Desirée – Bula, O Que é, Indicações e Contraindicações

Desirée consiste em um dos fármacos mais consumidos pela população com idade avançada, pertencendo ao grupo dos medicamentos que atuam como antagonistas dos receptores de NMDA. Para conhecer as principais informações sobre esse remédio, confira nosso artigo.

Para Que Serve o Desirée?

Desirée é indicado para o tratamento da doença de Alzheimer nos níveis moderados a graves. Como se sabe, essa doença é caracterizada por provocar diversas alterações nas estrutura e funções do cérebro, sobretudo aquelas ligadas à memória e capacidade de aprendizagem.


Ação Esperada Desse Medicamento

Desirée

Há diversas evidências que demonstram que as disfunções relacionadas à neurotransmissão glutamatérgica, sobretudo quanto aos receptores de NMDA, acarretam o aparecimento e avanço de doenças neurodegenerativas como o Alzheimer.

O princípio ativo do Desirée, a memantina, é uma substância que atua justamente nesses receptores de NMDA, contribuindo para amenizar as consequências provocadas pelos quadros de Alzheimer em adultos e idosos.

Composição da Fórmula

Disponível no formato de comprimidos, o Desirée apresenta em sua composição os seguintes itens:

– Cloridrato de memantina (princípio ativo);

– Excipientes: lactose monoidratada, dióxido de titânio, álcool polivinílico, macrogol, celulose microcristalina, talco, dióxido de silício e estearato de magnésio.

Contraindicações do Desirée

Ainda que o Desirée seja indispensável no tratamento do Alzheimer e um dos medicamentos mais conhecidos como forma de amenizar os efeitos da doença, ele possui algumas contraindicações e não deve ser utilizado nas seguintes situações:

– Gestantes. A memantina, princípio ativo desse medicamento, não deve ser utilizada durante a gravidez, a menor que esse uso seja devidamente autorizado pelo médico;

– Pacientes que sofrem de alterações nos rins também não devem fazer uso desse medicamento, a não ser em casos de extrema necessidade e com acompanhamento médico;

– Para pessoas que apresentam alterações no fígado também não é recomendada a utilização desse medicamento, a não ser em casos de grande necessidade e mediante autorização médica;

– Indivíduos que apresentam hipersensibilidade à memantina ou aos demais componentes da fórmula do Desiréé não podem utilizar esse fármaco.

Obs.: pessoas que apresentam intolerância à lactose devem informar essa condição ao médico antes de iniciar o tratamento, já que a fórmula do Desirée contém essa substância em seus excipientes (lactose monoidratada).

Cuidados Gerais ao Usar Esse Medicamento

Além das contraindicações do Desirée é preciso observar alguns cuidados gerais que devem ser considerados antes e durante o uso desse medicamento. Vejamos quais são esses cuidados.

– Mulheres que fazem uso de memantina não podem amamentar, já que há uma provável eliminação dessa substância no leite humano, o que pode prejudicar a saúde do bebê;

– É necessária atenção especial quanto ao uso do Desirée em pacientes diagnosticados com epilepsia, que apresentam histórico de crises convulsivas ou com qualquer outro tipo de predisposição para a epilepsia;


Deve-se evitar o uso concomitante de Desirée com outros medicamentos que atuam como antagonistas do receptor NMDA, tais como a amantadina, a quetamina ou o dextrometorfano, já que essas substâncias potencializam os efeitos colaterais que afetam o sistema nervosos central;

– É preciso atenção redobrada e monitoramento constante em pacientes com ocorrência pregressa ou recente de infarto do miocárdio, comprometimento das funções cardíacas ou quadros de hipertensão não controlados;

– Durante o tratamento com Desirée é necessário evitar atividades que envolvam condução de veículos ou operação de máquinas, já que as funções cerebrais decorrentes do quadro de Alzheimer e dos possíveis efeitos colaterais desse medicamento ficam comprometidas;

– Pessoas que ingerem o Desirée não podem fazer uso de bebidas alcóolicas;

– Em hipótese alguma o tratamento com esse medicamento deve ser alterado ou interrompido sem autorização médica.

Efeitos Colaterais do Desirée

Os efeitos colaterais do Desirée podem se apresentar com maior ou menor incidência dependendo das condições gerais do organismo de cada paciente. As principais reações adversas que podem ser provocadas pelo uso desse medicamento são:

– Sonolência;

– Hipersensibilidade ao medicamento (reação imunológica);

– Alterações no equilíbrio físico;

– Vertigem (tontura);

– Aumento da pressão arterial;


– Dispineia (dificuldade de respirar);

– Alterações nas funções hepáticas (relacionadas ao fígado);

– Constipação intestinal;

Dor de cabeça.

A Importância do Acompanhamento Médico

O constante acompanhamento médico dos pacientes que sofrem com Alzheimer é um fator decisivo para a obtenção dos melhores resultados quanto ao tratamento.

Embora essa doença ainda não tenha cura, por meio de uma série de cuidados é possível retardar ao máximo o agravamento dos efeitos e oferecer melhor qualidade de vida ao paciente.

Além de realizar o acompanhamento junto a um neurologista, geriatra e demais especialistas envolvidos no tratamento do Alzheimer, é preciso que o paciente realize exames periódicos para avaliar as condições gerais do organismo após início do uso do Desirée ou outros tipos de medicamentos.

Principalmente, devem ser feitos exames de laboratório e imagem para avaliar constantemente a saúde do fígado, rins e coração – sistemas mais afetados pelo uso contínuo de medicamentos.

Toda e qualquer alteração no tratamento, suspensão ou substituição de medicamentos devem ser prescritas pelo médico de acordo com o quadro geral do paciente.

Tratamentos Complementares

Por mais que o Desirée e outros medicamentos empregados no tratamento do Alzheimer sejam eficazes, é recomendado adotar também alguns tratamentos complementares que contribuem para o bem-estar geral do paciente. Essas são algumas das alternativas sugeridas:

Dieta Especial

Logo que o diagnóstico de Alzheimer é confirmado, é indicado procurar um nutricionista que defina uma dieta especial, rica em determinados tipos de vitaminas e minerais benéficos para o cérebro.

Essa alimentação pode ajudar na redução dos danos cerebrais provocados, fazendo com que o paciente sofra com menor intensidade os efeitos da doença.

Terapias Ocupacionais

Com a devida supervisão, o uso de terapias ocupacionais traz grandes vantagens para estimular as funções cerebrais e retardar o aparecimento dos efeitos mais severos do Alzheimer.

Essas sessões geralmente são acompanhadas por psicólogos experientes ao lidar com as consequências das doenças neurodegenerativas.


Depois de saber sobre o Desirée por meio dessas informações, fale com seu médico antes de começar o tratamento com este ou outros tipos de medicamentos e avalie também todas as possibilidades de tratamentos complementares para o Alzheimer.

Para que os medicamentos possam ser comercializados, eles devem ser registrados na Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária). Em casos de dúvida, verifique no portal da Agência em “Consulta de Produtos”, pois pode ser um medicamento irregular ou falsificado.

IMPORTANTE: Esse conteúdo é apenas para fins educacionais e não substitui de forma alguma a orientação de um médico. Consulte sempre um médico.