Levofloxacino: Bula, Indicação, Para Que Serve, Como Usar

Descubra tudo o que precisa saber sobre o Levofloxacino, um medicamento antibiótico que deve ser prescrito por um médico. Confira os efeitos e demais apontamentos do remédio!

O Levofloxacino acompanha uma substância antibiótica bacteriana. Isto quer dizer que o medicamento auxilia a reduzir bactérias alheias provocando infecção pelo organismo. Trata-se de um elemento ativo, disponível pelo comércio como:


  • Levoxin;
  • Levaquin.

O remédio é disposto pelas apresentação de utilização injetável e oral. O efeito do medicamento promove a alternação do DNA do elemento bacteriano que será eliminado do corpo, tendo assim a redução dos sinais.

Levofloxacino: Quais as Indicações?

Levofloxacino

O medicamento é recomendado para tratar infecção provinda por bactérias provocadas por agente de sensibilidade a substância, em questão. Trata especificamente os casos de:

Infecção Respiratória

Infecção que pode ter a causa pelas bactérias que costumar parasitam estes canais respiratórios. Ainda, os elementos bacterianos podem ser aspectos responsáveis por desenvolver patologias graves que têm relacionamento com o sistema respiratório, bem como sinusite e bronquite.

Infecção Urinária

Em grande parte dos casos, a infecção urinária tem a bactéria como agente. Isto acontece em virtude do vírus parasitar, de maneira preferencial, os elementos celulares, ao passo que as bactérias têm capacidade de deixar os tecidos parasitados.

Em situações de infecção urinária, de modo normal, existe algum tipo de lesão provocada por traumas ou acidez que estão em elevação do canal, provocando infecções originadas por elementos bacterianos.

Infecção dos Ossos

Os ossos, também, se caracterizam por alvos do exercício parasítico de determinados elementos bacterianos. A estrutura óssea, quando prejudicada, a tendência é que fiquem porosos, promovendo a abertura de espaços para a infecção de elementos bacterianos.

Infecção da Derme

A infecção dérmica é, de forma prática, em todas as situações registradas, causadas por elementos bacterianos. Uma das possíveis inflamações da derme correspondem a acne.

A substância é um remédio que pode ter o consumo somente por meio de prescrição médica, tendo em vista o caráter antibiótico da medicação. Os conjuntos que, de modo geral, têm indicação a esta substância se restringem a pessoas da faixa etária adulta e idosa, considerando que jovens e crianças não podem fazer uso do mesmo por se destacarem em etapa de desenvolvimento.

Apresentações do Levofloxacino

Este medicamento é encontrado comercialmente, pela seguinte apresentação:

Comprimidos 500mg

Caixas contendo 3, 7, ou 10 comprimidos;

Utilização Oral e Adulta.

Além disso, esta medicação pode ser encontrada pela apresentação Injetável, mas somente de uso hospitalar.


Efeitos Colaterais do Levofloxacino

As reações adversas que são passíveis de acometerem o organismo após o uso do medicamento, variam muito e são, de fato, maléficas ao organismo. Os sintomas correspondem a:

  • infecção;
  • falta de sono;
  • tonturas;
  • dor de cabeça;
  • náuseas;
  • constipação;
  • diarreia;
  • bolhas na pele;
  • vômito;
  • acne;
  • dor no peito;
  • vaginite.

Contraindicações do Levofloxacino

De modo normal, esta substância não é usada nas situações pelas quais o indivíduo apresenta o registro de:

  • insuficiência dos rins;
  • funcionamento ruim do fígado;
  • insuficiência do coração;
  • pressão alta;
  • condições associadas a funcionalidade do sistema nervoso central.

Período Gestacional e Lactação

O medicamento não pode ter a administração ao passo que haja suspeitas ou em período de gestação ou amamentação, a menos que o médico ressalte vantagens do tratamento esperado para a mãe além dos riscos ao bebê.

Utilização em Crianças

Trata-se de um elemento que não deve ter o consumo por jovens e crianças.


O remédio não pode ser repartido ao meio, mastigado ou aberto.

A recomendação é não fazer o consumo de bebidas com álcool em período do tratamento.

O medicamente é capaz de causar os seguintes efeitos:

  • tontura;
  • incapacidade de dirigir;
  • sonolência.

Por isso, a recomendação é não fazer a direção de automóveis ou a execução de atividades que podem colocar a vida em risco. Se não houver atenção, avalie sua função neurológica e consulte um médico.

Como Usar o Levofloxacino?

A administração deste medicamento é de acordo com a sua apresentação e patologia a ser tratada. Desta forma, a forma de uso prescrita pelos médicos, normalmente, são:

Bronquite

  • Comprimidos: 1 comprimido de 500mg, uma vez ao dia, por 7 dias;
  • Injetável: Uma dose de 500mg ao dia, por 7 dias. Em alguns casos, o tratamento pode chegar a 14 dias.

Pneumonia

  • Comprimido: 1 comprimido de 500mg, uma vez ao dia, por 7 dias. Em casos mais sérios, o tratamento pode chegar a 14 dias.
  • Injetável: Uma dose de 250mg ao dia, por 7 dias. Em casos mais severos, o tratamento pode ser de até 14 dias.

Infecções na Pele

  • Comprimido: 1 comprimido de 500mg, uma vez ao dia, por 7 dias. Em alguns casos podem ser prescritos um tratamento de 15 dias.
  • Injetável: Uma dose de 500mg ao dia, por 7 dias. Em determinados casos, o tratamento pode chegar a 10 dias.

Infecções Urinárias

  • Comprimido: Meio comprimido de 500mg, uma vez ao dia, por 10 dias.
  • Injetável: Uma dose de 250mg, uma vez ao dia, por 10 dias.

O medicamento através da apresentação injetável, precisa ser feita por via intravenosa, somente. Além disso, é de uso hospitalar sendo necessário um médico ou enfermeiro para fazer a aplicação.

Levofloxacino é Bom para Sinusite?

A teor de excelência do medicamento para tratar adultos que apresentem a sinusite aguda teve o estabelecimento a a partir de estudos. A substância é, sim, eficaz para tratar sinusite.