Figatil – Bula, O Que é, Indicações, Contraindicações

Figatil é um dos medicamentos mais populares comercializado no Brasil em forma de drágeas, solução oral e flaconetes. Para saber todos os detalhes sobre esse fármaco produzido pelo laboratório Catarinense, confira nosso artigo.

Para Que Serve Figatil?

Figatil

O Figatil é recomendado como colerético ecolagogo e também como tratamento dos sintomas associados a determinados tipos de distúrbios gastrointestinais espásticos.


As substâncias coleréticas têm como função estimular o fígado quanto ao aumento da produção de bile, tornando mais fácil dissolver gorduras, vitaminas lipossolúveis e colesterol, facilitando a absorção dessas substâncias por parte do organismo.

As substâncias colagogas, por sua vez, favorecem o fluxo da bile para o intestino, sobretudo devido à contração da vesícula biliar.

Como Figatil Age?

O Figatil atua como um facilitador da digestão, agindo principalmente nas funções do fígado. De forma geral, o tempo médio para que a ação do medicamento tenha início é de aproximadamente 30 minutos.

Composição da Fórmula

A composição da fórmula de Figatil varia de acordo com a maneira com a qual esse medicamento é comercializado (drágeas, solução oral e flaconete). Vejamos cada um dos casos.

Drágeas

  • Extrato seco de alcachofra (princípio ativo)
  • Extrato seco de boldo (princípio ativo)
  • Excipientes: carbonato de cálcio, sacarose, amido, ácido esteárico, cera de carnaúba, corante amarelo tartrazina, estearato de magnésio, goma arábica e talco.

Solução Oral Concentrada

  • Extrato fl. de alcachofra (princípio ativo)
  • Extrato fl. de boldo (princípio ativo)
  • Excipientes: água purificada, óleo de laranja, sacarose, hidróxido de sódio, sacarina sódica e metilparabeno.

Solução Oral (Flaconete)

  • Extrato fl. de alcachofra (princípio ativo)
  • Extrato fl. de boldo (princípio ativo)
  • Excipientes: hidróxido de sódio, água purificada, propilenoglicol, óleo de laranja, sacarose, sacarina sódica e metilparabeno.

Contraindicações de Figatil

Ainda que Figatil proporcione rápidos benefícios, esse medicamento não deve ser utilizado nas situações a seguir:

  • Crianças com idade inferior a 12 anos;
  • Pacientes diagnosticados com pedras nos rins;
  • Pessoas que apresentam obstrução no ducto biliar;
  • Indivíduos com quadro de inflamação séptica na vesícula biliar;
  • Pacientes com inflamação nas vias biliares;
  • Indivíduos diagnosticados com câncer no ducto biliar, câncer no pâncreas ou câncer no fígado;
  • Pessoas que apresentam quadro de icterícia (pele e olhos amarelados) decorrente de anemia hemolítica ou outros tipos provocados por hiperbilirrubinemia não conjugadas.
  • Pacientes diagnosticados com doenças graves no fígado, tais como cirrose, hepatite virótica ou hepatite tóxica.

Obs.: gestantes e mulheres que estão amamentando só podem fazer uso de Figatil mediante autorização e acompanhamento médico.

Efeitos Colaterais do Figatil

Figatil, assim como a maioria dos medicamentos, pode causar alguns efeitos colaterais que precisam ser conhecidos antes de iniciar o uso desse medicamento. Vejamos agora quais são essas reações adversas.

– Distúrbios gastrintestinais;

– Reações alérgicas (no caso de pessoas com predisposição a tais reações).


Essas duas reações são consideradas raras, ou seja, afetam entre 0,01 e 0,1% das pessoas que utilizam esse fármaco.

Caso ocorra uma ou mais reações, é necessário suspender o uso desse medicamento e consultar o médico responsável pelo tratamento ou serviço de pronto atendimento médico.

Como Tomar Esse Medicamento

Com relação ao uso de Figatil, essas são as recomendações básicas:

– Quanto à solução oral concentrada de Figatil, a dosagem recomendada é de 1 colher (chá), que deve ser ingerida de 1 a 6 vezes ao dia (diluída em água).

Obs.: a dosagem máxima indicada desse medicamento é de 6 colheres (chá) por dia (que deve sempre ser distribuída em 6 doses).

– No caso do Figatil em solução oral (flaconete), a dosagem diária recomenda é de 1 flaconete de 1 a 6 vezes por dia. Obs.: nesse caso também a dosagem máxima diária é de 6 flaconetes.

– Com relação ao uso de drágeas, o indicado é que sejam ingeridas 2 drágeas de 1 a 6 vezes por dia. Obs.: a dosagem máxima diária é de 12 drágeas, sendo distribuídas em 6 doses.

Caberá ao médico definir a dosagem adequada de acordo com as condições apresentadas por cada paciente.

É muito importante frisar que, nos casos de pacientes que estejam ingerindo outros tipos de medicamentos, incluindo os fitoterápicos, ou plantas medicinais, é necessário informar essa condição ao médico.

Esse cuidado é necessário pois é possível que ocorram reações indesejáveis devido às interações entre medicamentos e plantas medicinais que são ingeridas de forma conjunta.

Por Que Consultar o Médico?

Todas as pessoas que sofrem com problemas digestivos ou associados ao funcionamento do fígado, devem, obrigatoriamente, consultar um médico para avaliar causas mais profundas do problema.

Na maioria das vezes é necessário realizar exames de laboratório e imagem para avaliar com precisão a saúde de todos os órgãos do sistema gastrintestinal e também fígado e rins.

O acompanhamento médico também é necessário quanto ao possível uso de outros tipos de medicamentos além dos fitoterápicos.

Ações Que Ajudam no Tratamento

Além do uso de Figatil, para prevenir e ajudar no tratamento de problemas digestivos, é essencial adotar alguns cuidados no dia a dia, que são:

Evitar Alimentos Gordurosos

Pessoas com o fígado mais sensível devem evitar ao máximo o consumo de alimentos excessivamente gordurosos, já que eles são de difícil digestão e exigem demais do fígado e vesícula biliar.

O excesso de açúcar e substâncias como conservantes, acidulantes, corantes etc. também prejudicam o funcionamento do fígado.

Logo, o recomendado é adotar uma alimentação mais natural no dia a dia, rica em alimentos que promovam a saúde do fígado e do organismo como um todo.

Esses alimentos são principalmente: frutas, verduras, legumes, grãos integrais, peixes e carnes magras.


Beber Bastante Água

A água é essencial para promover uma limpeza no organismo e traz imensos benefícios para o fígado e rins (órgãos que têm como missão a filtragem dos mais diversos tipos de substâncias que entram no nosso organismo).

Logo, o simples hábito de beber 2 litros de água todos os dias é capaz de evitar uma série de problemas no fígado e também contribui para a saúde de todo o sistema gastrintestinal.


Após saber detalhes do Figatil, compartilhe essas informações com várias pessoas para que elas também saibam todos os cuidados que devem ser tomados antes de ingerir esse medicamento.

Para que os medicamentos possam ser comercializados, eles devem ser registrados na Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária). Em casos de dúvida, verifique no portal da Agência em “Consulta de Produtos”, pois pode ser um medicamento irregular ou falsificado.

IMPORTANTE: Esse conteúdo é apenas para fins educacionais e não substitui de forma alguma a orientação de um médico. Consulte sempre um médico.