Selene: O Que é, Para Que Serve e Como Usar

Acnes ou pelos no rosto? Selene é um medicamento que foi desenvolvido para tratar mulheres que sofrem com esses desagradáveis problemas.

Para Que Serve Selene?

Trata-se de uma medicação destinada a tratar ocorrências de origem androgênica nas mulheres. O medicamento trata, por exemplo, o excesso de acnes, em especial localizadas na face e que contenham seborreia, nódulos e inflamações. São as chamadas acnes nódulocísticas e acnes papulopustulosas.


Além disso, Selene tem se mostrado satisfatório no tratamento também do Hirsutismo – que ocasiona o crescimento de pelos em locais improváveis do corpo feminino, como no rosto, por exemplo.

Selene

Como Age no Organismo?

O fármaco contém agentes (ver em composição), que são eficazes na redução das secreções produzidas em excesso pelas glândulas sebáceas, diminuindo a incidência das acnes e da seborreia – que também pode causar queda de cabelos.

O tratamento também vem se mostrando satisfatório para inibir as manifestações androgênicas nas mulheres. Reduzindo ou, até mesmo, cessando o crescimento de pelos em excesso pelo corpo feminino.

Em Quanto Tempo Verei os Resultados do Tratamento?

As mulheres que sofrem dos problemas tratados com Selene costumam querer pressa nos resultados. No entanto, como o uso da medicação é um tratamento, resultados satisfatórios contra a acne e a seborreia levam de 3 a 4 meses para serem percebido.

O mesmo prazo vale para o tratamento do Hirsutismo com essa medicação.. Especialmente, na redução e eliminação dos pelos faciais.

No entanto, como acontece com qualquer medicação, o tempo para o tratamento demonstrar resultados aparente depende da resposta de cada paciente à medicação.

Apresentação e Composição de Selene

A medicação é produzida pelo Laboratório Eurofarma, indicada para o uso oral e para adultos. Está disponível em embalagens com 21 ou 63 comprimidos.

Cada comprimido revestido de Selene contém:

  • Acetato de ciproterona: 2 mg;
  • Etinilestradiol: 0,035 mg.

Além dos excipientes: lactose, povidona c-15, celulose microcristalina, amido de milho, aerosil 200, crospovidona, estearato de magnésio, laurilsulfato de sódio, corante laca eritrosina, corante laca crepúsculo, dióxido de titânio e goma laca.

Qual a Forma de Uso?

Por contar com hormônios femininos, antes da mulher começar a usar Selene é necessário que ela passe por exames ginecológicos. Se a saúde íntima da paciente estiver ok, ela poderá, então, dar início ao tratamento com o medicamento.

Não há uma forma pré-definida do uso de Selene. O esquema de tratamento depende do quadro apresentado pela mulher, da gravidade dos sintomas e da resposta individual da paciente à medicação.

No entanto, os médicos aconselham que a paciente inicie o tratamento com o uso de apenas um comprimido da medicação. Recomenda-se ingerir a medicação após o café da manhã ou do jantar.


Além disso, como mencionado, por com ter hormônios, o esquema do tratamento com o remédio  depende do ciclo menstrual da mulher. Assim, é de extrema importância que o 1 º comprimido de Selene seja tomado no 1 º dia do seu ciclo menstrual.

Da mesma forma como é feito com medicamentos contraceptivos, a mulher em tratamento deverá respeitar a pausa de 7 dias. Durante esse período, provavelmente, ela irá menstruar.

Depois dos 7 dias de pausa, então, a paciente deverá reiniciar uma nova cartela do medicamento. E assim seguirá fazendo até obter alta médica.

Alguns tratamentos com Selene podem durar mais de 6 meses. Nesses casos, essas pacientes devem ser submetidas a novos exames ginecológicos.

Quais São as Reações Adversas?

A medicação é, em geral, bem tolerada pela grande maioria das pacientes. Mas como ocorre com todo medicamento, algumas podem apresentar efeitos colaterais. Entre eles estão:

  • Dor de cabeça;
  • Enjoos;
  • Náuseas,
  • Problemas gástricos em geral;
  • Aumento no volume e peso das mamas;
  • Alterações na libido da paciente;
  • Alterações de peso corporal;
  • Alterações no humor;
  • Pigmentações temporárias na pele (cloasma);
  • Intolerância ao uso de lentes de contato.

Recomenda-se que a paciente que esteja sob tratamento com Selene evite a exposição solar durante esse período. Também deve-se usar filtro solar fator mínimo 30 de proteção nas áreas que estão sendo tratadas.

Todas as Mulheres Podem Fazer o Tratamento?

Não, como toda medicação, existem pacientes que apresentam contraindicações ao uso da medicação. Não se recomenda o uso de Selene, por exemplo, nas seguintes situações:


  • Mulheres grávidas ou com suspeita de gravides;
  • Mulheres em fase de amamentação;
  • Histórico de icterícia;
  • Problemas graves nas funções do fígado;
  • Síndrome de Dubin- Johnson (doença que causa elevação de bilirrubina sem aumento das enzimas do fígado);
  • Síndrome de Rotor (doença benigna e hereditária do fígado);
  • Histórico de acidente vascular cerebral (derrame);
  • Histórico ou tendência a problemas de tromboembolismo;
  • Anemias;
  • Diabetes que resultam em problemas vasculares;
  • Casos de câncer de mama;
  • Problemas no metabolismo dos lipídeos;
  • Otosclerose grave;
  • Herpes durante a gestação; entre outras.

É de extrema importância que você relate esses problemas ou outros ao médico, caso tenha passado por eles.

Há Interações Medicamentosas?

Sim, como qualquer outro medicamento, alguns outros remédios podem interferir na ação de Selene. Recomenda-se atenção por parte do médico ao indicar a medicação de forma concomitante com:


  • Fenilbutazona;
  • Barbitúricos;
  • Hidantoína;
  • Rifampicina;
  • Ampicilina;
  • Laxantes;
  • Antidiabéticos;
  • Insulina.

Posso Adquirir Selene e Iniciar o Tratamento?

Não, embora a medicação não necessite da retenção da receita médica para ser adquirida, se trata de um medicamento que contém hormônios. É extremamente perigoso fazer uso desse fármaco sem autorização médica.

Caso você se identificou com alguns dos problemas tratados pelo medicamento, marque, primeiramente, uma consulta médica. Somente um médico pode definir de Selene é a melhor opção de medicamento para o seu caso.

IMPORTANTE: Esse conteúdo é apenas para fins educacionais e não substitui de forma alguma a orientação de um médico. Consulte sempre um médico.