Sarampo – O Que é, Causas, Sintomas, Tratamento e Prevenção

Sarampo é uma das doenças mais comuns que afetam principalmente bebês e crianças. Por mais que as vacinas tenham reduzido drasticamente a incidência, na ausência delas, e demais cuidados, as pessoas se tornam muito suscetíveis ao aparecimento desse problema.

Para saber todos os detalhes sobre o Sarampo, confira nosso artigo.


Sarampo – O Que é?

Sarampo é considerada uma doença infecciosa e contagiosa provocada por um vírus conhecido como Morbillivirus. Embora seja um problema simples, o Sarampo, no caso de crianças pequenas pode provocar sérios riscos, podendo inclusive levar à morte.

Sarampo

Causas do Sarampo

O Sarampo não apresenta uma causa específica. A circulação e ação do vírus causador da doença acontecem pelo fato de não existir uma população totalmente imune a ele. Isso significa que os surtos dessa doença acontecem devido aos fluxos de pessoas que estão suscetíveis à ação do Morbillivirus, ou seja, os indivíduos que não foram vacinados.

Como o Sarampo é Transmitido?

O Sarampo é transmitido com facilidade e de forma direta de indivíduo para indivíduo por meio de secreções que são emitidas pelo organismo ao falar, respirar, tossir, espirrar e beijar.

Exatamente por essa transmissão rápida e fácil, trata-se de uma doença altamente contagiosa.

De forma geral, a transmissão acontece na fase mais ativa do Sarampo, na qual a pessoa infectada pelo vírus apresenta mal-estar e febre alta.

O período de forte ativação do vírus dura aproximadamente 4 dias.

Fatores de Risco da Doença

Ainda que o Sarampo mereça maior atenção quanto à transmissão em crianças, é importante frisar que essa doença afeta de maneira idêntica os adultos.

A gravidade do problema sofre grande influência de fatores nutricionais e econômicos, que exercem grande impacto na saúde imunológica dos indivíduos.

A incidência de Sarampo, sobretudo no caso de pessoas não imunizadas, oferece maiores chances e perigos em locais com aglomeração de pessoas e em residências pequenas.

Sintomas do Sarampo

Essa doença apresenta como principais sintomas:

– Tosse;

– Febre alta (que ultrapassa 38,5ºC);

– Coriza;

Dor de cabeça;

– Presença de manchas vermelhas pelo corpo. Essas manchas ocorrem primeiro no rosto e atrás das orelhas, espalhando-se pelo corpo posteriormente;

– Ocorrência de manchas brancas na mucosa da boca, mais conhecida como sinal de koplik.

Complicações Causadas Por Essa Doença

Quando o Sarampo não é tratado logo nas fases iniciais ou o organismo do paciente se encontra muito frágil, essa doença pode acarretar as seguintes complicações:

– Infecção no ouvido;

– Infecções respiratórias;

Diarreia;

– Doenças neurológicas.

Como Tratar o Sarampo

O Sarampo não tem tratamento, sendo possível atuar apenas na redução dos sintomas até que o quadro infeccioso seja revertido. O tratamento prescrito, tanto para adultos quanto para crianças, se baseia em:


– Hidratar bem o organismo;

– Adotar uma alimentação saudável;

– Uso de medicamentos para febre, náuseas e vômitos;

– Uso de suplementos de vitamina A;

– Repouso (que deve durar todo o período da infecção).

Como Prevenir o Sarampo

Para prevenir essa doença, a única maneira é por meio da vacinação. A primeira dose da vacina contra essa doença deve ser aplicada aos 12 meses, na chamada vacina tríplice viral (que abrange imunização do sarampo, caxumba e rubéola).

Aos 15 meses, é necessário que a criança receba a segunda dose por meio da vacina tetra viral (que abrange imunização do Sarampo, caxumba, rubéola e varicela). Todas essas vacinas são oferecidas gratuitamente nos postos de saúde.

As 2 doses da vacina contra o Sarampo e demais doenças são indicadas para garantir a proteção imunológica e prevenir surtos de contágio.

Cerca de 15% das crianças que são vacinadas somente com a primeira dose não desenvolvem a imunidade necessária para combater o vírus causador do Sarampo. Logo, é necessário fazer a repetição.

Nos casos de crianças que ainda não receberam a vacina, uma forma de prevenir o surgimento do Sarampo é evitar que elas tenham contato com pessoas que apresentam sintomas ou suspeita dessa doença (por mínimos que sejam os sintomas).

Adolescentes e adultos com idade até 29 anos que ainda não foram vacinados ou não tiveram essa doença anteriormente devem, obrigatoriamente, procurar o posto de saúde para receber a imunização e ficar livre dos riscos de contrair a doença.

A Importância da Vacina e Acompanhamento Médico

A regularidade quanto às vacinas é item essencial para a saúde das crianças, já que o organismo delas é naturalmente mais frágil e suscetível às doenças infectocontagiosas.

Assim que a criança completa a idade de 1 ano é necessário comparecer ao posto de saúde e realizar todos os procedimentos de vacinação.

Além disso, é preciso que as crianças tenham acompanhamento médico nos casos do aparecimento de sintomas como febre, diarreia e demais ocorrências.

Por mais simples que sejam, esses sintomas sempre demonstram que algo não está bem e precisam ser avaliados com cuidado.

Cuidados Complementares ao Tratar Sarampo

Ademais de todos os cuidados médicos no tratamento dos sintomas é preciso seguir algumas ações fundamentais para evitar o agravamento do problema e contágio de outras pessoas. Vejamos quais são essas ações:

Estender o Repouso

Quanto mais repouso o adulto ou a criança infectada por essa doença tiverem, mais rápida será a recuperação do organismo e redução da intensidade dos sintomas.

Devido à febre e outros efeitos,  essa doença traz grande prostração e requer máximo repouso.

Ingerir Bastante Água Pura

Conforme mencionado, a hidratação é ponto fundamental no tratamento do problema. E a melhor maneira de hidratar o organismo é beber bastante água pura (mineral ou filtrada) para que o corpo naturalmente elimine o vírus causador da doença.

Alimentação Nutritiva

Para fortalecer o sistema imunológico é preciso adotar uma alimentação rica em vitaminas e minerais. Esses nutrientes estão presentes principalmente em frutas, legumes e verduras frescas.

Preparar sopas, caldos e sucos naturais é uma forma de estimular a recuperação e ajudar no combate ao vírus.



Após saber sobre Sarampo e também como prevenir essa doença, compartilhe esse artigo com o maior número possível de pessoas para que eles também fiquem informadas quanto aos cuidados necessários.

Por mais que você se sinta bem, faça um Check-up  uma vez por ano.  Exames regulares ajudam seu médico acompanhar sua saúde e identificar alguma ameaça de doença, colocando você no caminho do tratamento.

IMPORTANTE: Esse conteúdo é apenas para fins educacionais e não substitui de forma alguma a orientação de um médico. Consulte sempre um médico.