Clenil: Bula, Para Que Serve, Como Usar?

Quer saber mais informações sobre o Clenil? Preparamos alguns aspectos relevantes sobre o medicamento. Acompanhe as indicações e contraindicações!

O Clenil é composto por uma substância anti-inflamatória que age de maneira localizada, controlando inflamações brônquicas, diminuindo inchaços e secreções exageradas dos fluidos, de modo a evitar pouco a pouco o aparecimento da falta de ar.


Clenil

Clenil: Quais as Indicações?

As ações adversas terapêuticas dessa medicação não são notáveis em momento da utilização. Por isso, não pode ter o uso como remédio para aliviar as crises da falta de ar.

O Clenil tem o comércio a partir de apresentações diferenciadas como:

  • tipo A;
  • tipo Spray;
  • tipo Compositum A;
  • tipo HFA.

Todos disponibilizam a mesma substância como princípio ativo, e podem fazer o acréscimo de somente algumas indicações.

Tipo HFA

O HFA é reservado para tratar e prevenir a asma e bronquites, assim como os procedimentos de inflamação das vias respiratórias – garganta, nariz e brônquios. 

Em Spray

O HFA é reservado para tratar e prevenir a asma e o bronquite, assim como os procedimentos de inflamação das áreas respiratórias superiores.

Tipo A

Medicamento A é recomendado para prevenir e tratar a asma brônquica; bem como:

  • espasmos brônquicos;
  • rinite alérgica perene;
  • rinite vasomotora;
  • sinusites;
  • rinofaringites;
  • doenças inflamatórias;
  • doenças alérgicas das cavidades do nariz e paranasal;
  • prevenir a recorrência de pólipos nasais posteriormente a intervenção por cirurgia. 

Compositum A

Reservado a tratar asma e bronquite – inflamações que provocam falta de ar – e patologias pulmonares que também apresentem falta de ar.

Apresentações do Clenil

O medicamento possui as seguintes apresentações:

  • Medicamento em Spray 50mcg

Utilização por spray e via oral;

  • Medicamento em Spray 250mcg

Utilização por spray e via oral;

  • Medicamento HFA 50mcg

Utilização por spray e via oral;

  • Medicamento HFA 200mcg

Utilização por spray e via oral;

  • Medicamento A

Utilização através de inalação;


  • Medicamento em Compositum A

Utilização através de inalação.  

Efeitos Colaterais do Clenil

Até os dias atuais, não houveram relatos sobre reações adversas graves em virtude do uso do remédio, em questão, conforme as dosagens indicadas.

Aos pacientes que tenham submissão a inaladores com compostos corticoides, é possível os seguintes sintomas, em todo o caso:

  • placas esbranquiçadas na faringe e boca;
  • dificuldade de deglutir;
  • ardências;
  • irritações;
  • nariz seco;
  • sangramentos do nariz;
  • náusea;
  • dispepsia;
  • tosse.

Ainda, tais eventos podem ter a prevenção devida a partir de uma higienização da boca depois que se faça a utilização do remédio.

A automedicação pode gerar riscos ainda maiores em relação aos efeitos colaterais. É imprescindível o cuidado e consulta a um médico especialista que possa tirar todas as suas dúvidas e alertar, a partir de exames, se há ou não alergias em relação a substância em questão.

Contraindicações do Clenil

A contraindicação do medicamento corresponde a pacientes que tenham sensibilidade a qualquer princípio ativo ou outros compostos da substância.

Também há a contraindicação em casos de indivíduo hipersensível ao que deriva do elemento cortisona, tuberculose e herpes.

Se houver sensibilidade ao álcool, o medicamento tem a contraindicação. Não é recomendado para tratar crises e sinais da asma aguda.

Nesse caso, é preciso usar um broncodilatador por inalação e ação imediata.

Como Usar o Clenil?

A dosagem de início precisa ter ajuste por médico. Uma dosagem baixa pode ter utilidade ao passo que o controle permanente da asma seja realizado, de acordo com a recomendação clínica.

A dosagem de início do medicamento é de 2 jatos de 500mcg, entre 12h em 12h para adultos.


Demais composições do medicamento precisam ser prescritas pelo médico específico. Evite a automedicação.

O Clenil é Corticoide?

Sim. O Clenil é um medicamento da categoria dos corticoides. Tratam-se de hormônios que são produzidos a partir das glândulas supra-renais que disponibilizam um efeito anti-inflamatório e, portanto, muito úteis para tratar condições crônicas como alergias e asma.

Por isso, o princípio ativo do medicamento em questão, de nomenclatura Beclometasona, é uma medicação corticoide, em virtude das indicações e seus efeitos.

A utilização prolongada dos corticoides é passível de provocar afinamentos da pele, bem como:

  • gastrites;
  • úlceras;
  • problemas dentários;
  • miopias;
  • catarata;
  • osteoporose;
  • depressão;
  • hipertensão;
  • diabetes;
  • acne.

Em relação a ação da utilização dos corticoides, é possível que sejam efetivos. A medicação que apresenta corticoides em suas substâncias pode ter o acúmulo em tecidos e demais órgãos.

Clenil Engorda?

A dosagem sistêmica que tem absorção a partir das aplicações de acordo com a indicação médica é mínima. Portanto, o medicamento não engorda.

O que pode acontecer, assim como qualquer substância que contenha o corticoide, é que o corpo pode parecer inchado, em virtude de sua ação que retém líquidos.


É importante relembrar que a automedicação causa sérios riscos à saúde e pode desencadear problemas ainda maiores do que aqueles pelos quais está tentando remediar.

O cuidado com a saúde deve ser prioridade sempre. Portanto, não deixe de visitar o seu médico e seguir as orientações que ele prescrever a você.