Multigrip: Bula, Indicação, Efeitos Colaterais, Como Usar?

Saiba Tudo Sobre o Medicamento Multigrip, Bem Como os Possíveis Efeitos Colaterais. Confira As Indicações, Contraindicações e Ainda As Formas de Uso Deste Remédio Que Deve Ter Prescrição Médica.

O Multigrip  é um remédio com ação a grau do sistema nervoso central, que promove a redução de febres e as sensibilidades a quaisquer dores.


Ainda, ele promove o bloqueamento de liberação de determinados elementos que se responsabilizam pela ação alérgica, reduzindo inchaços, corizas, rinites e tornando possível o descongestionamento do nariz. A ação do medicamento começa em 15min posteriores ao consumo.

Multigrip: Quais as Indicações?

Multigrip

Tem indicação para tratar os sinais de resfriados e de gripes. Além disso, é reservado para aliviar as congestões nasais, bem como:

  • febre;
  • coriza;
  • dores de cabeça;
  • dores no corpo;
  • dores musculares.

Apresentações do Multigrip

  • Drágeas compostas por 400mg do Paracetamol, somadas a 4mg do maleato de Clorfeniramina e 4mg do Cloridrato de Fenilefrina;
  • Embalagem composta por 20 a 200 drágeas.

Utilização oral e adulta.

Paracetamol

O paracetamol é uma substância analgésica e antitérmica, comprovada de forma clínica, que é capaz de promover a analgesia em virtude do aumento do limiar de dores e antipireses por meio do efeito central do hipotalâmico que faz a regulagem da temperatura.

Sua ação tem começo entre 15 a 30min posteriores a administração oral, permanecendo pelo prazo de 4 a 6h.

A substância é um elemento analgésico de efeito central, não pertencente a categorias de opiáceos ou salicilato.

Sua liberação é de caráter imediato e célere, com absorção quase completa pela sistema gastrintestinal. Esta absorção acontece pela transportação passiva.

Tal biodisponibilidade relativa tem variação entre 85% a 98%. Nas pessoas adultas, a concentração do plasma máximo acontece num período de 1h posterior ao consumo e variação de 7,7 a 17,6mcg/mL para uma dosagem única de 1000mg.

Efeitos Colaterais do Multigrip

As reações adversas do Multigrip se destaca pelos seguintes sintomas:

  • sono;
  • náusea;
  • dores oculares;
  • palpitação;
  • tontura;
  • secura da boca;
  • desconforto gástrico;
  • tremores;
  • sede;
  • diarreia;
  • agitação;
  • ardência dos olhos;
  • gases;
  • vista turva;
  • suor excessivo;
  • insônia;
  • fadiga;
  • irritação estomacal.

Contraindicações do Multigrip

Este medicamento tem contraindicação para indivíduos hipersensíveis aos compostos da fórmula, bem como as seguintes condições que não tenham o controle de um especialista:


  • hipertensão;
  • doenças do coração.
  • glaucoma;
  • diabetes;
  • hipertrofia de próstata;
  • insuficiência do fígado de teor grave;
  • doença dos rins crônica;
  • disfunções da tireoide;
  • gravidez;
  • lactação.

O remédio tem contraindicação para indivíduos menores de 18 anos. O remédio não deve ter utilização pelo público feminino que esteja em período gestacional sem a recomendação médica.

Orientações Sobre o Paracetamol

A substância do Paracetamol é correspondente a liberação imediata é rápida. Como já dito, tem a absorção quase completa pelo próprio sistema gastrointestinal, e de forma principal pelo intestino delgado.

A concentração do plasma máximo no cenário de equilíbrio posteriormente ao seu consumo de dosagens de 1000 mg de 6h em 6h tem variação entre 7,9 a 27,0 mcg por mL.

Ação de Alimentos

Ainda que a concentração de pico tenham atraso, ao passo que esta substância tenha administração em conjunto a alimentos, a absorção extensa não tem prejuízos. O medicamento pode ter administração sem que dependa de alimentação.


Distribuição

A substância parece ter ampla distribuição pelos elementos teciduais de teor orgânico, com exceção do tecido gorduroso. O volume de distribuição corresponde a 0,7 a 1L por kg em indivíduos pediátricos e faixa etária adulta. Esta proporção é relativa e concerne aos elementos proteicos plasmáticos.

Função Metabólica

O medicamento consegue ser metabolizado de forma principal na região do fígado e tem envolvimento em 3 principais vias:

  • via conjugada com glucoronídeo;
  • via conjugada com sulfato;
  • via oxidação por meio de enzimas do sistema citocromo.

A oxidação compõe uma intermediária reativa que é detoxificada pelo conjunto glutationa para a formação de cisteína inerte e demais substâncias.

Para o o público de faixa etária adulta, grande parte do medicamento do paracetamol tem conjugação com ácidos glucorônicos e, em extensão reduzida com sulfatos. Estes metabólicos têm caráter desprovido de exercício biológico.

No público recém-nascido prematuro, bem como a público pediátrico de idade baixa, há o predomínio da conjugação do sulfato.

No público adulta que apresente disfunção do fígado de graus diferenciados de etiologia e intensidade, diversas pesquisas apresentaram que o metabolismo demonstra a biotransformação do medicamento, em questão, com semelhança aos adultos com saúde, porém de forma lenta.

Esta administração por dia consecutivo das dosagens de 4g ao dia, faz a indução da glucoronidação, no público adulto saudável e com disfunção do fígado, trazendo o resultado essencial depurativo total elevado do medicamento em decorrência do tempo e plasma acumulado.

Eliminação

No público adulto, o medicamento é eliminado por uma média de duas a três horas e em relação às crianças, esta eliminação tarda entre 1h e meia até 3h.

Trata-se de 1h a mais aos recém nascidos e em indivíduos portadores de cirrose. O medicamento tem eliminação sob o formato de conjugação do glucoronídeo e sulfato, tiois,e demais substâncias que tem excreção na diurese.

A depuração dos rins do medicamento com inalteração é uma média de 3,5% da dosagem.

Como Usar o Multigrip?

Utilização Oral

  • Faixa etária Adulta – 18 a 60 anos;

Consumir uma drágea de 4h em 4h, com um quantitativo de água para deglutir. O limite das dosagens por dia correspondem a 5 drágeas. O tempo de tratamento deve acontecer, ao passo que durem os sinais, observando o limite de três datas ou a depender do médico.

É imprescindível seguir de forma correta o modo de uso. Em situações de dúvidas sobre a substância, é importante procurar as orientações dos especialistas. Se os sinais não desaparecerem, busque o auxílio médico para demais informações.


O remédio não pode ser aberto, partido ou sofrer mastigação.

Esqueci de Tomar o Medicamento, o Que Fazer?

Se houver o esquecimento de determinadas dosagens, a recomendação é seguir o tratamento de acordo com a dose indicada. Procure sempre se informar com o seu médico específico. Só ele poderá dar um parecer diferenciado sobre o seu caso de saúde.

IMPORTANTE: Esse conteúdo é apenas para fins educacionais e não substitui de forma alguma a orientação de um médico. Consulte sempre um médico.