Roacutan: Bula, Indicações, Contraindicações, Como Usar

Saiba Tudo Sobre o Roacutan, Um Medicamento Específico Que Deve Ter a Prescrição do Médico. Confira Todas as Informações e Modos de Uso!

O Roacutan tem indicação para tratar a acne grave do tipo conglobata, nódulos císticos e acnes com risco de cicatriz permanente, bem como cenários de acnes resistentes à terapias antibióticas sistêmicas e elementos tópicos.


É uma medicação forte, potente, que descasca a pele por completo, por conseguinte, dando lugar uma pele sem manchas e sem espinhas.

Trata-se de um remédio para espinhas que efetiva a saúde da pele.

Roacutan: Quais as Indicações?

roacutan

Esta é uma medicação antiacne que tem como efeito a supressão de atividade e redução dos tamanhos das glândulas que produzem sebo.

O prazo mediano para o começo da melhora do cenário das acnes tem variação entre oito e dezesseis semanas.

O medicamento tem apresentação ao mercado no formato encapsulado de 10 a 20mg.

A medicação apresenta excelentes ações para a eliminação completa das acnes, incluindo as de caráter grave, aprimorando a saúde da pele e da aparência do indivíduo.

O medicamento apresenta isotretinoína em seus compostos. Portanto, uma das ações adversas é o surgimento de lábios e pele seca.

De modo geral, a substância da isotretinoína tem recomendação pelo, então, especialista da Dermatologia para espinhas que não têm aprimoramento depois da utilização de outras categorias do tratamento, tendo os resultados de início observados pelo tempo aproximado de oito a dezesseis semanas depois do consumo do medicamento.

O valor do Roacutan tem variação, a depender do quantitativo de drágeas da embalagem e localidade.

Apresentações do Roacutan

  • cada encapsulado do Roacutan é composto por 10 ou 20mg de 13-cis-retinoico (princípio ativo).

Excipientes

  • cera amarela;
  • óleo de soja;
  • óleo de soja hidrogenado;
  • óleo de soja parcialmente hidrogenado;
  • gelatina;
  • Karion 83;
  • glicerol 85%;
  • dióxido de titânio;
  • óxido de ferro vermelho.

A medicação só pode ser consumida a partir da orientação médica. Isto porque, os elementos citados podem ser prejudiciais ou contraindicados aos pacientes específicos.

Analise a contraindicação deste remédio, a seguir.

Contraindicações do Roacutan

O Roacutan não pode ter uso pelos indivíduos que, portanto, sejam alérgicos à isotretinoína, substâncias parabenos ou quaisquer outros elementos da medicação, bem como:

  • indivíduos que apresentem insuficiência hepática;
  • vitamina A com valores lipídicos altos nos testes sanguíneos.

Ainda, o medicamento também não pode ter uso pelas mulheres em período gestacional ou que estejam amamentando.

Isto porque o remédio não apresenta riscos elevados de provocar malformações de caráter grave em bebês ou aborto espontâneo.

Desse modo, o público feminino que faz uso do remédio, em questão, deve fazer uso de metodologias contraceptivas para que se evite a gravidez ao longo do tratamento.

Efeitos Colaterais do Roacutan

As reações adversas de surgimento mais comum fazem a inclusão de:


  • anemia;
  • modificação nos valores de testes sanguíneos;
  • conjuntivite;
  • inchaços de pálpebras;
  • irritações ou olhos secos;
  • modificação nos valores de testes hepáticos;
  • lábios secos;
  • pele seca;
  • dor nos músculos;
  • dores nas regiões lombares;
  • modificação nos valores do colesterol.

Algumas pessoas são capazes de sentir os efeitos adversos de modo muito intenso, apresentando, inclusive, mudanças no humor.

Estes sintomas, portanto, podem variar de um organismo para outro, mas geralmente podem ser decisivos no momento de continuar ou não com o tratamento.

O ideal, portanto, é que haja um acompanhamento com o especialista para saber como manter o tratamento com saúde.

Como usar o Roacutan?

A utilização da medicação deve seguir a orientação de dermatologistas, porque a dosagem tem variação conforme o teor de gravidade da condição a ser tratada.

Em grande parte das situações, a dosagem tem variação entre os valores de 0,5 a 1mg por kg e dia, e em determinados casos, o especialista pode promover o aumento da dosagem em até 2mg por kg e dia.

O tempo do tratamento tem variação em relação a dosagem por dia e remissões completas da acne acontecem, de modo geral, entre dezesseis e vinte e quatro semanas.

Demais reações adversas

As reações adversas que mais se destacam, portanto, podem versar os seguintes sintomas:


  • anemia;
  • redução das plaquetas ou aumento;
  • taxas de sedimentação elevadas;
  • inflamações das bordas da pálpebra;
  • elevação transitória e reversível da transaminase hepática;
  • conjuntivite;
  • ressecamento ocular;
  • irritação ocular;
  • coceiras na pele;
  • fragilidade cutânea;
  • ressecamentos dos lábios e da pele;
  • músculos doloridos;
  • redução do HDL e elevação de triglicérides e colesterol sérico.

O uso deve ser prescrito por um especialista da Medicina, a partir de exames específicos. As mulheres ficam impossibilitadas de engravidar durante o tratamento, em razão das grandes chances de o feto nascer com malformações, ou até mesmo, ser abortado.

Por isso, há a necessidade também de apresentar teste de gravidez antes de iniciar o tratamento.

Ação Esperada do Roacutan

Devido o fato do Roacutan conter vitamina A  – a isotretinoína em sua fórmula, espera-se que a melhora clínica da acne aconteça quando iniciar a redução do tamanho das glândulas que produzem o sebo.

Após o início do tratamento com Roacutan, é estimado um prazo de 8 a 16 semanas para que o medicamento possa resultar no efeito final, porém, depende de cada caso.

Existem pessoas que por exemplo, após 15 dias usando já começam a aparecer os resultados, algumas precisam estender por mais tempo.

Isso acontece devido a uma lista de fatores referente ao organismo, como por exemplo o nível de colesterol e a aceitação do corpo ao remédio.

Roacutan é perigoso?

O elemento da isotretinoína, disponível nas farmácias com o nome, em questão, é uma substância poderosa contra a acne, mas pode apresentar reações adversas perigosas.

A listagem grande, portanto, é um dos motivos mais destacáveis para que determinados indivíduos tenham a rejeição deste tratamento.

As drágeas, de forma comum, indicam que, em situações de acne severa, elas funcionam mesmo. A razão disto é que, de fato, o medicamento tem atuação direta em relação a glândulas sebáceas.


De forma básica, elas reduzem o quantitativo do óleo produzido e os seus tamanhos, bem como as bactérias presentes na pele.

Para que os medicamentos possam ser comercializados, eles devem ser registrados na Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária). Em casos de dúvida, verifique no portal da Agência em “Consulta de Produtos”, pois pode ser um medicamento irregular ou falsificado.