Nervocalm: O Que é, Composição, Como Usar, Precauções

Conheça os diferenciais do Nervocalm e viva de maneira mais “controlada”. Saiba o que é esse medicamento, para que serve, sua composição e como usar.

Com a vida corrida, a rotina de sempre, a pressão do trabalho e os problemas familiares, é comum que a ansiedade, o nervosismo a agitação e até mesmo a depressão façam parte da vida das pessoas.


Embora muitos pensem que não, essas situações cotidianas podem e costumam prejudicar a saúde e a qualidade de vida, por isso foi criado o medicamento Nervocalm, para ajudar a tratar essas causas que prejudicam a saúde de tantas pessoas.

Se você quer amenizar os sintomas que te deixam mal, para viver de maneira mais “controlada”, conheça agora os diferenciais deste medicamento e quais indicações ele possui.

O Que é o Nervocalm?

Nervocalm

É um medicamento feito com substâncias ativas e de origem natural, agregados a matérias médicas homeopáticas.

É indicado para auxiliar o tratamento de pessoas que sofrem com ansiedade, angústia, nervosismo, irritabilidade, inquietude, impulsividade, depressão, insônia, sono perturbado, tremores, palpitações e dores de cabeça.

O Nervocalm não possui lactose, mas tem um recurso eficiente que tem a função de agir rapidamente para equilibrar o organismo e aquietar a intensidade responsável por gerar os sintomas mais comuns de crise de ansiedade, depressão e insônia.

Seu papel é extinguir totalmente essas causas para que a pessoa se sinta bem e mais vívida.

Benefícios do Nervocalm

Por ser de origem totalmente natural, o que já traz uma grande vantagem para a saúde e organismo humano, o Nervocalm consegue combater os indícios que podem desequilibrar o corpo e a mente, sendo que as causas que cometem mais esse tipo de situação é vinda da depressão, da ansiedade, da insônia, da irritabilidade e da palpitação.

Um ponto importante e diferencial é que este medicamento não possui *Passiflora incarnata, ou seja, um medicamento próprio utilizado em alguns remédios que tem o intuito de agir como calmante e controlador desses sintomas.

A indicação do Nervocalm deve ser alterada somente se o médico prescritor autorizar.

*Passiflora incarnata pode causar outros efeitos colaterais ou interações medicamentosas e alimentares, resultantes em sangramento, sonolência e aumento de pressão arterial.

Já que ele tem fator contribuidor de tratar problemas como a insônia e a ansiedade, pode ser que durante o tratamento surja um efeito secundário de fazer o paciente ter perda de peso, uma vez que pessoas que sofrem com crise de ansiedade e distúrbios do sono são mais propensas a comer mais, o ativo do Nervocalm acaba agindo no emagrecimento do paciente.

Como Funciona o Nervocalm?

O método de funcionamento deste medicamento é baseado em indicações terapêuticas.


Sua composição de  Argentum nitricum e Kali bromatum, possuem 0,0125 ml, 6CH e *Excipiente de 250 mg. Excipiente trata-se da lactose monoidratada, amido, estearato de magnésio e dióxido de silício que envolvem o comprimido.

O Nervocalm não é indicado para crianças e sim adultos e a forma de utilização do medicamento deve ser feita por 2 comprimidos diariamente, sempre antes de repousar à noite.

É ideal manter sempre a dose e a frequência de consumo até a eliminação total dos sintomas. O uso inadequado do remédio pode causar mais sintomas ou agravar os que já existem.


Portanto, atenção do paciente tanto à prescrição médica quanto à bula deve ser redobrada antes de ingerir.

Caso o paciente se esqueça de usar o medicamento, não haverá perda no efeito, mas também ele não deve tomar em dose dupla no dia seguinte.

O ideal é descartar os dois comprimidos que não foram tomados e seguir adiante com o consumo dos demais.

Lembrando que a perda de efeito do remédio só será consolidada caso o paciente deixe de consumi-lo com frequência, seja por esquecimento ou decisão própria de parar. Em caso de eventualidade isso não acontece, mas só nesse caso mesmo.

Precauções Que Precisam Ser Seguidas

Para que não haja problemas maiores com a saúde ou surjam novos sintomas, recomenda-se realizar um intervalo de 15 minutos entre o medicamento e as refeições diárias.

O ideal e correto é não ingerir o remédio antes de se alimentar, por isso é dado um espaçamento de minutos para o consumo do Nervocalm.

Segundo pesquisas científicas, não foi identificado qualquer mal ou reação contrária que o Nervocalm pode causar.

Contudo, é importante prevenir e seguir sempre a orientação do profissional.

Para gestantes, mulheres que estão amamentando ou pessoas que são intolerantes à lactose, antes de iniciar o tratamento, verifique com seu médico se há problema devido à essas situações ou se pode começar normalmente o processo.

Outro fator importante e considerável é que antes de usar o comprimido, é preciso verificar se ele tem odor e sua cor é branca.

Caso o paciente verifique outro tipo de aspecto no comprimido, ele precisará levá-lo ao local que comprou junto a bula e apresentar ao farmacêutico.

Composição do Nervocalm

Composto bolhas em caixa acompanhadas de 20 comprimidos com 250 mg, esse remédio precisa ser consumido oralmente e apenas por adultos.

Caso o paciente ingira o remédio e ocorra alguma ingestão por acidente e/ou dose excedida do que foi sugerido pelo profissional, ou ainda, ocorram sintomas de mal-estar durante o tratamento, é fundamental procurar ajuda médica.

Se houver uma superdosagem por acidente, o paciente também deverá falar com o especialista para que ele faça uma aplicação terapêutica sintomática auxiliada, para identificar se a superdosagem gerou intoxicações agudas.

No caso de uso exorbitante na quantidade deste medicamento, é imprescindível procurar um médico com rapidez.

Armazenamento e Conservação

Conserve o medicamento sempre em local seco e em temperatura ambiente (entre 15 e 30ºC) protegendo-o da luz e da umidade.

Jamais deixe o medicamento ao alcance de crianças, o consumo inadequado pode gerar grandes problemas.

Se você sofre com algum dos sintomas citados neste artigo e está precisando de um remédio que te ajude a aliviar esses problemas, vá ao médico e pergunte sobre o Nervocalm.


Marque uma consulta para passar com um médico especialista e verificar se o Nervocalm é indicado para você! Cuide da sua saúde, cuida de você!

Para que os medicamentos possam ser comercializados, eles devem ser registrados na Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária). Em casos de dúvida, verifique no portal da Agência em “Consulta de Produtos”, pois pode ser um medicamento irregular ou falsificado.

IMPORTANTE: Esse conteúdo é apenas para fins educacionais e não substitui de forma alguma a orientação de um médico. Consulte sempre um médico.