Cataratas – O Que é, Causas, Sintomas, Tratamento e Prevenção

Cataratas é uma doença ocular caracterizada pela perda de transparência do cristalino, uma região do olho que tem como principal função proporcionar o foco da visão em diversas distâncias.

Dessa forma, quando a catarata afeta o olho, o cristalino se torna opaco e consequentemente a visão fica embaçada.


Para saber todos os detalhes sobre essa doença, incluindo tratamento e formas de prevenção, confira nosso artigo.

Quais as Causas da Cataratas?

Cataratas

A principal causa da Cataratas é o processo de envelhecimento, sendo que essa doença pode ser congênita (em casos muito raros) ou adquirida, sobretudo mediante avanço da idade).

Ainda que esse problema afete predominantemente pessoas acima dos 50 anos, há situações de crianças que já nascem com esse problema em virtude de alterações genéticas ou doenças apresentadas pela mãe, tais como sífilis, toxoplasmose ou rubéola.

Entre as causas da Cataratas, também são apontadas:

  • Diabetes;
  • Uso contínuo ou sem a devida indicação médica de colírios (sobretudo os que contêm corticoides);
  • Presença de inflamações intraoculares;
  • Ocorrência de traumas provocados por batidas fortes na área dos olhos, socos ou excesso de radiação.

Fatores de Risco da Cataratas?

Os fatores de risco da Cataratas devem ser conhecidos também como forma de redobrar os cuidados quanto à saúde ocular. Vejamos quais são eles.

– Idade: estatísticas apontam que 1 em cada 5 pessoas com idade superior a 65 anos apresentam Cataratas, sendo que essa proporção se eleva a partir dos 75 anos, quando metade dos indivíduos com essa idade são diagnosticados com esse problema.

– Presença de doenças infecciosas nos olhos.

– Hábito de fumar.

– Diagnóstico de diabetes.

– Excessiva exposição à luz solar sem a devida proteção.

– Ocorrência de traumas na região ocular.

– Utilização frequente de colírios à base de corticoides.

Pessoas que apresentam esses fatores de risco devem manter atenção redobrada quanto à saúde ocular, independentemente da idade.

Sintomas da Cataratas?

Com relação aos sintomas da Cataratas que merecem total atenção e comparecimento urgente ao médio oftalmologista, eles são:

– Dificuldade ou incapacidade de enxergar com pouca luz.

– Visão embaçada ou nebulosa.

– Visão dupla.

– Aumento da sensibilidade à luz.

– Enxergar halos ao redor das luzes.

– Dificuldade para ler, dirigir, andar, ver TV etc.

Como Diagnosticar Cataratas?

Para diagnosticar a Cataratas com exatidão, o médico oftalmologista realiza exames na estrutura interna dos olhos utilizando um oftalmoscópio, instrumento capaz de averiguar a existência de opacidade no cristalino.

Com os resultados em mãos, o oftalmologista possui condições de iniciar o tratamento mais adequado para cada paciente. Também é preciso averiguar a existência de outras doenças oculares.


Tratamento da Cataratas

O único tratamento para cura da Cataratas é um procedimento cirúrgico. Graças aos inúmeros avanços na medicina, essa cirurgia tornou-se altamente segura e rápida, durando de 15 a 30 minutos.

Nos dias sequentes à realização da cirurgia, o médico oftalmologista prescreve a aplicação de colírios e pomadas com o objetivo de evitar inflamação.

Obs.: caso a Cataratas esteja afetando os dois olhos, é preciso realizar os procedimentos cirúrgicos separadamente.

Como Prevenir Cataratas

É possível prevenir Cataratas adotando uma série de medidas, que são:

– Evitar o hábito de fumar, já que o cigarro traz grandes prejuízos à saúde ocular e aumenta o risco de desenvolvimento de diversas doenças na região dos olhos.

– Usar óculos escuros de qualidade, ou seja, que contenham a película protetora de radiação solar. Esse cuidado é ainda mais necessário no caso de pessoas que passam muito tempo no sol.

– Nunca utilizar colírios sem a adequada prescrição de um oftalmologista, principalmente no caso daqueles que possuem corticoides na composição da fórmula.

– Ao se expor ao sol, sobretudo em regiões de praia e campo, além dos óculos escuros, utilizar chapéu ou boné.

A Importância do Acompanhamento Médico

Ao notar um ou mais dos sintomas da Cataratas ou demais desconfortos nos olhos, é necessário consultar um oftalmologista com a maior urgência possível e realizar todos os exames.

Somente o médico pode diagnosticar com exatidão qual tipo de problema está afetando os olhos e recomendar o melhor tratamento de acordo com cada situação.

O maior erro das pessoas é demorar em procurar um oftalmologista e isso faz com que a doença ocular se agrave, dificultando o tratamento.

Pessoas que apresentam maior tendência a desenvolver Cataratas ou demais doenças oculares devem fazer exames periódicos no oftalmologista, ainda que não seja notado qualquer tipo de sintoma.

Esse cuidado é essencial como forma de prevenção.

Ações Que Ajudam no Tratamento e Prevenção

Além de todos os tratamentos prescritos pelo médico, para prevenir doenças oculares e auxiliar no tratamento, é recomendado adotar algumas ações, que são:

Alimentação Nutritiva

Uma forma de evitar o surgimento de doenças oculares e manter a qualidade da visão por mais tempo é adotar uma alimentação mais saudável no dia a dia, rica principalmente em betacaroteno, substância que se transforma em vitamina A.

Alguns exemplos de alimentos ricos em betacaroteno são: cenoura, manga, abóbora-moranga, damasco, batata-doce, beterraba, mamão e pimentões.

Uma dica para aumentar o consumo desses alimentos é preparar sucos ou caldos, que além de todos os benefícios oferecidos para a saúde dos olhos, melhoram o sistema imunológico e favorecem o equilíbrio do peso.

Cuidar da Qualidade do Sono

A saúde da visão e do organismo como um todo depende bastante da qualidade do sono.

Por esse motivo, é fundamental dormir 8 horas todas as noites como forma de garantir o equilíbrio das funções físicas e mentais e também evitar uma deterioração precoce que prejudica as células, inclusive aquelas ligadas à visão.

A combinação de todos esses cuidados é essencial para manter a saúde dos olhos em dia e evitar que doenças oculares se agravem.

Vale lembrar que todos os cuidados adotados quanto ao uso de colírios devem ser autorizados pelo oftalmologista e nunca devem ser feitas aplicações nos olhos sem a devida prescrição médica.


Depois de saber sobre Cataratas, compartilhe esse conteúdo com o maior número de pessoas para que elas também fiquem por dentro do assunto.


Por mais que você se sinta bem, faça um Check-up  uma vez por ano.  Exames regulares ajudam seu médico acompanhar sua saúde e identificar alguma ameaça de doença, colocando você no caminho do tratamento.