Femproporex: Bula, Efeitos Colaterais, Como Usar

Conheça As Informações Sobre o Femproporex, Remédio Produzido De Forma Específica Para Tratar a Obesidade. Confira Os Efeitos Colaterais, As Contraindicações e Formas de Uso.

O Femproporex atua de forma direta no sistema nervoso do paciente, reduzindo o estresse e a vontade de comer. O estresse se associa também ao aumento do peso. Ainda que pareça uma solução bem simples para atingir o emagrecimento, é necessário de muito cuidado ao fazer o consumo do Femproporex. De mesma forma que demais emagrecedores, o medicamento em questão pode apresentar diversos efeitos colaterais.


Ele age da seguinte forma: além da supressão da fome, promove o aceleramento metabólico para o organismo sentir energia para a prática esportiva e queimar gorduras.

Femproporex: Quais as Indicações?

O medicamento serve para a redução do apetite e o estresse, auxiliando no emagrecimento do paciente. Atua no sistema nervoso, de modo a enviar sinais falsos à região cerebral. Dessa forma, o órgão acredita já ter consumido os nutrientes e as calorias necessárias numa alimentação. Quem consome este remédio não sente mais tanta fome.

Ainda, o remédio é capaz de enviar ao cérebro sinais de que a pessoa está sem estresse, reduzindo também o apetite. O remédio também atua no aceleramento do metabolismo, fazendo com que os elementos gordurosos queimem de forma rápida.

Por isso, a utilização do remédio é indicada de forma total para uma alimentação saudável com resultado rápido. Contudo, ao passo que a pessoa interrompa a ingestão do medicamento, a fome volta com tudo. Então, a chance de engordar novamente aumenta, muito mais.

Entretanto, é imprescindível que o remédio seja ingerido apenas por aqueles que seguem uma alimentação com equilíbrio, bem como que praticam atividades físicas.

Femproporex

Apresentações de Femproporex

Este medicamento está disponível na seguinte apresentação:

  • Comprimidos 25mg

Caixas com 30 comprimidos;

Utilização Oral e Adulta.

Efeitos Colaterais de Femproporex

Esta medicação proporciona um resultado muito favorável em pessoas que querem perder peso. Entretanto, não é permitido sua venda sem receita médica, devido aos seus diversos efeitos colaterais, que mais frequentemente são:


  • Tremores;
  • Vertigens;
  • Irritação;
  • Hiperatividade;
  • Cansaço;
  • Inquietação;
  • Falta de sono;
  • Aflição;
  • Cefaleia;
  • Calafrio;
  • Rosto pálido;
  • Palpitações;
  • Aceleração no coração;
  • Pressão alta ou pressão baixa;
  • Insuficiência da circulação;
  • Secura na boca;
  • Enjoo;
  • Vômitos;
  • Diarreia;
  • Cãimbra na região abdominal;
  • Dependência.

Contraindicações de Femproporex

Este remédio é proibido em casos de:

  • Gestação;
  • Aleitamento materno;
  • Pessoas usuárias de drogas;
  • Casos de complicações psiquiátricas;
  • Epilepsia;
  • Pessoas alcoólatras;
  • Casos de Complicações no coração;
  • Pessoas com pressão alta;
  • Pessoas com Hipotiroidismo;
  • Pessoas com Glaucoma.

A utilização deste medicamento em indivíduos com pressão alta leve, insuficiências nos rins, diabetes e individualidade variável  precisa ser somente com acompanhamento médico.

Como Usar o Femproporex?

A administração deste medicamento é de acordo com a orientação médica. Contudo, geralmente, a recomendação é de:

  • 1 comprimido 25mg ao dia.

Femproporex Emagrece?

O remédio consegue atuar na região central do hipotálamo lateral, de forma direta sobre a substância neurotransmissora noradrenalina, de mesma forma que outros medicamentos para o emagrecimento, denominados anorexígenos.

A partir disso, os indivíduos que consomem o remédio apresentam um nível menor da forma, sentem de forma menos intensa o cheiro e o sabor dos alimentos, ficando ainda mais dispostos e energizados para as atividades físicas. Portanto, o remédio é sim um excelente emagrecedor.

Conforme os estudos feitos em relação ao remédio, os pacientes conseguem perder aproximadamente 3kg por semana, contando sempre com as atividades físicas e uma dieta adequada.

Femproporex é Liberado no Brasil?

O remédio não tem liberação pela Anvisa e o principal motivo está ligado ao quantitativo de reações adversas que podem gerar riscos grandes à saúde.

A agência reguladora fez  a proibição da utilização do elemento no ano de 2012, com a teoria de que a medicação disponibiliza riscos sérios à saúde, bem como a dependência químico do remédio.


Contudo, na data de 20 de junho de 2017, a Câmara dos Deputados fez a aprovação da liberação da venda de 4 remédios emagrecedores:

  • Mazindol;
  • Anfepramona;
  • Sibutramina;
  • Femproporex;
  • Anfepramona.

Contudo, a Anvisa requisitou o veto desta norma, antes de ter a sanção e o projeto continua em avaliação.

O Femproporex Causa Dependência?

Em virtude de que o remédio tem potência de deixar o paciente dependente de forma muito intensa, há a proibição do medicamento em diversos países do mundo inteiro.

Há opções que oferecem mais segurança, no entanto, para quem quer tratar as condições de obesidade. Os medicamentos Mazindol e a Anfepramona são exemplos disso.


Cuidar da saúde é imprescindível para uma qualidade de vida destacável. Por isso, evite a automedicação. A consulta de um especialista é indispensável, principalmente nos casos de redução de peso e afins. O medicamento deve ser prescrito pelo seu médico, além das orientações específicas para cada paciente.

A automedicação pode acometer o organismo de forma drástica, sendo necessária, em alguns casos, a intervenção clínica e cirúrgica. Busque fazer exames periódicos e consultar o especialista para demais informações sobre tratamentos e possíveis medicamentos eficazes para a condição atual.

IMPORTANTE: Esse conteúdo é apenas para fins educacionais e não substitui de forma alguma a orientação de um médico. Consulte sempre um médico.