Iumi – Bula, O Que é, Indicações e Contraindicações

Iumi é um anticoncepcional produzido pelo laboratório Libbs, sendo um dos mais prescritos para as mulheres que desejam evitar a gravidez ou tratar determinados tipos de problemas provocados por desequilíbrios hormonais.

Para saber todos os detalhes sobre esse medicamento, confira nosso artigo.


Para Que Serve o Iumi?

Iumi

Iumi é recomendado como forma de evitar a gravidez e também atua no tratamento de sintomas associados à retenção de líquidos, alterações na menstruação, inchaço corporal, distensão abdominal e aumento de peso nas mulheres.

Dependendo da situação, Iumi pode ser recomendado para tratar problemas relacionados ao aparecimento severo ou frequente de espinhas em mulheres.

Os efeitos benéficos de Iumi são possíveis em virtude da combinação hormonal contidas nas pílulas desse anticoncepcional, que são compostas por estrogênio (etinilestradiol) e progestógeno (drospirenona).

Em virtude da baixa concentração desses hormônios, esse anticoncepcional está classificado como de baixa dose.

Composição da Fórmula

Cada pílula de Iumi é composta das seguintes substâncias:

  • Drospirenona (princípio ativo)
  • Etinilestradiol (princípio ativo)
  • Lactose monoidratada (excipiente)
  • Povidona (excipiente)
  • Croscarmelose sódica (excipiente)
  • Amido (excipiente)
  • Estearato de magnésio (excipiente)
  • Macrogol (excipiente)
  • Hipromelose (excipiente)
  • Corante amarelo quinolina laca nº10 (excipiente)

Contraindicações do Iumi

Iumi, como todos os anticoncepcionais, apresenta algumas contraindicações. Logo, esse medicamento não é recomendado nas seguintes situações:

– Pessoas que apresentam quadro atual ou anterior de problemas circulatórios mais sérios, tais como derrame cerebral, trombose, coágulos sanguíneos, ataque cardíaco, dores no peito ou derrame.

– Pacientes que sofrem com crises de enxaqueca.

– Indivíduos diagnosticados com diabetes mellitus e que apresentam lesão de vasos sanguíneos.

– Pessoas que apresentam icterícia (pele ou olhos amarelados).

– Pacientes diagnosticados com doenças graves no fígado.

– Indivíduos que apresentam mau funcionamento nos rins ou são diagnosticados com doenças nesse órgão.

– Pessoas diagnosticadas com tumor no fígado (benigno ou maligno).

– Mulheres que apresentam sangramento vaginal sem causa conhecida.

– Mulheres grávidas ou com suspeita de gravidez.

– Pessoas com histórico atual ou anterior de pancreatite relacionada ao aumento dos níveis de triglicérides no sangue ou câncer.

– Pacientes que apresentam predisposição alérgica a qualquer uma das substâncias contidas na fórmula desse anticoncepcional.

Obs.: pessoas que apresentam outros problemas de saúde e que fazem uso de algum tipo de medicamento, devem, obrigatoriamente, informar tais condições ao médico.

Efeitos Colaterais do Iumi

Com relação aos efeitos do Iumi, as reações variam de ocorrência e intensidade de acordo com as condições orgânicas de cada paciente. Vejamos quais são elas.

Efeitos Comuns (ocorrem entre 1 e 10 de 100 pessoas que usam esse medicamento)

  • Quadros depressivos
  • Alterações de humor
  • Náuseas
  • Crises de enxaqueca
  • Dor ou desconforto nas mamas
  • Sangramento uterino fora dos períodos menstruais
  • Sangramento vaginal (não específico do aparelho genital).

Efeitos Incomuns (ocorrem entre 1 e 10 de cada 1.000 pessoas que usam esse medicamento)


  • Redução do desejo sexual.

Efeitos Adversos Raros (ocorrem entre 1 e 10 em cada 10.000 pessoas que usam esse medicamento)

  • Eventos tromboembólicos arteriais e venosos. Essas condições abrangem qualquer tipo de bloqueio ou presença de coágulo em uma veia periférica profunda, coágulos que afetam o sistema venoso do sangue (ex.: embolia pulmonar), ataque cardíaco provocado por coágulos e derrames provocados pelo bloqueio do fornecimento de sangue para algumas regiões do cérebro.

Efeitos Com Frequência Desconhecida

  • Aparecimento de manchas vermelhas na pele, coceira ou manchas na pele que apresentam inchaço.

Ao observar uma ou mais dessas reações, sobretudo aquelas que aparecem de maneira mais intensa, devem suspender o uso do medicamento e consultar o médico responsável pelo tratamento.

Dependendo dos efeitos colaterais apresentados, há a necessidade de reavaliar o tratamento e, se for o caso, substituir o anticoncepcional utilizado.

Cuidados Gerais ao Usar Esse Medicamento

Ao usar Iumi, além de conhecer as contraindicações e efeitos colaterais, é de suma importância adotar alguns cuidados básicos antes e durante o uso desse anticoncepcional. Vejamos quais são:

Aumento do Peso

Iumi, assim como a maioria dos medicamentos anticoncepcionais, acarreta alterações hormonais que aumentam o apetite e, consequentemente, elevam o peso.

Dessa forma, ao iniciar o uso desse anticoncepcional, é necessário redobrar os cuidados com relação à alimentação para evitar a obesidade.


Interações Medicamentosas

O anticoncepcional Iumi não pode ser ingerido em conjunto com determinados tipos de medicamentos, tais como:

– Aqueles usados para o tratamento de epilepsia, tais como barbitúricos, primidona, fenitoína, felbamato, carbamazepina, oxcarbazepina e topiramato.

– Aqueles usados no tratamento da tuberculose, tais como rifampicina.

– Aqueles indicados para conter os efeitos da AIDS, tais como nevirapina e ritonavir.

– Aqueles recomendados para o tratamento de infecções, tais como tetraciclinas, penicilinas ou griseofulvina.

– Qualquer tipo de medicamento que contenha erva-de-são-joão.

Para evitar problemas com interações medicamentosas, é essencial informar o médico quanto ao uso de qualquer tipo de medicamento antes de iniciar o consumo de Iumi.

Não Esquecer de Tomar

É importante que as mulheres evitem esquecimentos quanto ao consumo da pílula de Iumi, conforme orientações específicas da bula.

Caso ocorra esse esquecimento, dependendo do período em que ele ocorreu, é necessário tomar a pílula esquecida no dia seguinte (juntamente com aquela do dia) ou ingerir o anticoncepcional logo que constatar esse esquecimento.

Obs.: ler atentamente a bula para maiores esclarecimentos nas situações de esquecer a ingestão do anticoncepcional.

A Importância do Acompanhamento Médico

O Iumi só pode ser prescrito por um ginecologista mediante avaliação médica completa e realização de exames com o objetivo de identificar o quadro geral de saúde da paciente.

Além disso, cabe ao médico acompanhar os resultados proporcionados por esse anticoncepcional e, caso seja necessário, fazer alterações no tratamento.

Ações Que Ajudam no Tratamento

Algumas ações simples que ajudam no equilíbrio hormonal do organismo feminino são:


  • Evitar períodos prolongados de estresse;
  • Cuidar da saúde hormonal mediante acompanhamento médico;
  • Adotar uma alimentação mais natural e nutritiva, preferencialmente com vegetais orgânicos (que ajudam na saúde hormonal);
  • Cuidar da saúde do sono, já que esse fator é primordial para o equilíbrio hormonal.

Depois de saber sobre Iumi, compartilhe essas informações com demais pessoas para que elas também fiquem por dentro dos cuidados necessários antes de ingerir esse anticoncepcional.

Para que os medicamentos possam ser comercializados, eles devem ser registrados na Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária). Em casos de dúvida, verifique no portal da Agência em “Consulta de Produtos”, pois pode ser um medicamento irregular ou falsificado.