Doril: O Que é, Para Que Serve, Como Usar

Quer saber quando se deve utilizar a Doril e qual sua finalidade? Acompanhe o texto e entenda os seus benefícios e contraindicações, antes de usá-lo!

O Doril é um medicamento de função analgésica e antitérmica que constitui cafeína e o ácido acetilsalicílico em sua fórmula, tendo a capacidade de promover o alívio rápido de diversas dores, bem como dores de cabeça e músculos, situações gripais e afins.


Indicações do Doril

Doril

O Doril tem indicação para aliviar as dores de teor leve e moderado. Elas podem ser destacadas como:

Dentre os principais ativos se destacam a cafeína e o ácido acetilsalicílico, com suas respectivas funções. Observe:

Ácido Acetilsalicílico

Tem indicação para aliviar os sintomas da odontalgia, cefaleias, dores de garganta que têm relação com dismenorreia, resfriados, artralgias e mialgias, bem como dores artríticas de intensidade pequena, resfriados comuns ou gripes, aliviando os sintomas de dores e febres.

Cafeína

O composto ajuda a absorver a substância analgésica de forma mais célere. Porém, caso não tenha o seguimento de dosagens indicadas pelo especialista, é possível existir a ação rebote, aumentando os sinais. Aqueles que apresentam condições cardíacas precisam atentar-se a este fato.

Suas Apresentações

São comprimidos – display com 25 cartelas compondo 6 pílulas ou cartuchos constituindo 20 pílulas.

Efeitos

Os efeitos colaterais mais destacados pelo Doril correspondem aos seguintes sintomas revelados por públicos específicos, não sendo um fator que acomete a todos:

  • problemas auditivos;
  • zumbidos;
  • dores no estômago;
  • náusea;
  • vômito;
  • má digestão.

Contraindicações

Contraindicação para indivíduos que apresentam a hipersensibilidade em relação ao ácido em questão, ou a demais salicilatos, bem como constituintes da composição do medicamento.

O remédio tem contraindicação para aqueles que apresentam predisposição a indigestões, que portem lesões gástricas como úlcera.


A contraindicação também é para indivíduos que sejam intolerantes gástricos em relação ao ácido acetilsalicílico e que portem lesões hepáticas graves, além de pessoas hemofílicas – com condições de sangramentos.

É preciso atentar-se a indivíduos que apresentam função dos rins comprometidas.

Além desses fatos, o Doril tem contraindicação em 3 primeiros meses de período gestacional, e depois desse tempo, só pode ser consumido em situações de urgência e sob recomendação de um médico.

O uso também é contraindicado em fim de gestações pelo prolongamento do tempo de sangramentos facilitando incidências hemorrágicas.

Aos idosos com maior sensibilidade as reações adversas da medicação, deve-se seguir recomendação de médicos em prazo de tratamento.

Para as crianças com idade menor que 12 anos, é imprescindível a consulta a um especialista.


É importante dizer que a direção dos veículos, bem como operação de máquinas deve-se ter um cuidado maior, em virtude dos efeitos do medicamento em relação a estas práticas.

Posologia

Utilização oral e adulta acima da faixa etária dos 12 anos.

O consumo deve ser entre um a dois comprimidos. Caso haja a necessidade, fazer a repetição entre 4 a 4h, limitando-se ao quantitativo de seis pílulas por dia.

A dosagem máxima por dia, indicada é de 6 comprimidos por dia, equivalente a 3g/dia do ácido acetilsalicílico e 180mg/dia da substância de cafeína.

Ingerir de preferência depois das refeições, juntamente de água.

O remédio não deve ter administração em dosagens altas, ou por longos períodos, sem que haja um parecer especialista.

É imprescindível o uso correto da medicação. Se houver dúvidas sobre a medicação, busque orientações farmacêuticas. Se os sintomas não desaparecerem, procurar recomendação médica ou demais especialistas.

Doril é Bom Para Enxaqueca?

De acordo com a medicina vigente, não há nenhum medicamento que traga a capacidade de promover o tratamento das enxaquecas, evitando que as crises aconteçam ou façam todos os sinais sumirem ao longo das crises.

Uma atitude permanente ainda é o que a ciência busca, bem como aqueles que estão prejudicados pela condição patológica. Porém, elementos paliativos que consigam reduzir os sinais podem ajudar.

Para as dores de teor mais forte, o medicamento também pode estar disponível em formato de Doril Enxaqueca, que traz a composição dos elementos já mencionados – cafeína e o ácido acetilsalicílico – além de paracetamol, que tem indicação para aliviar dores de teor forte e moderado, como a cefaleia.

A indicação deste remédio é também para dores causadas por sinusites ou resfriados, artrite, dor muscular, dor nos dentes ou dismenorreias.

Para Dor de teor Leve e Moderado

O consumo é de 2 comprimidos juntamente da água, possibilitando a repetição das dosagens de 6h em 6h, não administrando mais que 8 pílulas ao dia.


Para enxaquecas

Consumir somente 1 dosagem de 2 pílulas em um dia. Caso a enxaqueca persista depois da dosagem, consultar especialistas.

O período inicial da ação acontece em média depois de 15min do consumo do produto. O efeito dura um prazo variável, específico a cada organismo, de pessoa para pessoa. Não esqueça de consultar o seu médico!

IMPORTANTE: Esse conteúdo é apenas para fins educacionais e não substitui de forma alguma a orientação de um médico. Consulte sempre um médico.