Nistatina: O Que é, Indicações, Contraindicações, Como Usar

Saiba mais sobre a Nistatina, um medicamento que tem ação antifúngica, recomendada para o tratamento contra a candidíase oral ou vaginal. Sua composição é encontrada em pomada ginecológica e gotas, porém, só deve ser usada com prescrição médica.

Nistatina – O Que é?

É uma medicação destinada a combater fungos, sendo assim um antifúngico.


É usado desde crianças recém-nascidas para o combate do que chamamos popularmente de “sapinho” (candidíase oral) há adultos, sendo que seu aparecimento em adultos se dá através da falta que o organismo está de nutrientes necessários para uma manutenção saudável do organismo.

Também se apresenta em pessoas que apresentam sistema imunológico baixos, contribuindo assim para o aparecimento dos fungos.

Outras formam do aparecimento dos fungos seria em pacientes que necessitam do uso prolongado de antibióticos, portadores de AIDS, e também pacientes que fazem a radioterapia.

Nistatina

Como Funciona a Nistatina

A nistatina como já havíamos dito e um antifúngico, sua ação e no combate a fungos que tem sensibilidade a sua composição, um exemplo de doença em que o uso de nistatina é indicado seria a Candida albicans (sapinho).

A Nistatina vai de encontro as paredes dos fungos fazendo alterações em sua formação fazendo assim com que desapareçam, causando sua destruição.

É importante lembrar que a Nistatina tem ação apenas em fungos, não combatendo assim vírus e bactérias.

Indicações da Medicação

A medicação nistatina é indicada em vários tipos de candidíase tais como:

  • Candidíase oral pseudomembranosa seria a presença de manchinhas brancas na região bucal, ocorrem geralmente sem dor, normalmente sua ocorrência se dá mais em recém-nascidos.
  • Candidíase oral hiperplásica crônica: se encontra a presença de manchas brancas difíceis de se removerem da boca, tem odor forte, normalmente este tipo de candidíase está associado a pessoas fumantes com idades acima de 30 anos.
  • Candidíase esofágica: Apresentam se mais em pacientes portadores de HIV, geralmente está associada aos tratamentos de neoplasias, ela produz disfagia tendo dor ao engolir líquidos ou alimentos sendo assim associada a candidíase orofaríngea.
  • Candidíase vaginal: são aquelas em que se apresentam grande desconforto ao urinar, apresentam pequenas fissuras, inflamação na região intima, causando dor no local.

Onde Encontrar o Medicamento?

A medicação antifúngica Nistatina, é encontrada em farmácias convencionais nas formas de solução e em pomadas.

Sua aplicação e uso deve ser realizado após consulta medica, que irá indicar um melhor uso ao tratamento.

A medicação pode ser encontrada nas formas genéricas é originais com outros nomes comerciais porem com as mesmas funções, alguns nomes são:

  • canditrat;
  • inofungin;
  • nistatec;
  • nistax;
  • albistin;
  • fungistatina;
  • micostatin.

A média de preços da medicação fica entre R$ 20,00 e R$ 30,00 reais podendo variar os preços conforme a localidade, e marca do produto.

Contraindicações

A Nistatina é praticamente uma medicação atóxica, porem algumas pessoas em sua raridade podem apresentar alergia a alguns dos seus componentes, e bom sempre que se verifique a formula da medicação para ver se há sensibilidade ao produto


É contraindicado a pessoas que fizeram uso de bebida alcoólica a cerca de 3 dias, sendo que durante sua administração também e contraindicado a ingestão de bebidas alcoólicas.

Não é indicado sua associação com medicamento dissulfiram(medicamento esse que ajuda a inibir a pratica de ingestão de bebidas alcoólicas).Caso ocorra alguma alteração, procure ajuda medica especializada.

Efeitos Colaterais

A Nistatina apresenta segundo estudos grande tolerância no organismo, porem caso sua ingestão seja realizada em grandes quantidades observa se o aparecimento de diarreia, náuseas, vômito, distúrbios gastrintestinais, chegando em casos muito raros a evolução da doença de síndrome se Steve-Johnson .

Posologia

Agora que já entendemos um pouco sobre a nistatina, vendo quais são suas funções no organismo e alterações que a medicação pode causar, iremos verificar sua administração.

A Nistatina é encontrada em farmácias de duas maneiras em forma de solução e em cremes, sua indicação e de acordo com a avaliação que o médico fara da sua patologia, indicando a você uma melhor opção e dosagem da medição, abaixo iremos mostrar as doses recomendadas para cada tipo de produto


Iniciando com a Nistatina em creme, a dosagem recomendada é de uma aplicação por dia na região intravaginal, com duração de 14 dias

Nistatina solução é indicado a sua dosagem nos seguintes casos:

  • Recém nascidos prematuros normalmente esta abaixo do peso ideal, sua administração indicado e de cerca de 1 ml administrados cerca de 4 vezes ao dia.
  • Em bebes lactantes aqueles em que estão na fase de amamentação o indicado é de cerca de 1 a 2 ml, sendo administração cerca de 4 vezes ao dia .
  • Em crianças e adultos a dosagem fica entre 1 a 6 ml administrados cerca de 4 vezes ao dia.

Após a aplicação do medicamento na região bucal é necessário que se faça o “bochecho” do produto e que deixe a medicação por muito tempo na boca.

Em crianças, o recomendado é que se coloque o remédio, para que se consiga fazer o bochecho ou até mesmo para que ela possa engolir.

Após a sua aplicação, recomenda-se que se coloque metade no canto direito da boca e após no lado esquerdo.

Observamos que as dosagens apresentam um valor estipulado, por isso o melhor jeito de saber se precisa da medicação e qual a dosagem correta a tomar.

É importante também, marcar uma consulta médica, somente ele irá poder indicar melhor dosagem e tratamento para cada caso, analisando por sua vez sua idade, grau e estagio da doença.

Advertências ao Uso do Medicamento

É recomendável que quando se estiver amamentando, estiver grávida ou mesmo tomando alguma medicação de uso continuo que se fale com o médico.

Na Nistatina solução o indicado e que se mantenha sempre uma boa higiene bucal, antes da administração da medicação, sendo que é importante salientar que na Nistatina creme onde a aplicação e na região íntima deve se ter também uma higiene regular antes da aplicação da medicação.

Enquanto ainda estiver em tratamento de candidíase por exemplo é importante lembrar que a infecção ainda existe e que pode ser transmitida, o tratamento e medidas preventivas de higiene são a solução.


É comum entre as mulheres que tem candidíase a dúvida se continuam ou não a aplicação da medicação durante ciclo menstrual, o indicado é que se continue o tratamento mesmo em ciclos de menstruação.

Para que os medicamentos possam ser comercializados, eles devem ser registrados na Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária). Em casos de dúvida, verifique no portal da Agência em “Consulta de Produtos”, pois pode ser um medicamento irregular ou falsificado.

IMPORTANTE: Esse conteúdo é apenas para fins educacionais e não substitui de forma alguma a orientação de um médico. Consulte sempre um médico.