Cobavital: Para Que Serve, Como Usar, Contraindicações

Cobavital se trata de uma medicação muito prescrita para estimular o apetite. Está indicada para o uso adulto e pediátrico (para crianças acima de 2 anos de idade).

Apresentação e Composiçao

Cobavital é apresentado em microcomprimios revestidos. A embalagem contém 16 cápsulas – que possuem uma coloração rosa claro, são arredondadas, planas e vem com vincos em um de seus lados.


Cada microcoprimido revestido contém:

  • Cloridrato de Ciproeptadina: 4 mg;
  • Cobamamida: 1 mg.

Além de conter os excipientes inativos: fosfato de cálcio dibásico di-hidratado, celulose microcristalina, ciclamato de sódio, crospovidona, dimeticona, laurilsulfato de sódio, talco, dióxido de silício e aroma artificial.

Cobavital

Quando é Prescrito?

O medicamento é prescrito, como já mencionado, para pessoas que sofrem de falta de apetite intensa. Assim, evita problemas como de desenvolvimento e crescimento nas crianças, baixa de imunidade em pessoas de todas as faixas etárias e fraqueza.

A medicação também é eficaz para estimular o apetite em pessoas em situação de convalescença (período do término de uma doença ou recuperação dela).

Ação Esperada

Cobavital apresenta uma associação de agentes anabolizantes e proteicos, que aumenta a massa corporal. Também estimula a vontade de se alimentar, devido à ação da ciproeptadina.

Causas da Falta de Apetite

Juntamente com a prescrição de Cobavital, o profissional médico deve também avaliar e tratar (se necessário), o motivo que leva o paciente à inapetência. Alguns deles são:

Infecções: algumas infecções bacterianas, parasitárias e virais têm como sintoma desconfortos gastrointestinais, que pode levar o paciente a perder o apetite.

Problemas Emocionais ou Psiquiátricos: portadores de doenças como a depressão e a ansiedade podem reduzir muito o apetite do paciente também. O médico também deve avaliar, principalmente em adolescentes, se há outros sintomas relacionados a anorexia.

Uso de Medicamentos: certos medicamentos causam desconfortos gastrointestinais, fazendo com que o paciente apresente inapetência.

Doenças Crônicas: algumas doenças como insuficiência cardíaca, insuficiência renal, doenças pulmonares, diabetes e outras podem reduzir o apetite do portador.

Abuso de Drogas Lícitas e Ilícitas: o consumo exagerado de álcool, tabaco, drogas ilícitas e algumas lícitas podem levar o paciente a inapetência também.

Como Usar

O médico é o responsável para orientar como o paciente deve se tratar com a medicação. No entanto, os esquemas de tratamento, em geral, propostos são:

  • Crianças de 2 a 6 anos de idade: recomenda-se de ½ a 1 comprimido, 2 vezes ao dia – cerca de 1 h antes das refeições.
  • Crianças acima de 6 anos de idade: indica-se 1 comprimido, 2 vezes ao dia, tomados antes das refeições.
  • Crianças de 6 a 12 anos de idade: está recomendado 1 comprimido, 2 vezes ao dia, também antes das refeições.
  • Crianças acima de 13 anos de idade e Adultos: 1 comprimido, 3 vezes ao dia, ingeridos antes das refeições.

Vale ressaltar que não é recomendado ingerir mais do que 4 comprimidos ao dia.

Cobavital deve ser diluído em água para ser ingerido.


Contraindicações

O Cobavital pode estar contraindicado em algumas situações. As principais delas são:

  • Pacientes que sofrem de glaucoma;
  • Portadores de retenção urinária;
  • Pacientes que sofrem de úlcera péptica;
  • Pessoas com obstrução duodenal;
  • Pessoas com hipersensibilidade à cobamamida, à ciproeptadina ou aos excipientes da fórmula.

Esquecimento da Dose

Quando o paciente esquece de tomar o comprimido, deve ingeri-lo imediatamente. No entanto, se o horário estiver perto de tomar a dose posterior, pular a dose esquecida.


Não se recomenda dobrar a dose do fármaco para compensar o comprimido esquecido.

Efeitos Colaterais

A medicação costuma ser bem tolerada pela maioria dos pacientes, porém, alguns podem ter efeitos colaterais com o uso.

Os efeitos colaterais mais comuns acontecem com as crianças e são: sonolência acentuada e sedação. Se isso ocorrer, informar o médico para ajustar a dosagem.

Também pode acontecer casos de anorexia com crianças e adultos, que devem ser relatadas ao médico.

A sedação e sonolência são limitadas e, em geral, acorrem apenas nos primeiros dias de tratamento.

Já os efeitos colaterais mais raros são:

  • Dor de cabeça;
  • Náuseas;
  • Lesões na pele;
  • Agitação psicomotora;
  • Alucinações (muito raro).

Qualquer um desses efeitos colaterais deve ser comunicado ao médico que prescreveu o medicamento.

Interações Medicamentosas

O Cloridrato de Ciproeptadina, presente na fórmula, pode interagir com outros medicamentos, potencializando ou reduzindo os efeitos de ambos.

Entre as principais interações medicamentosas, que requerem cautela são com:

  • Bebidas alcoólicas;
  • Alguns tipos de antidepressivos;
  • Outros medicamentos para abrir o apetite (mesmo os naturais);
  • Alguns tipos de anticonvulsivantes.

Como Armazenar

Cobavital deve ser mantido em sua embalagem original e os comprimidos retirados apenas no horário de ingeri-los.

Também deixe a medicação fora do alcance das crianças ou de animais domésticos.

A embalagem do remédio ainda deve ser mantida em locais longe de umidade ou da incidência da luz direta do sol para não ocorrerem alterações nas suas propriedades.

Além disso, manter a medicação em locais com temperatura ambiente: entre 15 ° C e 30 ° C.

Atenção com a data da validade. Não consuma medicamentos com a validade vencida, pois, além de não fazer efeito, pode fazer mal a sua saúde!

Superdosagem

São raros os casos de superdosagem com o medicamento. No entanto, caso isso acontece o paciente pode demonstrar depressão ou agitação do Sistema Nervoso Central. Também foram relatados casos de convulsões.

Outros sintomas de superdosagem observados foram:

  • Boca seca;
  • Dilatação das pupilas;
  • Olhar parado;
  • Face avermelhada;
  • Desmaios;
  • Problemas gastrointestinais.

Caso o paciente tenha ingerido mais de 4 cápsulas de Cobavital ao dia, leve-o a um serviço de atendimento médico de urgência e emergência.

Se possível, com a bula ou a embalagem da medicação e informando a dose ingerida pelo paciente à equipe de atendimento.

Se for impossível se descolocar com o paciente, deixe ele em um local confortável e entre em contato com o SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), a qualquer hora, pois o serviço é 24 horas.

O telefone é 192 e a ligação gratuita, podendo ser feita de qualquer aparelho telefônico, incluindo celulares.


Uma equipe especializada será encaminhada até o local onde se encontra o paciente em superdosagem.

Como Comprar

Cobavital não precisa da apresentação e nem da retenção da receita médica para ser comprado em drogarias ou farmácias. No entanto, não se recomenda o uso sem prescrição de um médico, pois a automedicação pode colocar a sua saúde em risco. Cuide-se!