Voltaren: Bula, Indicação, Efeitos Colaterais, Como Usar

Se Você Está Prestes a Consumir o Voltaren e Quer Conhecer Todas as Informações Necessárias, Antes do Uso, Confira os Efeitos Colaterais, Indicação e Demais Formas de Uso.

O Voltaren é um remédio pertencente a categoria de substâncias anti-inflamatórias não-esteroides, utilizados para tratar dores e inflamações. A substância ativa do Voltaren é o elemento diclofenaco sódico.


Este se responsabiliza pelo alívio dos sinais de inflamações, aparentes pelas dores e inchaços. Ele promove esta ação por meio do bloqueamento de síntese molecular específica – prostaglandinas – responsáveis por provocar dores, febre e inflamações.

Voltaren: Quais as Indicações?

Voltaren

O medicamento em drágeas ou supositórios tem indicação para tratar inflamações, dores e febre, além de sintomas associados a diversas categorias reumáticas como dores articulatórias, gota, bem como:

  • ombro congelado;
  • dores nas costas;
  • cotovelo de tenista;
  • entorses;
  • distensão;
  • lesões;
  • infecção do ouvido;
  • infecção nasal;
  • infecção de garganta;
  • tratamentos de inflamação dolorosa ginecológica;
  • período menstrual.

Apresentações do Voltaren

  • Drágeas laqueadas, revestidas com 50mg;

Caixas com 20 drágeas.

  • Supositórios compostos de 50mg;

Caixas com 5 substâncias.

Efeitos Colaterais do Voltaren

Algumas das reações adversas do medicamento fazem a inclusão dos sintomas de:

  • dores de cabeça;
  • náusea;
  • tontura;
  • vertigem;
  • vômito;
  • dores abdominais;
  • diarreia;
  • má digestão;
  • gases em excesso;
  • modificação nos resultados de exames da funcionalidade do fígado;
  • perda do apetite;
  • descamações ou vermelhidões na pele.

Os elementos supositórios são capazes de provocar irritações na região de aplicações.

Contraindicações do Voltaren

A contraindicação é para mulheres em período de amamentação e gravidez, bem como:


  • crianças e jovens menores de 14 anos;
  • indivíduos com histórico alérgico a demais medicações para tratamento de inflamações ou dores: Ibuprofeno, Diclofenaco, Ácido Acetilsalicílico;
  • indivíduos com úlceras;
  • indivíduos que apresentem problemas de sangramentos estomacais ou intestinais;
  • patologias ou problemas de fígado;
  • problemas renais;
  • problemas cardíacos;
  • alérgicos ao Diclofenaco ou a determinados compostos da fórmula.

Orientações Antes de Fazer o Uso de Voltaren

Antes de fazer uso, é preciso consultar o médico em caso de:

  • gravidez;
  • amamentação;
  • idade maior que 65 anos;
  • intolerância a açúcares;
  • patologias cardíacas;
  • patologias renais;
  • patologias do fígado;
  • hipertensão;
  • hemorragia;
  • problemas sanguíneos;
  • nível de gordura anormal;
  • nível de gordura elevado;
  • fumante;
  • diabetes;
  • consumo de outras substâncias anti-inflamatórias;
  • asma;
  • patologia alérgica;
  • histórico de problemas gastrintestinais;
  • azia;
  • inchaços;
  • desidratação;
  • uso de outros remédios.

Em período de tratamento com o remédio, se sentir dores no peito, fraqueza, falta de ar, reação alérgica, faça arrastada, é preciso fazer a interrupção do tratamento e procurar auxílio do especialista.

O remédio, em virtude de ser uma substância anti-inflamatória pode causar a redução ou mascarar os sinais de infecções, não apresentando ações na causa de febres ou inflamações. 

Como Usar o Voltaren?

Drágeas

De modo geral, a dosagem de início indicada para a faixa etária adulta é de 100mg a 150mg, que podem ter administração entre duas a três drágeas do medicamento de 50mg ao dia.

Para tratar as situações leves ou terapêuticas de longo prazo, a dosagem indicada corresponde a 75mg a 100mg. Podem ter a administração a partir de uma drágea de 75mg ou duas drágeas de 50mg ao dia.

A dosagem total por dia precisa ter divisão entre duas ou três dosagens, sem exceder o máximo diário de 150mg.


Para tratar as dores em período de menstruação, a dosagem indicada corersponde entre 50mg a 100mg. É possível fazer o consumo de uma a duas drágeas do medicamento de 50mg ou uma drágea de 100mg ao dia.

As drágeas devem ser consumidas inteiras, sem mastigação ou partido, em conjunto de água e alimentos.

Supositórios

De modo geral, a dosagem de início indicada para adultos corresponde a 100mg a 150mg, e pode ter aplicação de dois a três supositórios ao dia.

Para tratar situações leves ou situações terapêuticas de longo prazo, a dosagem indicada corresponde de 75mg a 100mg ao dia. A dosagem total por dia precisa ter a divisão em duas a três dosagens, sem exceder a dosagem máxima de 150mg ao dia.

Para tratar as dores em período de menstruação, a dosagem indicada corresponde a um ou dois supositórios, 50mg a 100mg ao dia, sem exceder a dosagem máxima de 200mg ao dia.

É indicada a aplicação de supositórios posteriormente a eliminação das fezes. Lembre-se que o uso deste medicamento deve ser prescrito por um profissional de Medicina. Não se automedique.

Voltarem é Bom Para Dor de Dente?

Sim.  O medicamento promove o alívio dos sinais de inflamações, bem como dores e inchaços. Age diretamente na inflamação odontológica que pode estar causando o problema.

Estes bloqueiam a síntese molecular responsável pelas dores, inflamações e febre. Não há nenhuma ação referente a causa da febre ou inflamações.


Cuidado em relação a automedicação. Ela pode acabar desencadeando outras condições problemáticas de teor grave, quando do mal uso ou falta de conhecimento do próprio organismo para a utilização.

Consulte um médico e busque formas de manter a sua saúde em dia. Alimente-se bem, e busque uma qualidade de vida que conte com exercícios físicos e boa socialização.

IMPORTANTE: Esse conteúdo é apenas para fins educacionais e não substitui de forma alguma a orientação de um médico. Consulte sempre um médico.