Acetoflux: Bula, Indicação, Efeitos Colaterais, Como Usar

Saiba Tudo Sobre o Acetoflux, Um Medicamento Que Deve Ter a Prescrição de Um Médico. Confira Também Todas As Indicações, Efeitos Colaterais e as Formas de Uso Desta Medicação!

O Acetoflux é um medicamento composto por medroxiprogesterona em suspensão injetável, com indicação como substância contraceptiva.


Trata-se de um elemento anticoncepcional. Confira todas as informações sobre este remédio e atente-se a prescrição do médico, evitando a automedicação.

Acetoflux: Quais as Indicações?

Acetoflux

O medicamento que apresenta em sua composição o acetato de Medroxiprogesterona em suspensão injetável tem indicação para atuar como um elemento contraceptivo.

É uma substância anticoncepcional injetável de efeito prolongado, que deve ter administração em períodos de doze a treze semanas, tendo no máximo 91 dias.

Caso ultrapasse os 91 dias de última aplicação, é preciso fazer a exclusão da gravidez por meio de teste de sangue antes do procedimento de novas aplicações do elemento do Acetato de Medroxiprogesterona.

Utilização a Longo Prazo do Acetoflux

Visto que a perda de densidade dos ossos pode acontecer em público feminino que esteja em etapa inicial da menopausa, fazendo uso do acetato de Medroxiprogesterona injetável em prazo prolongado, uma análise de riscos e de benefícios deve ser considerada para reduzir a chance deste cenário.

Apresentações do Acetoflux

Utilização oral e adulta;

  • drágeas de 10mg nas embalagens compostas por cinco ou quatorze comprimidos.

Efeitos Colaterais do Acetoflux

Os efeitos adversos pela categoria de sistema de órgãos e demais listagens ordenaram, de forma descrevente, o teor de gravidade clínica em relação às categorias das reações possíveis:

  • alopecia;
  • sangramento uterino disfuncional;
  • acnes;
  • coceira;
  • urticária;
  • edema;
  • amenorreia;
  • lipodistrofia;
  • perda de peso;
  • amenorreia.

Contraindicações do Acetoflux

O elemento de Medroxiprogesterona tem contraindicação para a utilização de indivíduos em período gestacional ou que suspeitem de gravidez com testes para diagnóstico.

Além disso, a contraindicação é para os seguintes grupos:

  • indivíduos com hipersensibilidade conhecida a substância do medicamento ou seus componentes;
  • indivíduos que apresentem sangramentos vaginais de razão não-diagnosticada;
  • indivíduos que apresentem suspeita da neoplasia das mamas;
  • indivíduos com disfunção grave do fígado;
  • indivíduos que apresentem tromboflebite ativa;
  • indivíduos com transtornos cerebrovasculares;
  • indivíduos com histórico de aborto retido.

A medicação tem contraindicação para utilização pelo público masculino. O remédio injetável não tem indicação para período anterior a primeira menstruação.

O remédio tem classificação na classe x de risco de período gestacional. Por isso, a medicação não pode ter uso pelo público em período de gravidez ou que estejam grávidas em período do tratamento.


Interação Por Medicamentos do Acetoflux

Determinadas medicações ou elementos naturais que possam reduzir o teor de eficácia das substâncias contraceptivas dos hormônios correspondem a:

Determinados Inibidores

Modificações de significância nos graus dos plasmas de progesterona podem ocorrer. Houve a observação de determinadas situações co-administrativa de inibidores da protease do HIV.

Alterações significativas de graus do plasma do hormônio de progesterona.

Substâncias Antibióticas

Existem relatos, contudo, em que houve a gravidez, ao passo que se consumiu o contraceptivo hormonal com substâncias antibióticas.

Porém, as pesquisas clínicas não apresentaram ações consistentes das substâncias antibióticas para a concentração do plasma em relação a esteroide sintético.

Aminoglutetimida

O elemento da aminoglutetimida com administração concomita a partir do acetato de medroxiprogesterona, portanto, pode causar a depressão significativa da concentração sérica do elemento de Acetato de Medroxiprogesterona.

Quem utiliza, então, o acetato de Medroxiprogesterona deve ter advertência em relação a possível eficácia reduzir com a utilização deste elemento.

Contracepção

Em grande parte do público feminino que faz uso da substância Acetoflux, houve, portanto, a observação de alteração dos padrões de sangramentos menstruais.

Ao passo que o público feminino continua a utilizar o medicamento, em questão, pouquíssimas disponibilizam sangramentos irregulares e diversas delas demonstraram a amenorreia.


Em situação do sangramento grave ou com persistência, então, é preciso a realização de investigações apropriadas para o descarte da possível patologia orgânica, que deve tratar de forma adequada a condição com houver necessidade.

A recomendação é que o especialista faça o alerta do indivíduo em período inicial do tratamento que o ciclo da menstruação pode ter modificações, sendo possível a ocorrência de hemorragias ou sangramentos.

Porém que, ao passo que o tratamento com o medicamento decorra, as reações de modo geral reduzem o seu teor até alcançar a amenorreia.

Como Usar o Acetoflux?

Agite de forma vigorosa por, até 15min, a ampola do medicamento, antes de fazer a utilização, para a garantia de que a dosagem tenha a administração e represente a uniformidade da suspensão.

A recomendação é fazer uso da seringa de até 3,0ml e agulha de 30×7 ou 30×8. A dosagem indicada para a contracepção corresponde a 150mg do medicamento com administração pela injeção intramuscular de forma profunda na região glútea, em períodos de doze a treze semanas.

Para Injeção

Para a segurança do indivíduo que não esteja em período gestacional, em ato de primeira posologia, portanto, é imprescindível que a injeção tenha a aplicação em período de cinco primeiras datas posteriores ao começo do ciclo de menstruação normal.

Se, por acaso, o indivíduo esteja em período de amamentação, o elemento, então, deve ter realização apenas a seguir a sexta semana pós-parto.

2ª Injeção e Posteriores

Caso o prazo entre as injeções sejam maiores que treze semanas, o especialista deve, então, verificar se o indivíduo não está em período gestacional antes de administrar a seguinte injeção.

O tratamento, portanto, será eficaz a depender da adesão do esquema das doses do medicamento, em questão.


Não é preciso, portanto, ter ajustes de dosagens a partir do peso da paciente.

Lembre-se, por isso, de fazer a consulta com um profissional da medicina e seguir à risca as orientações!

IMPORTANTE: Esse conteúdo é apenas para fins educacionais e não substitui de forma alguma a orientação de um médico. Consulte sempre um médico.