual. Esse problema também é conhecido como impotência sexual e pode apresentar diversas causas (que deverão ser analisadas por um médico).

Como Esse Medicamento Age

Tadalafila auxilia no aumento do fluxo de sangue para o pênis, contribuindo para que a ereção ocorra normalmente nos homens nos momentos em que há estímulo sexual.

Dessa maneira, o medicamento permite que o homem que apresenta disfunção erétil possa voltar a ter uma vida sexual satisfatória.

Vale frisar que o simples fato de ingerir o comprimido de Tadalafila não é suficiente para a ereção, já que, além de tomar o comprimido, é preciso que ocorra o estímulo sexual.

O comprimido tem sua ação iniciada a partir dos 30 minutos após a ingestão e tem ação por no máximo 36 horas.

Composição da Fórmula

Cada pílula de Tadalafila possui as seguintes substâncias:

  • Tadalafila (princípio ativo)
  • Excipientes: hipromelose, lactose monoidratada, dióxido de titânio, croscarmelose sódica, estearato de magnésio, laurilsulfato de sódio, macrogol, celulose microcristalina e corante óxido de ferro amarelo.

Contraindicações do Tadalafila

Ainda que Tadalafila apresente resultados eficazes, esse medicamento não é indicado nas seguintes situações:

  • Homens que não apresentam disfunção erétil;
  • Pessoas com algum tipo de predisposição alérgica à tadalafila (substância ativa do medicamento) ou a qualquer uma das substâncias contidas na fórmula (excipientes);
  • Homens que estejam fazendo uso de medicamentos que contenham nitratos, tais como dinitrato de isossorbitol, propatilnitrato, nitroglicerina e isossorbita.

Atenção:

Ainda que não sejam registradas advertências específicas quanto ao consumo desse medicamento por homens idosos, é importante que esses pacientes sempre consultem o médico antes de iniciar o consumo de Tadalafila e demais medicamentos usados para tratar o problema de disfunção erétil.

Efeitos Colaterais do Tadalafila

Antes de ingerir Tadalafila, também é preciso conhecer os efeitos colaterais desse medicamento, sendo que eles podem ocorrer de acordo com as condições gerais do organismo de cada paciente. Vejamos quais são esses efeitos.


Reações Comuns

  • Dor de cabeça;
  • Dor lombar;
  • Dispepsia (sensação de peso ou desconforto estomacal após as refeições);
  • Mialgia (dor muscular);
  • Rubor facial;
  • Congestão nasal;
  • Dor nas extremidades;
  • Refluxo gastroesofágico.

Reações Incomuns

  • Dispneia (dificuldade de respirar).

Reações Muito Raras

  • Erupções cutâneas;
  • Crises de urticária;
  • Inchaço facial;
  • Síndrome de Stevens-Johnson;
  • Dermatite esfoliativa;
  • Infarto do miocárdio;
  • Morte súbita cardíaca;
  • Acidente vascular cerebral;
  • Dor no tórax;
  • Batimentos cardíacos acelerados;
  • Taquicardia;
  • Redução da pressão arterial;
  • Aumento da pressão arterial;
  • Síncope;
  • Dor no abdômen;
  • Refluxo gastroesofágico;
  • Transpiração excessiva;
  • Visão embaçada;
  • Neuropatia óptica isquêmica anterior não arterítica;
  • Alteração do campo visual;
  • Oclusão da veia retiana;
  • Priapismo e ereção prolongada;
  • Crises de enxaqueca;
  • Epistaxe (hemorragia nasal);
  • Redução ou perda repentina da audição.

Obs.: a ocorrência das reações, principalmente as muito raras, pode estar relacionada a uma série de outros fatores além do uso desse medicamento.

Exatamente por essa razão, antes de iniciar o tratamento com esse medicamento é preciso informar ao médico a existência de outros problemas de saúde e se o paciente está fazendo uso de outro tipo de medicamento (contínuo ou não).

Cuidados Ao Ingerir Esse Medicamento

Ao ingerir Tadalafila, também é importante ficar por dentro dos cuidados essenciais que devem ser considerados ao fazer o tratamento com esse medicamento.

Tadalafila deve ser utilizado com bastante cuidado nos casos dos pacientes que apresentam os problemas de saúde a seguir:

  • Pressão baixa;
  • Pressão alta não controlada;
  • Problemas cardíacos (Ex.: insuficiência cardíaca, dores no peito, angina, batimentos cardíacos irregulares, histórico de ataque cardíaco);
  • Derrame;
  • Problemas ou alterações no fígado;
  • Problemas ou alterações nos rins, sobretudo nos casos em que há necessidade de diálise;
  • Úlceras estomacais;
  • Problemas relacionados a sangramentos;
  • Doença de Peyronie;
  • Deformação do pênis;
  • Condições que acarretam o priapismo (ereção por período superior a 4 horas). Ex.: mieloma múltiplo, leucemia, anemia falciforme etc.

Em alguns casos, a atividade sexual pode ser desaconselhada para homens diagnosticados com doenças cardíacas graves, assim como ocorre com relação a exercícios físicos em geral.

Em alguns casos, o uso desse medicamento pode aumentar os riscos de neuropatia óptica isquêmica anterior não arterítica aguda sobretudo nos casos de pessoas que sofrem de:

  • Hipertensão;
  • Diabetes;
  • Colesterol elevado;
  • Problemas cardíacos;
  • Fumantes.

Por esse motivo, caso o paciente apresente qualquer tipo de alteração na visão (por menor que seja), é necessário suspender imediatamente o uso do medicamento e consultar o médico.

Interações Medicamentosas

A interação de determinados medicamentos com Tadalafila pode causar complicações indesejáveis.

Por esse motivo, é obrigatório informar ao médico sobre o uso de outros tipos de medicamentos (sejam eles contínuos ou não).

A Importância do Acompanhamento Médico

Todos os homens que apresentam disfunção erétil necessitam consultar um médico para que seja identificada a causa do problema.

Inclusive, os homens devem realizar exames com frequência anual para avaliar a saúde do sistema reprodutor como forma de prevenir e tratar possíveis doenças.

Os medicamentos para disfunção erétil também precisam de orientação médica pelo fato de eles acarretarem uma série de alterações no organismo.

Logo, é necessário que o médico avalie se há ocorrência atual ou anterior de outras doenças, assim como observar quais as condições clínicas de cada paciente por meio da realização de exames de laboratório e imagem (quando necessário).

Todos esses cuidados são essenciais para a saúde dos homens de uma forma geral, abrangendo a atividade sexual satisfatória.


Depois de saber sobre Tadalafila, compartilhe essas informações com amigos e familiares para que eles também fiquem informados quanto aos benefícios e cuidados necessários ao fazer uso desse medicamento.


Para que os medicamentos possam ser comercializados, eles devem ser registrados na Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária). Em casos de dúvida, verifique no portal da Agência em “Consulta de Produtos”, pois pode ser um medicamento irregular ou falsificado.