Hixizine: Bula, Indicações, Contraindicações, Como Usar

Saiba Tudo Sobre o Hixizine, Um Medicamento Específico Que Pode Ter a Prescrição do Médico. Confira Todas as Informações e Modos de Uso!

O Hixizine tem indicação para aliviar coceiras provocadas pelas situações de alergias da pele, bem como dermatites atópicas, dermatites de contato, urticárias e pruridos que decoram de patologias sistêmicas. 


Confira os demais informativos sobre o medicamento, a seguir.

Hixizine: Quais as Indicações?

Hixizine

A substância hidroxizina é um elemento anti-histamínico ou antialérgico potente. Ele revela um efeito anti-pruriginoso essencial para quem sofre das condições alérgicas.

O efeito do medicamento tem início entre 15min a 30min posteriores ao consumo e duração de 4h a 6h.

Este medicamento tem absorção rápida pelo trato gastrointestinal e acontece a partir do metabolismo hepático em diversos metabólitos.

A substância tem eliminação, de forma principal, pela urina.

A substância é conectada aos receptores H1 que se presenciam nos elementos celulares de defesa e têm inibição da liberação histamínica.

Este elemento, a histamina, trata-se de um mediador importantíssimo com produção a partir das células nos cenários de alergias e se responsabiliza pela coceira.

O exercício do medicamento em relação ao sistema nervoso central pode também fazer contribuições para que haja o efeito anti-pruriginoso.

Apresentações do Hixizine

  • 2 mg do dicloridrato da hidroxizina em 1ml do medicamento;
  • frascos compostos por 120ml do volume aquoso;
  • apresenta bico adaptador com seringa de dosagens de 10 ml.

Utilização oral, adulta e pediátrica maior que 6 meses.

Contraindicações do Hixizine

A contraindicação é para os indivíduos que apresentem hipersensibilidade aos compostos do medicamento.

Restrições

Utilização concomita com elementos depressores do sistema nervoso central – remédios para tratar ansiedade, depressões e demais transtornos psicológicos, bem como substâncias anticolinérgicas – atropina, anisotropina, beladona – e o álcool.

Período gestacional e amamentação

A utilização da hidroxizina apresenta contraindicação para tais situações mencionadas. Não houveram pesquisas em animais ou em público em período gestacional.

A medicação apresenta sacarose e, por isso, deve ter uso cautelosamente por quem porte diabetes.

Em período do tratamento, o indivíduo não deve fazer a direção de transportes ou operação de máquinas. Isto porque a capacidade de atenção, bem como a habilidade motora podem sofrer prejuízos.

Interação por Medicamentos

O efeito sedativo do Hixizine pode ter potencialização ao passo que haja a administração concomita com elementos depressores do sistema nervoso central – remédios para tratar ansiedade, depressão ou demais psiquiátricos – bem como substâncias narcóticas, analgésicas não-narcóticas e barbitúricas.

Porém, ao passo que haja a recomendação de utilização concomita do princípio ativo e depressores SNC, é prevciso fazer a avaliação de ajustes nas doses.


Álcool

Evitar o consumo do álcool ao longo do tratamento é imprescindível. O princípio ativo pode ter sua ação sedativa potencializada pelo álcool.

Os testes cutâneas de reações alérgicas podem fazer a apresentação de resultados falso negativos, caso o indivíduo esteja em tratamento com substâncias anti-histamínicas.

A recomendação é que o medicamento seja descontinuado 72h antes dos exames.

Patologias

A utilização de substâncias anti-histamínicas pode acabar mascarando sinais de transtornos auditivos como tontura, zumbido ou vertigens.

É possível também que haja dificuldades para diagnosticar situações como sinais não específicos da toxicidade pela overdose e apendicite.

Efeitos Colaterais do Hixizine

Dentre os possíveis efeitos colaterais do Hixizine, é possível, portanto, a apresentação dos sintomas, a seguir:

  • sono;
  • sedação;
  • secura na boca;
  • náuseas;
  • dores epigástricas;
  • vômito;
  • diarreia;
  • tremores;
  • crises convulsivas;
  • agitação.

Como usar o Hixizine?

Primeiramente, é preciso fazer a montagem do frasco da medicação:

  • retirar a tampa do frasco;
  • encaixar o bico de adaptação na ponta do frasco, e pressionar até que esteja ajustado de forma perfeita.

Administração

  • encaixar, portanto, a seringa dosadora nos bicos adaptadores que foram colocados na boca do recipiente;
  • virar o frasco de cabeça para baixo e puxar a seringa até que se complete com o quantitativo prescrito;
  • administrar, então, a dosagem composta na seringa de forma direta na boca, de modo a empurra a seringa até o fim da dosagem;
  • fechar bem o recipiente.

Depois da utilização, desmonte a seringa, e retire o êmbolo, lavando bem com água fria. Guardar a seringa em ambiente limpo para que tenha utilização de novo.

Dosagem

  • 6kg a 8kg – dosagem de 2,0 a 3,0mL;
  • 8kg a 10kg – dosagem de 3,0 a 3,5 mL;
  • 10kg a 12kg – dosagem de 3,5 a 4,0 mL;
  • 12kg a 24kg – dosagem de 4,0 a 8,5mL;
  • 24kg a 40kg – dosagem de 14,0mL.

Adultos

  • 25mg – três a quatro vezes por dia – de 6h a 8h.

Crianças

  • 0,7mg/Kg de peso – três vezes por dia – de 8h em 8h.

Restrição do tratamento de dez dias para a faixa etária adulta e crianças com faixa etária superior a seis anos ou de acordo com a recomendação médica.

O uso do medicamento xarope só pode ser procedido oralmente. A utilização da medicação por outra via pode provocar perda da ação ou causar danos ao paciente.

Se o produto, contudo, entra em contato com a pele, é imprescindível que se administre a água no local de forma abundante, porque a utilização tópica tem contraindicação e pode provocar dermatites, bem como a sensibilidade da pele.


Seguir as recomendações médicas é essencial, observando horário, dosagem e tempo de tratamento.

Hixizine é o mesmo que Hidroxizina?

O cloridrato de Hidroxizina é uma medicação antialérgica, da categoria de anti-histamínico que tem potencialização do efeito antipruriginoso, tendo, portanto, o uso para alívio de sinais de coceiras e vermelhidões presentes na pele.

A medicação pode ser adquirida em diversos ambientes farmacológicos tradicionais e em supermercados específicos. 


A medicação, portanto, pode apresentar os nomes de Hixizine, Hidroxizine ou, ainda, Pergo, em formato de drágeas, injeções ou xaropes.

Para que os medicamentos possam ser comercializados, eles devem ser registrados na Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária). Em casos de dúvida, verifique no portal da Agência em “Consulta de Produtos”, pois pode ser um medicamento irregular ou falsificado.

IMPORTANTE: Esse conteúdo é apenas para fins educacionais e não substitui de forma alguma a orientação de um médico. Consulte sempre um médico.