H1N1: O Que é, Causas, Sintomas, Tratamento e Informações

Descubra Tudo Sobre a H1N1, Uma Doença que Pode Acometer o Organismo Humano. Veja as Informações e Principais Formas de Tratamento!

A H1N1 trata-se de uma patologia provocada por mutações de vírus gripais. É também popularmente conhecida como a gripe do porco ou gripe suína.


A categoria é um subtipo de Influenza A, que tornou-se conhecida quando prejudicou uma parcela grande do mundo inteiro entre o ano de 2009 e 2010.

Os sinais da gripe, em questão, assemelham-se com os de uma gripe convencional. A transmissão acontece, também, de mesmo modo.

Os problemas relacionados a esta categoria é que pode desencadear complicação da saúde de teor grave e pode, ainda, levar à óbito.

O Que é H1N1?

H1N1

A H1N1, ou a influenza A, é causada pelo vírus, em questão, que resulta de combinações de segmentação genética do vírus da gripe humana, do vírus das aves e dos suínos, que promoveram a infecção dos porcos de forma simultânea.

O prazo da incubação tem variação de três a cinco datas. As transmissões podem acontecer antes do surgimento dos sinais.

Acontecem a partir do contato direto com objetos e animal contaminado, bem como de indivíduo para indivíduo, pelas vias aéreas ou através de fragmentos salivares e das secreções das vias da respiração.

Alguns estudos atuais fizeram a indicação de que tal vírus não apresenta tanta agressividade quanto se acreditava.

Causas da H1N1

Os primeiros modos do vírus, em questão, tiveram a descoberta nos porcos, porém a mutação conseguinte acabou tornando o elemento uma grande ameaça, inclusive para a população humana.

Assim, portanto, como quaisquer vírus novos, que não há a exigência de metodologias preventivas, o elemento de mutação da gripe, em questão, teve sua disseminação de forma muito rápida pelo mundo inteiro.

Esta transmissão acontece de mesmo modo que a gripe convencional, através da secreção da respiração como gotas de saliva, espirro ou tosse.

Posteriormente, portanto, a infecção a partir do vírus, um indivíduo pode tarde entre 1 a 4 datas para iniciar a apresentação dos sinais patológicos.

De mesmo modo, portanto, é possível tardar enter 1 a 7 datas para haver a capacidade de transmissão a outros indivíduos.

De acordo com a OMS – Organização Mundial da Saúde, não existem riscos de o vírus ter transmissão por meio do consumo da carne suína.

Isto porque haverá a eliminação do mesmo em período de cozimento da carne em temperatura maior que 71º.

Sintomas da H1N1

Os sintomas desta gripe são semelhantes aos da gripe convencional. Quando estamos gripados, portanto, geralmente, identificamos as dores no corpo, o cansaço e as dores de cabeça fortes, acompanhadas de congestão nasal e espirros.

Porém, podem ter um destaque de gravidade maior e, portanto, costumam fazer a inclusão de complicação. Analise os sintomas:


  • febre alta;
  • dores de cabeça;
  • dores nos músculos;
  • tosse;
  • falta de ar;
  • dores na garganta;
  • fraqueza;
  • coriza;
  • espirros;
  • congestão nasal;
  • diarreia;
  • vômito;
  • náusea.

A complicação, portanto, decorre da gripe e é comum em indivíduos jovens, caso difícil de ocorrer em relação a situação da gripe convencional.

As insuficiências relacionadas a respiração são sinais frequentes da gripe, em questão, que não devem ter o devido tratamento.

Em situações gravíssimas, ela pode desencadear o óbito.

Tratamento Para H1N1

O tratamento, portanto, para quaisquer cepas do vírus influenza é realizado com a utilização do antiviral Tamiflu. Este medicamento só pode, por isso, ter uso com a devida prescrição de um médico.

Em relação a toda gripe, o tratamento é para sanar os sintomas, com substâncias antitérmicas, analgésicas, expectorantes, que promovem o controle dos sinais patológicos como dores e febre.

As substâncias antivirais só podem ter utilização sob a prescrição de um médico, para situações muito específicas.

Ainda, a indicação é de que o indivíduo continue em descanso, consumindo muito líquido e apresentando uma alimentação com equilíbrio.


Jamais utilize medicamentos em momento de suspeita da gripe, em questão. Isto porque a condição pode ser afetada a partir de medicações específicas. Portanto, evite o problema e considere sempre buscar o auxílio médico.

Remédios Para Gripe H1N1

A medicação mais utilizada para tratar a gripe, correspondem a:

Apenas um especialista é capaz de dizer qual a melhor medicação e a melhor indicação para a sua situação clínica.

De mesmo modo, só ele pode indicar a dose do medicamento adequado e o tempo do tratamento específico. É importantíssimo, portanto, que se siga à risca as recomendações do especialista e não se automedicar.

É importante também não interromper a utilização do remédio sem fazer a consulta do especialista. É preciso saber exatamente o quantitativo a ser consumido para não haver, por isso, a superdosagem.

A automedicação e a superdosagem podem, portanto, ser efetivamente grave para o tratamento do vírus, em questão. Evite fazer o uso de quaisquer tipos de elementos analgésicos, antitérmicos e demais anti-inflamatórios para tentar sanar o problema.

É preciso fazer uma análise laboratorial para descobrir se você está ou não com a patologia, em questão. Se você apresenta a gripe H1N1, os cuidados deverão ser extremamente maiores.

Isto porque não é qualquer medicamento que pode ser consumido neste momento clínico.


O que você imagina que pode ajudar a acalmar os sintomas, pode, no entanto, atrapalhar ainda mais a busca da melhora da saúde. Faça os exames e busque, sempre, a orientação médica.

Por mais que você se sinta bem, faça um Check-up  uma vez por ano.  Exames regulares ajudam seu médico acompanhar sua saúde e identificar alguma ameaça de doença, colocando você no caminho do tratamento.

IMPORTANTE: Esse conteúdo é apenas para fins educacionais e não substitui de forma alguma a orientação de um médico. Consulte sempre um médico.