Baclofeno: Para Que Está Indicado, Como Utilizar, Contraindicações e Efeitos Colaterais

Você conhece o Baclofeno? Não? Pois saiba que a medicação se trata de um potente relaxante muscular, de uso oral e indicado para adultos e crianças.

Apresentação e Composição

A medicação é apresentada em comprimidos revestidos. Cada comprimido contém 10 mg de Baclofeno – principal substância ativa.

Os excipientes inativos presentes nos comprimidos são: celulose microcristalina, amido, dióxido de silício, lactose, e estearato de magnésio.

Para Que Serve Esse Medicamento?

Baclofeno

Baclofeno é um dos medicamentos do grupo dos relaxantes musculares. O remédio é um potente relaxante muscular, como já mencionado. Serve para o alívio de sintomas, como dor no corpo, e para o tratamento de diversas doenças que afetam os músculos. Entre elas:

  • Tratamento da hipertrofia indevida de músculos esqueléticos, em situações de esclerose múltipla;
  • Tratamento de casos de hipertrofia localizada nos músculos da medula espinhal – que apresente infecções, sinais de degeneração, cancerosa ou traumática;
  • Tratamento da paralisia espinal espasmódica;
  • Tratamento da esclerose lateral amiotrófica (ELA);
  • Tratamento da siringomielia (problemas na cavidade tubular, que afeta a medula espinhal);
  • Tratamento da paraplegia;
  • Tratamento da paraparesia traumática – que causa a constrição do cordão da medula;
  • Tratamento de espasmos musculares cerebrais, causados por acidente vascular cerebral (derrame);
  • Tratamento de doenças degenerativa ou cancerosas que afetem o cérebro.

Como se Usa a Medicação?

As dosagens indicadas de Baclofeno dependem do problema apresentado pelo paciente, da resposta que ele tem ao tratamento e, principalmente, da orientação médica. Entretanto, as dosagens geralmente indicadas pelos médicos para cada caso são:

Tratamento Em Geral Para Adultos

  • Para pacientes adultos indica-se uma dose inicial de 15 mg da medicação ao dia, dividida em 2, 3 ou 4 tomadas.
  • Pode haver necessidade do aumento da dosagem. Nesse caso, ela de ser realizada gradualmente com aumentos a cada 3 dias, até que se chegue a dose ideal.
  • Alguns pacientes se mostram bastantes sensíveis ao uso da medicação. Nesse caso, é preferível começar o tratamento com doses de 5 mg ou 10 mg do fármaco e aumentá-las semanalmente.
  • Geralmente a dose total recomendada para adultos vai de 30 mg a 80 mg por dia. Alguns pacientes, no entanto, principalmente, em situação de internação hospitalar podem necessitar de doses diárias de 100 mg ou 120 mg.

Tratamento em Geral Para Crianças

Pacientes com menos de 18 anos devem utilizar cerca de metade da dose utilizada por adultos ou até menos. Nesse caso, é importante seguir a dosagem recomendado pelo médico.

 Quais as Precauções do Baclofeno?

Alguns pacientes, além das doenças para qual a medicação está indicada, possuem outras patologias. Para esses, é preciso extrema cautela na hora de definir a dosagem do medicamento, como:

  • Portadores de insuficiência hepática;
  • Portadores de insuficiência renal;
  • Portadores de insuficiência nos rins devem usar a medicação com cuidado e, de preferência, com dosagens baixas. A dose do remédio requer ainda mais precaução em pacientes que realizam o procedimento de hemodiálise. Para esses pacientes recomenda-se ingerir apenas 5 mg do medicamento ao dia;
  • Portadores de insuficiência renal em fase terminal, o médico deve avaliar a relação risco X benefício de indicar a medicação para o paciente. Caso esse tipo de  paciente receba como orientação o uso do medicamento, ele deve ser monitorado com cuidado, para diagnosticar precocemente casos de toxidade, devido ao uso do fármaco;
  • Pacientes com estados espásticos de origem cerebral.  Esses pacientes são potencialmente susceptíveis a reações adversas de Baclofeno. Dessa forma, a medicação deve ser usada com cautela e com dosagens abaixo de 15 mg ao dia do remédio.
  • Pacientes idosos (com 65 anos ou mais). Idosos também estão mais expostos a apresentarem reações adversas do medicamento. Portanto, recomenda-se a prescrição da menor dose útil possível.

Vale ressaltar que, em qualquer caso, com o fim do tratamento, a retirada do medicamento deve ser feita de forma gradual. As doses devem ser reduzidas aos poucos, entre 1 a 2 semanas.

Contraindicações da Medicação

A única contraindicação para o medicamento é a hipersensibilidade do paciente a quaisquer um dos componentes da fórmula de Baclofeno.

Reações Adversas

As principais reações adversas que o paciente pode apresentar com o uso da medicação são:

Reações Adversas Muito Comuns

Náuseas, enjoos, sonolência, sedação.

Reações Adversas Comuns

Confusão mental, dificuldade de respirar, alucinação, tonturas, depressão, insônia, euforia, fadiga, ataxia, tremores, fraqueza muscular, mialgia, pesadelos, sensação de boca seca, dor de cabeça, nistagmo e  delírios.

Também podem ocorrer: débito cardíaco, pressão baixa, alterações gastrointestinais, diarreia, vômito, constipação, excesso de transpiração, erupções na pele, dificuldades para urinar, redução do volume ou escassez de urina.

Reações Adversas Raras

Dores abdominais, alteração nas funções hepáticas, parestesia, vômito, retenção urinária, disfunção erétil.

Reações Adversas Muito Raras

Hipotermia.

Reações Adversas Desconhecidas

Urticarias, bradicardia, aumento da glicose no sangue, síndrome de abstinência.

Quais as Interações Medicamentosas?

A administração do medicamento com alguns outros remédios pode aumentar ou reduzir a sua eficácia. Cabe ao médico avaliar o uso concomitante de medicações. São elas:

  • Levodopa;
  • Carbidopa;
  • Tizanidina;
  • Opiáceos sintéticos;
  • Morfina;
  • Antidepressivos;
  • Lítio;
  • Anti-hipertensivos; entre outros.

Superdosagem Com Baclofeno

Não existem relatos significativos de superdosagem com a medicação. No entanto, se isso vier a ocorrer, leve o paciente para o serviço de atendimento médico mais próximo.


Na impossibilidade de se deslocar com o paciente, entre em contato imediatamente com o SAMU, pelo número 192.

Dores e Dificuldades Devido a Problemas Musculares? Veja Como Melhorar Isso!