Allegra D: Para Que Serve, Como Tomar, Precauções

Aqui Você Vai Saber Tudo Sobre o Allegra D, Um Medicamento Oral Que Deve Ser Prescrito Por Um Médico Especialista. Confira Todas as Informações e Modos de Uso!

O Allegra D é um medicamento de uso oral (revestido), adulto e pediátrico (acima de 12 anos), que contém substâncias como cloridrato de fexofenadina e cloridrato de pseudoefedrina como princípios ativos, de ação antialérgica e descongestionante, muito indicado para auxiliar no tratamento de alívio dos sintomas associados aos processos congestivos das vias aéreas superiores.


Confira abaixo, O Que é, Para que Serve, Dosagens, Indicações e Contraindicações para poder usar o medicamento da forma adequada.

Allegra D: O Que é?

Allegra D

O Allegra D é um comprimido revestido oblongo com camada dupla longitudinal, sendo uma face branca e outra parda, de uso oral, adulto e pediátrico, de liberação imediata e prolongada, revestido de 60 mg de cloridrato de fexofenadina + 120 mg de cloridrato de pseudoefedrina em embalagens de 10 unidades fornecido pelo laboratório Sanofi.

Composição do Allegra D

Cada comprimido revestido contém 60 mg de cloridrato de fexofenadina (equivalente a 55,9 mg de fexofenadina), em formulação de liberação imediata e 120 mg de cloridrato de pseudoefedrina (equivalente a 98,3 mg de pseudoefedrina), em formulação de liberação prolongada) como princípio ativos, além de alguns excipientes como exemplo, abaixo:

  • celulose microcristalina;
  • amido de milho pré-gelatinizado;
  • croscarmelose sódica;
  • estearato de magnésio;
  • cera de carnaúba;
  • ácido esteárico;
  • hipromelose;
  • macrogol 400 e macrogol 8000;
  • dióxido de silício coloidal;
  • Opadry.

Ação do Allegra D

O Allegra D é um medicamento com ação antialérgica e descongestionante, com uma camada matriz de cera insolúvel, internamente composta por cloridrato de pseudoefedrina, de liberação lenta, porém eliminada de forma íntegra nas fezes, apesar de seu conteúdo ser totalmente absorvido.

A outra camada é composta por cloridrato de fexofenadina, formulada para liberação imediata.

Allegra D: Para Que Serve?

O medicamento é indicado no alívio dos sintomas associados aos processos congestivos das vias aéreas superiores (espirros, coriza, prurido nasal e ocular e nariz entupido), como a rinite alérgica.

Contraindicações e Riscos

O Allegra D é contraindicado para quem possui hipersensibilidade aos seus princípios ativos (fexofenadina, pseudoefedrina) ou a qualquer componente da sua fórmula.

Devido a pseudoefedrina, o medicamento deve ser evitado ou usado com cautela em casos de pressão alta, coronariopatia grave, insuficiência cardíaca, glaucoma de ângulo fechado, retenção urinária, hipertrofia prostática, hipertiroidismo, diabetes, doença dos rins e hiperreatividade à efedrina.

Devem também evitar o medicamento quem apresentar sensibilidade aos agentes adrenérgicos (substâncias químicas que provocam reações semelhantes à adrenalina, incluindo insônia, tontura, fraqueza, tremor ou arritmia) presentes em sua fórmula.

Pessoas sob tratamento com inibidores da monoaminoxidase (MAO) para tratamento da depressão, devem esperar o prazo de 14 dias após parar o tratamento.

O Allegra D também é contraindicado à menores de 12 anos, tendo a sua versão pediátrica em xarope para crianças abaixo dessa idade.


Precauções e Advertências

A pseudoefedrina pode produzir estimulação do Sistema Nervoso Central com convulsões ou colapso cardiovascular (infarto).

Os ingredientes inativos de ALLEGRA D podem ser eliminados nas fezes em sua forma original.

O medicamento não deve ser utilizado por grávidas ou lactantes, pode causar doping e não deve ser administrado junto à alimentos ricos em gordura.


Sempre informar ao seu médico sobre uso de algum outro medicamento e NUNCA usar este medicamento sem o conhecimento dele, seguindo sempre a sua orientação e respeitando sempre os horários, doses e duração do tratamento, sem interrupções.

Interações Medicamentosas do Allegra D

A pseudoefedrina com medicamentos que diminuem a pressão arterial (metildopa, mecamilamina e reserpina) podem reduzir os seus efeitos anti-hipertensivos; com agentes simpatomiméticos pode provocar efeitos cardiovasculares adicionais.

Posologia e Modo de Usar do Allegra D

A sua posologia é de 1 comprimido, duas vezes ao dia, com líquido, via oral. NUNCA sendo partido ou mastigado, ingerido por adultos e crianças maiores de 12 anos.

Para pessoas com redução da função dos rins, recomenda-se uma dose inicial de 1 comprimido, uma vez ao dia. No caso de idosos, não se faz necessário ajustes na dosagem.

Reações Adversas

Normalmente, as reações adversas mais comuns ao medicamento são dor de cabeça, sonolência, tontura e náuseas.

Entre as reações mais raras estão o cansaço, nervosismo, alterações do sono, instabilidade emocional, autoestima elevada, pensamentos acelerados, fala rápida, distração, erupções cutâneas, urticária, coceira e reações alérgicas, tais como angioedema, rigidez do tórax, dificuldade respiratória, rubor e anafilaxia sistêmica.

Além disso, devido à presença de pseudoefedrina na composição do medicamento, pode ocorrer estimulação moderada do Sistema Nervoso Central, nervosismo, excitabilidade, agitação, fraqueza, insônia, perda de apetite e boca seca.

Foram relatados também taquicardia, palpitação, aumento da pressão, arritmia, colite isquêmica, pustulose exantemática generalizada aguda, medo, ansiedade, tensão, tremor, alucinação, convulsão, palidez, dificuldade em urinar ou retenção urinária e ataque do coração.

Superdosagem

A maioria dos relatos de superdose do cloridrato de fexofenadina e pseudoefedrina apresentam informações limitadas. Entretanto, vertigem, sonolência e boca seca foram os mais comuns.

Em doses elevadas, a pseudoefedrina pode causar tontura, dor de cabeça, náuseas, vômitos, aumento do suor, sede, taquicardia, dor no coração, palpitações, hipertensão, dificuldade em urinar, fraqueza muscular e tensão, ansiedade, agitação, insônia, ilusão, alucinação, arritmia, colapso circulatório, convulsões, coma e insuficiência respiratória.

Em caso de grandes quantidades do medicamento, procure o socorro médico imediatamente e leve a embalagem ou bula do medicamento, se possível. Ligue para 0800 722 6001, se precisar de mais orientações sobre como proceder.

Caso esquecer?

Caso esquecer de tomar uma dose do medicamento, tome-a assim que possível. No entanto, se estiver próximo do horário da próxima dose, espere pelo horário, respeitando sempre o intervalo determinado pelo médico e a posologia. NUNCA dobre a dose do medicamento ao mesmo tempo.

Armazenamento e Prazo de Validade

O Allegra D deve ser mantido na embalagem original e conservado em temperatura ambiente (15ºC a 30ºC). Já o prazo de validade deve estar impresso na embalagem do produto.

NUNCA use o medicamento com o prazo de validade vencido, sob o risco de não obter o efeito desejado e prejudicar a saúde. Número de lote e datas de fabricação: vide embalagem.

Antes de usar, observe o aspecto do medicamento ou qualquer mudança e mantenha-o fora do alcance das crianças.

Os sonhos são capazes de prender nossa atenção, pois algumas vezes ele retorna ao nosso pensamento durante o dia.


A explicação mais provável é de que eles sejam orientações, conselhos e advertência sobre a maneira que estamos conduzimos nossa vida.

Portanto, acompanhe todos os significados dos seus sonhos e veja qual a mensagem repassada.