Balanite: O Que é, Causas, Sintomas e Tratamento

Confira Todas as Informações Sobre a Balanite. Veja as Causas, Sintomas e Opções de Tratamento Para Esta Condição que Acomete a Saúde!

Balanite é um tipo de inflamação que se localiza na glande – a ponta do pênis – com associação a infecções. Ao passo que o prepúcio também seja prejudicado, utiliza-se a terminologia de balanopostite.


O Que é Balanite?

Balanite

Esta condição tem associação  frequente a elementos infecciosos com transmissão ao longo de atividade sexual com parceiros que tenham a infecção.

Contudo, também é possível que decorra de aspectos não-infecciosos. O câncer peniano é capaz, também, de ter manifestação no formato de Balanite.

O público masculino com maior predisposição, portanto, são aqueles que conseguem manter relação sexual sem camisinha com pessoas que disponibilizam a infecção, a partir de hábito higiênico ruim.

Deste modo, portanto, maior predisposição à infecção e aquelas em utilização de substâncias antibióticas de espectro amplo.

Aparentemente a circuncisão promove a proteção masculina contra a condição, em questão, por tornar mais fácil a limpeza peniana. Há 3 categorias da doença:

Categoria Circinada

Esta condição acontece, de modo geral, como resultados de artrites de caráter reativo.

Categoria Zoon

Este caso de inflamação ocorre na região do prepúcio e da cabeça do pênis. De modo geral, prejudica o público masculino de faixa etária entre 50 anos até mais, que não tiveram a circuncisão.

Categoria Pseudoepiteliomatosa Queratótica e Micácea

A condição apresenta características específicas de lesão cutânea com semelhança a verrugas na região superior do órgão sexual masculino

Ao passo que surjam os sinais de início da condição, é imprescindível fazer a consulta do Urologista, em situação de público masculino, ou Pediatra, em situação infantil, portanto, para início de tratamento com cremes e pomadas específicas para eliminar o incômodo.

Causas da Balanite

A ausência de hábitos regulares de higiene dos genitais costuma ser a causa mais frequente das duas doenças.

A falta de asseio favorece a formação de esmegma, uma secreção branca composta pela descamação de células mortas da pele, óleos e gorduras produzidas pelas glândulas do pênis e infectada por micro-organismos (fungos, vírus e bactérias), que se acumulam sob o prepúcio.

As inflamações podem ser caracterizadas pelo contato a partir de elementos que causam irritação.

Estes agentes podem se presenciar em produto de higiene, ou a partir de contatos diretos com determinados tecidos que causam alergias ou irritações.

De mesmo modo, a candidíase e DSTs são patologias que se associam ao surgimento destas condições. 

Diabetes

Diabetes promove o aumento dos riscos da infecção, de forma especial em caso de o grau do açúcar na região do sangue não ter o devido controle.

Caso a glicose esteja no trato urinário,é possível que grande parte permaneça na região do prepúcio. A glicose auxilia os elementos bacterianos a terem multiplicação de forma célere.

Fimose

Trata-se de uma condição do prepúcio que se encontra muito apertado. É quase impossível ou extremamente difícil fazer sua retração ou puxar o tecido para trás.

A urina, os suores e demais elementos podem causar o acúmulo do prepúcio, provocando irritações e fazendo com que os germes tenham sua multiplicação.


A condição é de caráter raro em público masculino jovem e adulto.


Existem situações, contudo, em que não há aptidão para que se determine aquilo que provocou ou não a inflamação.

Sintomas da Balanite

Além do aspecto vermelho na região superior do pênis, a condição pode causar demais sinais como:

  • firmeza da pele e brilho na glande;
  • cor avermelhada em volta da glande;
  • dores;
  • coceira;
  • irritação na glande;
  • descarga irregular sob a região do prepúcio;
  • cheiro ruim;
  • aperto do prepúcio;
  • dores ao eliminar urina;
  • feridas;
  • inchaço nas glândulas próximas ao pênis.

Irritações, dores ou corrimento também podem acontecer sob a região do prepúcio entre dois a três dias posteriores ao sexo. Determinados sintomas e sinais se assemelham aos de um afta ou IST.

Em determinadas situações é possível, ainda, que haja dificuldade para que se puxe a pele que faz a cobertura peniana. Isto porque esta permanece cada vez com maior inchaço e aperto, em razão das inflamações.

Ao passo que surjam os sinais, é imprescindível seguir até um especialista. Em situação da condição pediátrica, é preciso dirigir-se até um hospital para ter a identificação adequada e início do tratamento coerente.

Tratamento Para Balanite

O diagnóstico é realizado, de forma principal, baseando-se nos sinais que o indivíduo tem referência e no fator das lesões visualizadas em teste físico.

Há a coleta de amostrar líquidas presentes nas feridas para a determinação de que há ou não a inflamação ou da causa de infecções.

É possível também proceder a biópsia para o descarte de possível outra patologia maligna como o câncer.

De modo geral, este tratamento faz a inclusão de:

  • substâncias corticoides como a Hidrocortisona, que podem ter uso em diversas situações para o melhoramento dos sinais;
  • elementos antifúngicos como o Clotrimazol, Nistatina, Terbinafina têm uso para o tratamento de fungos excessivos;
  • substâncias antibióticas como Mupirocina ou Clindomicina têm uso em situações de infecção por elementos bacterianos.

Caso ainda persistam os sinais, há a necessidade de fazer uma avaliação de quaisquer alergias que podem ter causa pelo sabonete específico ou substância de higiene. É preciso, portanto, eliminar o uso do que causa alergias, para o alívio dos sinais.

Posteriormente ao tratamento, a fim de que se evite a condição da Balanite é preciso que se mantenha a limpeza e secura do órgão.

Evite, também, portanto, utilizar elementos que possibilitem a irritação da pele e faça uso de preservativos em relação a todos os momentos de sexo, para a redução dos riscos de patologias transmissíveis.


Cuidados

É importante, portanto, aproveitar o momento do banho para que se capriche na higienização peniana. Faça a retração completa do prepúcio para que se possa fazer a lavagem na íntegra da glande a retirada de todos os sinais de esmegma.

  • ausência de limpeza na área pode desenvolver câncer peniano;
  • não deixar de fazer uso da camisinha em relação sexual;
  • faz a higienização cuidadosa do pênis posteriormente ao ato sexual;
  • prevenir a reação alérgica, de modo a evitar vestuário íntima fabricado com sintéticos;
  • não fazer uso de vestuário íntimo muito apertado, portanto, nem permanecer com sunga molhada por várias horas.

Por mais que você se sinta bem, faça um Check-up  uma vez por ano.  Exames regulares ajudam seu médico acompanhar sua saúde e identificar alguma ameaça de doença, colocando você no caminho do tratamento.

IMPORTANTE: Esse conteúdo é apenas para fins educacionais e não substitui de forma alguma a orientação de um médico. Consulte sempre um médico.