Anemia: O Que é, Causas, Sintomas, Tratamento e Informações

Descubra Tudo Sobre a Anemia, Uma Doença que Pode Acometer o Organismo Humano. Veja as Informações e Principais Formas de Tratamento!

A Anemia é uma condição que acomete a saúde de, principalmente, muitas crianças que não têm uma alimentação completa.


A falta de específicos nutrientes pode ser o problema que desencadeia este quadro clínico. Confira todas as informações sobre esta patologia.

O Que é Anemia?

Anemia

Esta condição tem definição pela OMS, Organização Mundial de Saúde, a partir do conteúdo da hemoglobina sanguínea menor que o convencional em consequência da ausência ou carência de um ou mais elementos da nutrição considerados essenciais, independentemente do motivador das deficiências.

A anemia pode ser provocada pelas deficiências de diversos nutrientes como vitamina B12, zinco, ferro e elementos proteicos.

Contudo, esta condição é causada pela deficiência do ferro, caracterizada pela anemia ferropriva, comum em quase 90 % das condições provocadas por esta deficiência.

O mineral ferro é uma nutrição fundamental para se viver e age de forma principal na produção dos elementos celulares vermelhos da corrente sanguínea e, também, para transportar oxigênio a todos os elementos celulares do organismo.

As gestantes, crianças, lactantes, adolescentes do sexo feminino e público feminino adulto em etapa reprodutiva são prejudicados por esta condição patológica, ainda que possa afetar homens, de todas as faixa etárias, também.

Tipos

A categoria da doença pode ter a divisão a partir de 6 tipos.

  • Anemia ferropriva;

Trata-se de uma categoria da condição que decorre da deficiência do ferro num organismo desencadeando a redução da produtividade, tamanho e caráter da hemoglobina de hemácias e glóbulos vermelhos.

Os níveis baixos sanguíneos promovem o comprometimento da cascata produtiva de hemácia.

  • Anemia pela deficiência da vitamina B12;

Em relação a anemia pela deficiência deste elemento vitamínico B12, portanto, acontece a baixa contagem dos elementos de hemácias em virtude do pouco quantitativo deste nutriente no corpo.

Estas condição são provocadas pela deficiência vitamínica. De modo geral, são denominadas de anemias megaloblásticas. 

  • Anemia hemolítica;

Em indivíduos saudáveis, portanto, as substâncias celulares de glóbulos vermelhos costumam durar por aproximadamente 120 dias antes de terem o descarte pelo corpo.

Neste caso, os glóbulos vermelhos têm a destruição antes da época adequada, sem que haja tempo para  uma reposição da medula óssea.

Esta condição também é apresentada em formato autoimune, que acontece ao passo que a imunidade faça a identificação errônea dos próprios glóbulos como elementos alheios, produzindo anticorpos que promovem o ataque às hemácias, fazendo a destruição de forma prematura.

  • Anemia falciforme;

Esta é a condição genética que apresenta a modificação dos glóbulos vermelhos, deixando-os em formato de foice.

Estes elementos celulares apresentam a membrana com alteração e se rompem de forma mais fácil, provocando a anemia.

Causas da Anemia

A condição patológica acontece, portanto, ao passo que o sangue não apresente o quantitativo vermelho com suficiência. Isto porque:


  • o organismo não faz a produção celular do sangue vermelho com suficiência;
  • o organismo promove a destruição dos glóbulos vermelhos;
  • uma alimentação que não apresenta vitaminas específicas;
  • uma alimentação com baixo quantitativo do ferro, ácido fólico e vitamina B12.

Distúrbio intestinal

Apresentar desordens intestinais que provoquem a absorção de nutrição no intestino delgado pode desencadear a Anemia.

Gravidez

Caso esteja grávida, e não esteja consumindo multivitamínicos compostos por ácido fólico, é possível que esteja apresentando riscos elevados da condição, em questão.

Menstruação

De modo geral, portanto, o público feminino que não alcançou a menopausa apresenta um risco maior da condição ferropriva do que o público masculino.


Isto porque o ciclo menstrual provoca a perda dos glóbulos denominados vermelhos.

Condição crônica

Se tiver câncer, insuficiência dos rins ou demais condições crônicas, é possível que esteja em risco da condição da patologia de teor crônico. A condição pode desencadear os glóbulos vermelhos em escassez.

Sintomas da Anemia

Dentre os principais sintomas da anemia, portanto, podemos conferir:

  • cansaço generalizado;
  • anorexia;
  • palidez de mucosa e pele;
  • falta de ar;
  • dificuldade de aprendizado;
  • disposição ruim para trabalhar;
  • tontura;
  • dores no peito;
  • dores de cabeça;
  • mãos e pés frios;
  • apatia.

Os sintomas da condição são caracterizados inespecíficos, e necessitam de testes em laboratório para que haja a confirmação do diagnóstico.

Tratamento para Anemia

Este tratamento é dependente das causas específicas.

Portanto, para a condição ferropriva, este tratamento tem formato que geralmente, tem o envolvimento de consumo da suplementação do ferro e modificações em relação a dieta.

Se a razão subjacente desta deficiência, por isso, for a perda sanguínea, além de menstruar, o sangramento deve ser localizado e interrompido. Isto porque pode haver possível intervenção cirúrgica.

No caso de deficiência do elemento vitamínico B12, o tratamento envolve a suplementação dietética e o aumento da nutrição em relação a alimentação.

Se o quadro da condição for aplástico, o tratamento pode fazer a inclusão de transfusão sanguínea para o aumento dos níveis de glóbulos vermelhos.

É possível que você precise de transplante da medula óssea, se estiver enfermo e não conseguir realizar a produção saudável das células.

Na situação de condição hemolítica, faz-se a inclusão de tratamento infeccioso relacionado ao consumo medicamentoso que faz o suprimento da imunidade, que pode atacar os glóbulos vermelhos.

Falciforme

Este tratamento específico pode fazer a inclusão de consumo do oxigênio, remédios para o alívio das dores e fluido oral ou intravenoso para a redução das dores e prevenção de complicação.

Os especialistas também podem fazer a recomendação da transfusão do sangue, suplementação do ácido fólico e substâncias antibióticas.

O transplante da medula pode ter tratamento com eficácia para determinadas situações.

Remédios para Anemia

A medicação mais utilizada para tratar a condição clínica compreende:


Consulte sempre, portanto, um especialista e não se automedique!

Por mais que você se sinta bem, faça um Check-up  uma vez por ano.  Exames regulares ajudam seu médico acompanhar sua saúde e identificar alguma ameaça de doença, colocando você no caminho do tratamento.

IMPORTANTE: Esse conteúdo é apenas para fins educacionais e não substitui de forma alguma a orientação de um médico. Consulte sempre um médico.