Busonid: Bula, Para Que Serve, Como Usar?

Saiba as informações principais sobre o Busonid e a forma de uso. Confira todas as contraindicações e indicações do medicamento específico para rinites.

O Busonid disponibiliza em sua fórmula a substância denominada budesonida. Trata-se de um elemento glicocorticoide, composto por substâncias de teor anti-inflamatório e endócrino-metabólico. A partir desa composição química, há atividade anti-inflamatória localizada.


Em início da ação, acontece uma média de 10h a 24h posteriores a administração, com atividade maior entre um a sete dias.

Busonid

Busonid: Quais as Indicações?

Busonid é indicado para aliviar os sinais e tratar as rinites alérgicas crônicas, polipose nasal e não alérgicas.

O medicamento atua, de forma local, inibindo o efeito de glóbulos brancos em paredes de vasos de sangue ao começo de inflamações, de forma consequente, inibindo migrações celulares para a localidade inflamada.

A medicação consegue reverter as dilatações e aumentar a permeabilidade dos vasos de sangue locais, desencadeando uma diminuição do acesso das células ao local onde há a inflamação.

Tal efeito promove a redução dos inchaços e desconfortos locais, diminuindo obstruções nasais.

Apresentações do Busonid

  • Suspensão em líquido composta por 32mcg a dosagem – frasco em spray composto por 3ml e 5ml;
  • Suspensão em líquido composta por 50mcg a dosagem – frasco em spray composto por 3ml e 6ml;
  • Suspensão em líquido composta por 64mcg a dosagem – frasco em spray composto por 3ml e 6ml;
  • Suspensão em líquido composta por 100mcg a dosagem – frasco em spray composto por 3ml e 6ml;
  • Suspensão em líquido composta por 200mcg a dosagem – frasco em spray composto por 3ml e 6ml.

Efeitos Colaterais do Busonid

Os efeitos colaterais do Busonid, têm associação ao modo a ser aplicado dentro do nariz a partir da substância mencionada, aos indivíduos que apresentam rinites, de teor alérgico ou não, sendo mais comuns os sintomas de:

  • irritações cutâneas transitórias em volta do nariz;
  • disfonias;
  • faringites;
  • tosses;
  • secura da boca;
  • epistaxe;
  • náuseas;
  • disgeusia;
  • dispepsias;
  • nervosismo;
  • dores localizadas;
  • dispneias.

A utilização de corticoide intraocular é passível da ocorrência da elevação das pressões intraoculares em uma média de 30% dos indivíduos que o aderem.


Não houve a associação de forma direta da utilização intranasal da substância corticoide com elevação de glaucoma ou pressões intraoculares.

Incidências da catarata em pessoas menores que a faixa etária dos 70, que fazem uso da budesonida pelo nariz, assemelha-se aos pacientes que não fazem uso do medicamento.


Contraindicações do Busonid

O remédio não pode ter a administração aqueles que apresentam a sensibilidade ao elemento da budesonida ou a substâncias corticoides, bem como a outros elementos de sua composição. Há também a contraindicação em situação de mal de asma ou em crises agudas da patologia brônquica.

Como Usar o Busonid?

A dosagem precisa ser individual, buscando a redução da dosagem terapêutica para cada indivíduo.

É imprescindível que o indivíduo entenda que a forma de tratamento não é reservada a obtenção do alívio imediato, porém o prolongamento deste alívio. Por isso, é preciso fazer a utilização contínua deste medicamento.

Faixa etária infantil menor que 6 anos

  • A dosagem indicada é uma média de 100 a 400mcg, duas vezes por dia, e podem ter o aumento em até 1000mcg, 2x por dia.
  • Para aqueles que tenham o tratamento prévio com corticoterapia via oral, a dosagem indicada é composta por 1000mcg ao dia. A utilização do espaçador é importante nessa idade, em virtude da garantia de pouquíssima perda do medicamento. 

Faixa etária infantil maior que 6 anos

  • A partir do broncodilatador – 200mcg, duas vezes por dia;
  • A partir do corticoide para inalação – 400 mcg, duas vezes por dia;
  • A partir do corticoide oral – 400mcg, duas vezes por dia.
  • Àqueles que apresentam asma em controle com corticoide por inalação – 200 ou 400mcg em dosagem única por dia.

A dosagem máxima indicada corresponde a 400mcg, 2x por dia. 

Faixa etária adulta e infantil maior que 12 anos

  • A partir do broncodilatador e corticoide por inalação – 200 a 400mcg, duas vezes por dia;
  • Corticoide via oral – 400 a 800mcg, duas vezes por dia;
  • Aos que possuam asma, devidamente controlada com elementos corticoides por inalação – 200 ou 400mcg, dosagem única.
  • A dosagem máxima indicada corresponde a 800mcg, 2x por dia.

Busonid é Bom Para Sinusite?

Na verdade, não. O que pode acontecer é que a sinusite seja uma reação adversa do medicamento em questão. Isto porque a sinusite é destacada como uma inflamação dos seios nasais, gerando sinais como:

  • coriza;
  • dores de cabeça;
  • sensação de rosto pesado.

A sensação de peso pelo face acontece de forma especial na maçã do rosto e testa, em virtude de que é nessa região que ficam localizados os seios nasais.

De modo geral, a sinusite é causada pelo vírus influenza e, portanto, acomete o organismo em períodos de gripe.


Contudo, ela pode aparecer em virtude do desenvolvimento de bactérias em relação a secreções do nariz, que permanecem estagnadas na parte interna dos seis nasais, de mesmo modo que ocorre posteriormente a alergias.

Esta medicação é usada para tratar patologias da respiração, como a rinite e asma.

IMPORTANTE: Esse conteúdo é apenas para fins educacionais e não substitui de forma alguma a orientação de um médico. Consulte sempre um médico.