Anador – Bula, O Que é, Indicações e Contraindicações

Anador é, sem dúvida, um dos medicamentos mais populares no Brasil, sendo associado principalmente ao alívio de dores de cabeça.

No entanto, esse fármaco é usado em diferentes situações. Para saber todos os detalhes sobre esse remédio disponibilizado em gotas e comprimidos, confira nosso artigo.


Para Que o Anador é Indicado?

Anador, além de ser usado para eliminação da dor de cabeça, atua no alívio de dores musculares e febre devido ao seu efeito analgésico e antitérmico.

Em Quanto Tempo o Anador Age?

Anador começa a agir no alívio de dores e febre aproximadamente entre 30 a 60 minutos depois de ingerir esse medicamento, seja em gotas ou em comprimidos. O efeito dura cerca de 4 horas.

Anador

Composição da Fórmula

Anador Gotas

Dipirona sódica monoidratada (princípio ativo);

– Sacarina sódica di-hidratada (excipiente);

– Sorbitol (excipiente);

– Álcool etílico (excipiente);

– Glicerol (excipiente);

– Edetato dissódico di-hidratado (excipiente);

– Metabissulfito de sódio (excipiente);

– Essência de tangerina (excipiente);

– Água purificada (excipiente).

Anador Comprimido

– Dipirona sódica monoidratada (princípio ativo);

– Povidona (excipiente);

– Sacarose (excipiente);

– Hipromelose (excipiente);

– Dióxido de silício (excipiente);

– Álcool etílico (excipiente);

– Amido (excipiente);

– Amarelo de quinolina (excipiente);

– Estearato de magnésio (excipiente);

– Talco (excipiente);

– Água purificada (excipiente).

Contraindicações do Anador

Anador, por mais que seja um dos analgésicos e antitérmicos mais consumidos pela população, apresenta contraindicações que precisam ser respeitadas, sendo que esse medicamento não deve ser consumido nas situações a seguir:

– Crianças menores de 3 meses de idade ou que pesam menos de 5kg;

– Grávidas;

– Lactantes (mulheres que estão amamentando);

– Pessoas que apresentam intolerância à frutose (em virtude da presença de sorbitol na fórmula);

–  Pacientes nos quais a função da medula óssea está prejudicada ou há doenças associadas ao sistema hematopoiético;

– Indivíduos com quadro de porfiria hepática aguda intermitente;

– Pessoas com histórico de reações alérgicas, situações de intolerância à dipirona ou a qualquer uma das substâncias contidas na fórmula desse medicamento e também nos casos de reações alérgicas ou intolerância a pirazolidinas, tais como oxifembutazona e fenilbutazona;

– Pacientes com quadro de deficiência congênita da glicose-6-fosfato-desidrogenase.

Obs.: pessoas diagnosticadas com outros tipos de problemas ou que usam algum tipo de medicamento de forma contínua obrigatoriamente devem informar tais condições ao médico em virtude de possíveis contraindicações pontuais ou interações medicamentosas inadequadas.

Efeitos Colaterais do Anador

Anador, sobretudo quando usado por um período maior ou em dosagens mais elevadas pode provocar alguns efeitos colaterais, conforme a seguir:

– Reações de hipersensibilidade. Tais reações são mais comuns em pessoas com predisposição a essa hipersensibilidade e ocorrem independentemente da dosagem de Anador;

– Crises de urticária;

– Reações cutâneas;

– Choque anafilático (em pessoas com tal disposição orgânica, já que está associado à hipersensibilidade);

– Desconforto gastrintestinal;

– Redução da pressão arterial;


– Dificuldade quanto ao funcionamento dos rins (ocorre, ainda que com menos frequência, em pacientes com alterações ou doenças renais).


Ao notar um ou mais dos efeitos colaterais, sobretudo quando eles ocorrem de forma mais intensa ou grave, é necessário suspender imediatamente o uso desse medicamento e consultar um médico.

Cuidados Gerais ao Consumir Anador

Anador, além de observadas as contraindicações e efeitos colaterais desse fármaco, é de suma importância seguir alguns cuidados antes e durante a administração desse remédio, evitando reações desagradáveis.

Todos os pacientes mencionados abaixo obrigatoriamente precisam consultar o médico antes de iniciar o consumo de Anador, já que essas pessoas apresentam maior predisposição a reações anafiláticas associadas à dipirona.

– Intolerância a conservantes, tais como benzoatos;

– Intolerância a corantes, tais como tartrazina;

– Quadros de urticária crônica;

– Asma brônquica, sobretudo aquelas que acarretam rinosinusite poliposa;

– Intolerância ao álcool.

A Importância de Consultar Um Médico

Conforme mencionado, o Anador possui diversos efeitos colaterais e apresenta várias contraindicações.

Logo, esse remédio deve ser consumido mediante acompanhamento médico para evitar riscos ao paciente.

Além disso, dores e febre sempre indicam que o organismo está passando por problemas mais graves, causas que precisam ser rapidamente investigadas para um tratamento mais assertivo.

Tratamentos Alternativos

Por mais que Anador e demais analgésicos e antitérmicos sejam essenciais no tratamento dos mais diversos tipos de doenças, para evitar o consumo exagerado dessas substâncias ou resolver problemas mais simples, é bastante útil considerar alguns tratamentos alternativos. Vejamos essas opções.

Chás Naturais

Para dor de cabeça, o uso de determinados tipos de chás, especialmente antes de dormir, são de imensa ajuda para relaxar, já que dores de cabeça geralmente são provocadas por estresse, cansaço, tensão ou problemas digestivos. Algumas dicas de chás são:

– Camomila;

– Gengibre;

– Folhas de abacateiro;

– Jasmim;

– Boldo.

Beber Bastante Líquido

Diante de quadros febris é importante que o paciente, além de ingerir os medicamentos recomendados, beba bastante líquido, especialmente água pura. Isso ajuda no equilíbrio da temperatura corporal.

Vale frisar que a febre geralmente é provocada por infecções, inflamações, viroses etc. Logo, a água ajuda na limpeza do organismo, eliminando de forma mais rápida as bactérias, vírus, fungos e demais agentes que provocam as doenças.

Chás e Compressas

Dores musculares simples também podem ser aliviadas com o consumo de chás e aplicação de compressas feitas com ingredientes caseiros e naturais. Essas são algumas sugestões.

Chás

– Valeriana;

– Lavanda;

– Alecrim;

– Erva de gato;

– Camomila;

– Pimenta caiena;

– Passiflora.

Compressas

– Gelo;

– Sal quente;

– Óleo essencial de alecrim;

– Óleo essencial de hortelã-pimenta.

Além de Anador e alternativas naturais de tratamento, repouso, alongamentos e banhos com sais de Epsom são ótimas alternativas para o alívio de dores musculares com causas mais simples.

Obs.: antes de adotar o uso de chás, compressas, banhos e demais alternativas naturais, também é necessário pesquisar as contraindicações e possíveis efeitos colaterais.

Anador sempre requer acompanhamento médico antes e durante o tratamento, ainda que seja um dos medicamentos mais populares no país.


Alerte seus amigos e familiares sobre todos os cuidados que devem ser seguidos antes de ingerir esse medicamento.

Para que os medicamentos possam ser comercializados, eles devem ser registrados na Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária). Em casos de dúvida, verifique no portal da Agência em “Consulta de Produtos”, pois pode ser um medicamento irregular ou falsificado.