Victoza: Bula, Indicação, Efeitos Colaterais, Como Usar

Saiba Tudo Sobre o Victoza: Um Medicamento Injetável Que Trata a Diabetes. Confira Também Os Efeitos Colaterais, Indicações e Demais Modos de Uso.

O Victoza, ou Liraglutida, é um remédio em formato de injeção, com indicação para tratar a diabetes tipo 2. É uma medicação elaborada para o controle dos níveis glicêmicos da corrente sanguínea, atuando de forma semelhante ao hormônio GLP-1, que, de forma natural, tem sua produção a partir do pâncreas. Contudo, esta concentração é 8x maior.


Ao passo que o Victoza penetra a corrente do sangue, além de fazer o controle dos níveis do açúcar na corrente sanguínea, há a promoção de saciedade num prazo de 24h, proporcionando ao indivíduo a diminuição do quantitativo calórico diário consumido e, portanto, pode ter o uso para o emagrecimento. O cuidado e a recomendação médica é imprescindível.

Victoza: Quais as Indicações?

Victoza

O remédio é utilizado para o tratamento da Diabetes Mellitus 2, ao passo que as atividades e dieta de maneira isoladas não têm suficiência para controlar a glicemia.

A medicação pode ter o uso em combinação a substâncias antidiabéticas orais e insulina quando ambos, em junção de atividades e dietas, não tiveram o alcance do controle glicêmico coerente.

Apresentações de Victoza

Este medicamento está disponível, comercialmente, na seguinte apresentação:

  • Injetável 6,0mg/mL

Método para aplicação;

  • Multidose com 3ml em cada;
  • Caixas contendo 30 doses com 0,6mg;
  • Caixas contendo 15 doses com 1,2mg;
  • Caixas contendo 10 doses com 1,8mg;
  • Utilização Injetável subcutânea;

Utilização Oral e Adulta.

Efeitos Colaterais de Victoza

Embora este medicamento seja benéfico para quem sofre de diabetes tipo 2, assim como qualquer outra medicação, seu uso pode proporcionar diversos efeitos colaterais. Alguns exemplos que ocorrem com maior frequência, são:


  • Enjoo;
  • Suor excessivo;
  • Palidez;
  • Arritmia cardíaca;
  • Fome em excesso;
  • Visão turva;
  • Sono excessivo;
  • Irritabilidade;
  • Aflição;
  • Vômitos;
  • Azia;
  • Estômago inflamado;
  • Dores de estômago;
  • Intestino preso;
  • Gases;
  • Vias respiratórias infectadas;
  • Alergia na região de aplicação;
  • Falta de concentração;
  • Tremedeira;
  • Oscilação de apetite;
  • Cefaleia;
  • Irritação na região de aplicação.

Contraindicações de Victoza

O remédio apresenta contraindicações como qualquer outra medicação, e portanto, não deve ter o uso pelos seguintes grupos:

  • indivíduos de faixa etária menor de 18 anos;
  • grávidas;
  • lactantes;
  • indivíduos em tratamento contra o câncer;
  • situações de comprometimento do sistema digestório;
  • alergias a composição do remédio;
  • diabéticos da categoria 1.

Orientações Antes de Fazer Uso de Victoza

Antes de fazer uso do medicamento, é preciso consultar o médico em caso de gravidez ou amamentação, bem como:

  • faixa etária maior de 65 anos;
  • condições de problemas renais;
  • condições de problemas de fígado;
  • período de tratamento a partir de sulfonilureia – glibenclamida, glimepirida;
  • diabetes tipo 1;
  • patologia de inflamação de intestino;
  • medicações alheias.

Em período de tratamento com o remédio, se sentir os sinais como dores abdominais, mal estar persistente, é preciso consultar o especialista assim que houver a possibilidade, pois estes são sintomas de pancreatite aguda.

Ainda, em período de tratamento com o remédio, se sentir os sinais de nível baixo do açúcar como tonturas, corpo fraco, suor frio, frequência cardíaca acelerada, concentração dificultosa e condições problemáticas de visão, é preciso fazer o consumo de rebuçados.

O tratamento com a medicação não faz a exclusão da necessidade de manter o equilíbrio da dieta, exercícios físicos regulares e hábito saudável de vida. Ainda, em situações de diabetes é indicada uma alimentação com açúcar reduzido e situações de diabetes em associação de peso excessivo, uma alimentação com calorias e açúcares reduzidos.

Não se pode interromper o tratamento sem que o médico prescreva tal condição. As dosagens, tempo e horário do tratamento devem ser seguidos à risca.


Como Usar a Victoza?

Normalmente, a dosagem de início deste medicamento é 0,6mg aplicada uma vez ao dia, por 7 dias, no mínimo.

Após isso, a dose é com base na orientação médica, podendo ser elevada para 1,2mg ou 1,8mg, aplicada uma vez ao dia.

A administração deste remédio deve ser feita de forma injetável na pele, podendo ser na região abdominal, na coxa ou no braço e, preferencialmente, no mesmo horário todos os dias.

Pode ser utilizado outros medicamentos para diabetes em conjunto com esta medicação, se assim por orientação médica.

Victoza é Bom para Emagrecer?

O remédio é capaz de auxiliar na perda do peso e reduzir os percentuais de gorduras, porque promove a redução do nível glicêmico e sua utilização pode fazer a contribuição para a perda do apetite em virtude da saciedade disponibilizada pelo elemento.


O medicamento também é capaz de proporcionar a perda do excesso do peso, de forma relevante em período inicial do processo de emagrecer. Contudo, suas ações são passíveis de estagnação posteriormente a um determinado período de utilização, o que faz a indução de diversos indivíduos a intensificação das doses e a dependência grave em relação aos químicos. Isto traz sérios problemas à saúde.

Atente-se também à automedicação: ela pode desencadear problemas ainda maiores à sua saúde! Faça exames periódicos e consulte um profissional da Medicina!