Sonrisal – Bula, O Que é, Indicações e Contraindicações

Sonrisal, um dos medicamentos mais consumidos por pessoas que sofrem com desconfortos estomacais, está entre os itens mais comuns nas farmácias e facilmente disponível.

No entanto, para que exatamente o Sonrisal serve? Ele pode causar males para a saúde? Há outras alternativas de tratamento? Para conferir a resposta a essas e outras dúvidas, fique de olho no nosso artigo.


O Que é Sonrisal?

Sonrisal

Sonrisal é um comprimido efervescente com efeito antiácido e analgésico, comercializado nos sabores natural e limão e produzido pelo laboratório GlaxoSmithKline. Esse medicamento possui os seguintes componentes:

– Bicarbonato de sódio;

– Ácido acetilsalicílico;

– Carbonato de sódio;

– Ácido cítrico.

Para que o Sonrisal é Indicado?

O efervescente Sonrisal é recomendado para aliviar a acidez estomacal (também chamada de azia), má digestão e esofagite de refluxo, todos problemas provocados pelo excesso de acidez estomacal.

Além de aliviar a sensação de queimação no peito ou região superior do abdômen provocada pelo nível exagerado de ácido, o Sonrisal acaba com a dor de cabeça provocada por tais desconfortos no estômago e dificuldades digestivas.

Vale ressaltar que a acidez estomacal ou azia é provocada por um processo de regurgitação ácida do estômago para o esôfago, na maioria das vezes associada aos seguintes fatores:

– Consumo de determinados tipos de alimentos e bebidas (Ex.: café, álcool, doces, alimentos industrializados etc.);

– Consumo de uma grande quantidade de alimentos de uma vez;

– Altos níveis de estresse físico ou emocional;

– Uso de determinados tipos de medicamentos.

Contraindicações do Sonrisal

Ainda que o efervescente Sonrisal seja eficaz para o alívio dos desconfortos digestivos e dores de cabeça decorrentes deles, este medicamento não deve ser utilizado nos seguintes casos:

– Gestantes;

– Lactantes (mulheres que estão amamentando);

– Pessoas com idade inferior a 16 anos;

– Pacientes que apresentam históricos de reações alérgicas ao ácido acetilsalicílico e salicilatos ou a qualquer um dos componentes contidos na fórmula desse medicamento;

– Indivíduos que apresentam problemas relacionados ao fígado, rins ou e/ou coração;

– Pessoas que estão fazendo uma dieta restrita em sódio;

– Pacientes com suspeita de dengue;

– Indivíduos com histórico de asma ou que apresentam dificuldades de respirar depois do uso de ácido acetilsalicílico;

– Pessoas com histórico de úlcera estomacal, sangramento ou perfuração no estômago;

– Pacientes com histórico de gota (um tipo de artrite caracterizado por provocar fortes dores, sensibilidade nas articulações e vermelhidão);

– Indivíduos que apresentam problemas de coagulação sanguínea ou hemofílicos.

Como é possível perceber, são várias as contraindicações do Sonrisal. Logo, o ideal é que as pessoas que apresentam tais condições nunca façam uso desse medicamento a não ser nos casos em que seja autorizado pelo médico.

Efeitos Colaterais do Sonrisal

Depois de saber as contraindicações do Sonrisal também é necessário prestar atenção aos possíveis efeitos colaterais provocados por esse efervescente, que são:

– Náuseas e/ou vômitos;

– Arrotos;

Gases;

– Má digestão;

– Distensão no abdômen;

– Retenção de sódio e fluidos;


– Disfunção renal e aumento dos níveis sanguíneos de ácido úrico.

Após o uso de Sonrisal, caso apareçam um ou mais efeitos colaterais, é necessário informar o médico imediatamente para que sejam feitas adequações no tratamento.

Posologia de Sonrisal

A dose indicada de Sonrisal é de 1 a 2 comprimidos dissolvidos de uma vez em um copo americano de água. É necessário aguardar a efervescência completa e beber de uma vez.

Caso seja necessário, essa dosagem pode ser repetida após um período de 4 horas. Obs.: nunca pode ser ultrapassada a dose máxima indicada de Sonrisal, que é de 8 comprimidos diários.

A Importância de Consultar Um Médico

Por mais que os problemas relacionados à má digestão sejam relativamente comuns, muitas vezes eles são apenas a “ponta do iceberg”, já que são sinais de doenças e problemas mais sérios que estão afetando o sistema gastrointestinal.

Por isso, ao notar desconfortos estomacais com frequência é essencial consultar um médico especialista nessa área, realizar exames de laboratório e imagem e identificar as possíveis causas do problema.

Tratamentos Complementares

Além do uso do Sonrisal e demais medicamentos para alívio e tratamento de doenças estomacais, é preciso considerar importantes alternativas de tratamentos complementares essenciais para evitar e combater problemas gastrointestinais.

Readequações Alimentares

A saúde estomacal depende em grande parte da qualidade da alimentação. É necessário recorrer a um médico ou nutricionista e seguir uma dieta capaz de prevenir e auxiliar no tratamento de problemas estomacais.

De maneira geral, o indicado é aumentar o consumo diário de fibras, verduras, frutas, legumes, grãos integrais e demais alimentos que favorecem a digestão e ainda aumentam a resistência do organismo por serem ricos em diversos tipos de vitaminas e minerais.

Deve-se também identificar quais tipos de alimentos e bebidas desencadeiam as crises quanto ao excesso de acidez ou azia e evitá-los a todo custo.

Técnicas de Relaxamento

Como já vimos, os problemas gastrointestinais podem ser provocados por estresse físico e emocional intenso. Logo, além dos cuidados com o corpo por meio do uso de medicamentos e adoção de uma alimentação saudável, é necessário buscar o equilíbrio emocional.


As técnicas de relaxamento que envolvem respiração adequada, meditação, posturas corporais etc. são de grande ajuda nesse equilíbrio das emoções e contribuem para a prevenção e tratamento das doenças que se manifestam no aparelho digestivo.

Atividade Física

Durante a prática de exercícios físicos, nosso corpo libera uma série de substâncias benéficas que atuam no alívio do estresse e consequentemente impedem ou amenizam diversos tipos de problemas físicos.

Desde que autorizada pelo médico, a atividade física é item essencial no tratamento de problemas gastrointestinais e em questão de pouco tempo é possível observar excelentes resultados.

Sono de Qualidade

Noites bem dormidas funcionam como um banho relaxante para o nosso cérebro. E isso é fundamental para a saúde do aparelho digestivo.

A irritação provocada por períodos de insônia e desequilíbrios hormonais trazem grandes prejuízos para a região do estômago, podendo desencadear vários problemas – dos mais simples aos mais graves.


Depois de ver sobre Sonrisal e todas as alternativas complementares de tratamento para os desconfortos gastrointestinais, compartilhe este conteúdo com seus familiares e amigos para que eles também cuidem melhor da saúde.

Para que os medicamentos possam ser comercializados, eles devem ser registrados na Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária). Em casos de dúvida, verifique no portal da Agência em “Consulta de Produtos”, pois pode ser um medicamento irregular ou falsificado.

IMPORTANTE: Esse conteúdo é apenas para fins educacionais e não substitui de forma alguma a orientação de um médico. Consulte sempre um médico.