Hidrocortisona: O Que é, Para Que Serve e Como Tomar

Saiba informações específicas sobre a Hidrocortisona que podem ser destacadas para auxílio de algumas doenças. Acompanhe aqui!

A Hidrocortisona é destacada por duas categorias que são:


  • Succinato;
  • Acetato.

A Hidrocortisona é uma substância anti-inflamatória, imunossupressora e, ainda, cortisol, podendo ter a injeção, consumida em pílulas ou a aplicação em formato de pomadas.

O formato de succinato sódico é uma substância anti-inflamatória antirreumática que é eficaz a partir de um aprimoramento do estado generalizado do indivíduo com regressão de sintomas e afins que se relacionam a patologia destacada.

Indicações da Hidrocortisona

Hidrocortisona

A Hidrocortisona em pílulas ou pomada é usado para o tratamento de condições dermatológicas, bem como dermatites e eczemas. De modo geral, a utilização de pomadas e cremes é prescrita para situações específicas do organismo ou em regiões sensibilizadas como a face.

O acetato da Hidrocortisona tem indicação para tratar patologias em caráter inflamatório e alérgico da derme que são solucionadas para tratar a condição a partir de aplicação de corticosteroides com aplicação direta pela pele como:

  • eczemas;
  • dermatites;
  • queimaduras de 1º grau;
  • vermelhidão causada pelo sol;
  • picada de inseto.

Já o succinato sódico da substância é a injeção, recomendado para diversos transtornos dermatológicos, endócrinos, reumáticos, oftalmológicos e gastrointestinais. Em casos de situação anafilática, a substância injetável pode ter uso também.

Apresentações da Hidrocortisona

  • Creme de 10mg/g; embalagens constituindo bisnaga de 20g.

Utilização tópica, adulta e pediátrica.

  • Pó para a injeção de 100mg; recipiente composto por 50 frascos/ampola;
  • Pó para a injeção de 100mg; recipiente composto por 50 frascos/ampola;
  • Pó para a injeção de 500mg; recipiente composto por 50 frascos/ampola.

Utilização adulta e por injeção.

Efeitos da Hidrocortisona

As ações colaterais da substância fazem a inclusão dos seguintes sinais:

  • peso elevado;
  • inchaço das pernas;
  • músculos fracos;
  • suor excessivo;
  • cicatrização dificultosa;
  • dor de cabeça;
  • tontura;
  • prurido na pele;
  • sede.

É possível que haja insônia, euforia e úlceras estomacais em determinados indivíduos que utilizam a Hidrocortisona.

Pessoas do sexo feminino fazem utilização da substância também podem ser prejudicadas pela alteração nos ciclos menstruais.

A partir da terapia oclusiva, é possível acontecer a reação de:


  • infecções secundárias;
  • maceração da pele;
  • estrias;
  • atrofias da pele;
  • miliária.

Caso ocorra irritação, o elemento precisa de sua descontinuação e fazer a instituição de terapia. Ao presenciar a infecção, é preciso fazer uso de uma substância antifúngica ou antibacteriana adequada.

Dentre os cuidados é preciso fazer a observação de tratamentos de regiões extensas, bem como terapias oclusivas, em virtude de uma possível absorção.

Contraindicações da Hidrocortisona

A contraindicação do elemento refere-se a existência de procedimentos que decorrem a sífilis ou tuberculose, patologias provocadas pelos vírus – herpes, catapora – bem como:

  • rosácea;
  • reação posteriores a vacinas em região de tratamento;
  • dermatite perioral;
  • alergias ao remédio, em questão ou quaisquer substâncias do elemento.

Em casos de período gestacional ou amamentação, é importante consultar o especialista para mais informações específicas. Não use nenhum remédio sem a recomendação do seu médico.

Como Usar Hidrocortisona

A pomada, de modo geral, é utilizada para patologias da pele, bem como reação de alergia comumente ocorrentes. Outras situações que têm o tratamento pelo medicamento, também são vendidos em injeções e comprimidos. 

A injeção é uma substância anti-inflamatória ministrada de maneira intramuscular ou pela veia. É de uso para a redução de sinais de dores, vermelhidões, inchaços e calores provocados pelas alergias, patologias de respiração e reumatismo.

Lembre-se que a ingestão excessiva de qualquer medicamento pode acarretar a saúde de maneira efetiva, sendo prejudicial a ponto de causar o óbito. Não use nenhum medicamento sem a orientação médica.

Hidrocortisona é Corticoide?

As substâncias corticoides também disponíveis como cortisona ou corticosteroides, tratam-se de hormônios com produção a partir de glândulas supra-renais que atuam fortemente como anti-inflamatórios, sendo, portanto, muito úteis para tratar condições crônicas como:

  • transplantes renais;
  • asma;
  • artrite reumatoide;
  • alergias;
  • lúpus.

A substância em questão têm o encaixe neste grupo, e por isso, é uma substância corticoide.  A fórmula é o acetato, que se destaca como um elemento corticosteroide para o uso tópico a fim de tratar transtornos e distúrbios da pele. Posteriormente ao primeiro ato de aplicação, o elemento já inicia a ação.


Hidrocortisona é Antialérgico?

Em virtude de se tratar de uma substância corticoide, a Hidrocortisona em injeção tem indicação para tratar alergias, e pode ser cuidada de modo tópico, por meio das pomadas e cremes. Ainda, a indicação também é para condições inflamatórias provocadas por patologias de situações que acometem as glândulas, bem como:


  • patologias reumáticas;
  • condições da pele;
  • olhos inflamados;
  • patologias da respiração;
  • esclerose múltipla.

Lembre-se que todo medicamento precisa ser prescrito por um profissional da Medicina. Só ele estará apto a realizar a melhor indicação de remédios e tratamentos para a sua condição patológica.

Nem todo o medicamento que é adequado para questões específicas e comuns à grande parte das pessoas pode ser eficaz para o seu organismo. Portanto, é preciso pensar nessas questões antes de efetuar a automedicação e procurar orientação médica.

IMPORTANTE: Esse conteúdo é apenas para fins educacionais e não substitui de forma alguma a orientação de um médico. Consulte sempre um médico.