Amoxicilina: Indicações, Efeitos e Características

Quer saber quando se deve utilizar o Amoxicilina e qual sua finalidade? Acompanhe o texto e entenda os seus benefícios e contraindicações, antes de usá-lo!

O Amoxicilina é um forte antibiótico que tem a função de eliminar a infecção provinda pela bactéria no organismo humano. São diversas as condições que acometem a saúde e precisam ser eliminadas a partir de uma medicação potente, a ponto de expulsar estes males do corpo.

É importante que o paciente tenha conhecimento da informação de que a ingestão inadequada do remédio esquecimento ou interrupção do tratamento antes do prazo estipulado pode desencadear a piora da condição problemática da saúde e provocar patologias ainda maiores.

Isto porque, ao ingerir de forma inadequada, o sistema imunológico fica desprotegido. O organismo de defesa passa a não ter anticorpos saudáveis.

Amoxicilina

Indicações da Amoxicilina

A Amoxicilina é uma substância antibiótica de espectro amplo recomendada para tratar infecção bacteriana provocada por elementos de germes que têm sensibilidade ao efeito desta medicação.

Os fragmentos dos micro-organismos, de modo geral, têm sensibilidade à efeito bactericida do remédio in vitro.

Geralmente, o remédio prescrito sem o elemento de clavulanato pode ter a realização para:

  • Faringites em indivíduos que não apresentam convencionalmente a doença;
  • Sinusite em indivíduos que não apresentam a doença convencionalmente;
  • Gastrite em virtude da Helicobacter pylori.
  • Profilaxia da endocardite em situações pré-operatórias;
  • Otite mediana;
  • Cistite;
  • Clamídia em período gestacional.

Já o antibiótico de amoxicilina que tenha o ácido clavulânico é passível de uso em todos os cenários acima, de forma principal nas situações de faringite, otite ou sinusite, em que acontece de haver resistências à substância pura da amoxicilina, elevando a quantidade em determinadas comunidades.

Suas Apresentações

Produto com 14 ou 20 elementos comprimidos com revestimento, apresentando 875 mg do remédio tri-hidratado.


A medicação pode ter disponibilidade sob elementos genéricos ou por meio de nomenclaturas como:

  • Amoxil;
  • Amoxina;
  • Velamox;
  • Camoxin;
  • Moxiplus;
  • Novoxil;
  • Novocilin;
  • Hiconcil;
  • Probenil;
  • Penvicilin.

O remédio também está disponível em comprimidos para que possa tratar a substância bacteriana H.pylori, de modo geral, com os compostos de :

  • claritromicina;
  • omeprazol;
  • amoxicilina.

Efeitos

Os efeitos da medicação antibiótica apresenta taxas baixas de efeitos colaterais. Geralmente, um quantitativo menor que 3% dos indivíduos necessitam da suspensão de tratamento, em virtude a adversidade. Entre eles, podemos citas os seguintes sintomas:

  • cólicas;
  • diarreias;
  • náusea;
  • coceira na pele;
  • candidíase da vagina;
  • urticária.

Indivíduos que apresentam mononucleose, que se confundem em situações de faringites bacterianas, a utilização do antibiótico tem o costume de gerar coceira pelo o corpo inteiro.

Contraindicações

A Amoxicilina é caracterizada por ser penicilina. Por isso, não pode ter administração aqueles que apresentem histórico da hipersensibilidade a antibióticos betalactâmicos, do tipo penicilina e cefalosporinas.

Uso na Gravidez

A utilização segura deste medicamento em período gestacional não teve estabelecimento por pesquisas controladas realizadas com grávidas.

As pesquisas foram realizadas com animais em dosagens de até 10x mais que a administração em seres humanos, e tais estudos não promoveram a revelação de evidências de prejuízos em relação a fertilidade, nem a fetos em virtude da utilização da medicação.

Caso haja a necessidade de tratar a condição com elementos antibióticos em período gestacional, a substância Amoxicilina tri-hidratada tem consideração adequada, ao passo que as vantagens potenciais tragam a justificativa de riscos que se associam ao tratamento.

Posologia

  • Dosagem para crianças (10+), adultos e idosos 250 mg, 3 vezes por dia, aumento a 500 mg 3 vezes por dia em elementos infecciosos de maior gravidade.
  • A recomendação de dosagem alta é composta por 3 g, 2vezes por dia, em situações apropriadas, para tratar infecções respiratórias graves ou incidentes do sistema respiratório inferior.

Gonorreia

Dosagem única de 3g.

Amoxicilina Pode Dar Diarreia?

Nessa situação, a diarreia ocorre em virtude de a medicação fazer a eliminação de todos os elementos presentes no órgão intestinal, tanto boas e ruins, que precisam estar equilibradas para a garantia do funcionamento adequado do intestino.

De modo geral, a diarreia inicia em segunda data da ingestão de antibióticos e tem sua estagnada ao realizar a interrupção das doses. Contudo, pode acabar demorando uma média de três dias para que ocorra a parada da ação, em questão, tardando ainda aproximadamente 3 dias para que o intestino se recupere.

As melhores técnicas de combate a diarreia provocada pela ingestão de substâncias antibióticas é o consumo de probióticos, suplementação alimentar de fácil encontro em farmácias, que são compostas por elementos bacterianos que fazem a regulação da função do intestino.

Contudo, é relevante também fazer a adequação da dieta balanceada, de modo a evitar produtos crus, que se revelam dificultosas para a digestão e condimentos muito fortes.

Porém, se, ainda com a diarreia, o indivíduo apresentar um estômago muito sensível, a recomendação é acompanhar uma dieta leve, que tenha elementos fáceis de serem digeridos, a exemplo de canjas de galinha, purês, ovo cozido, a fim de evitar o inchaço da barriga e sensação de má digestão.

Antes de se automedicar, não esqueça de sempre consultar o seu médico!