Ambroxol: Indicações, Efeitos e Características

Quer saber quando se deve utilizar o Ambroxol e qual sua finalidade? Acompanhe o texto e entenda os seus benefícios e contraindicações, antes de usá-lo!

O cloridrato de Ambroxol é um medicamento expectorante, disponível na fórmula adulta e infantil. Seu uso é recomendado para o alívio de tosse carregada com secreções.


Além disso, proporciona alívio da irritabilidade na garganta, elimina o catarro das vias aéreas e desentope os brônquios.

O Ambroxol  é da classe genérica, de forma que, seu princípio ativo possui a mesma nomenclatura.

Pode ser encontrada como referência, comercialmente denominado, Mucosolvan.

Muito conhecido também, pelos nomes comerciais de diversos similares, tais como:

  • Ambroxmel;
  • Ambrol;
  • Broncoflux;
  • Fluibron;
  • Neossolvan;
  • Mucibron;
  • Muconat;
  • Expectuss;
  • Ambrox;
  • Mucoclean;
  • entre outros.

Ambroxol

Indicações do Ambroxol

O Cloridrato de Ambroxol é indicado para o tratamento de tosse com secreção. Normalmente, encontrado na apresentação de xarope expectorante, possui miligramagem adulta e infantil.

Recomendado para tratar patologias broncopulmonares fortes e as que persistem por mais de seis meses.

Auxilia na diminuição da secreção das vias aéreas facilitando a respiração, desentope os brônquios, diminui a tosse e acalma possíveis dores na garganta relacionada com a tosse excessiva.

Normalmente, sua eficácia ocorre 2h logo após a primeira administração.

Suas Apresentações

Este medicamento está disponível em:

  • Xarope Infantil: frasco de 15mg/5mL, com uma quantidade de 120ml. Uso infantil por via oral;
  • Xarope Adulto: frasco de 30 mg/5mL, com uma quantidade de 120ml. Uso adulto e adolescentes com mais de 12 anos, por via oral.

Efeitos

A administração do Cloridrato de Ambroxol auxilia no combate a infecção viral da gripe e resfriado. Entretanto, existem alguns efeitos colaterais.

Os mais comuns são:

  • Enjoo;
  • Diminuição da sensibilidade em determinadas regiões do corpo;
  • Difícil identificação de alimentos pelo paladar;
  • Diarreia;
  • Dor no abdômen;
  • Boca com pouca saliva;
  • Vômito;
  • Desconforto digestivo.

Além desses mais comuns, outros efeitos podem acontecer. Entre eles:


  • Vermelhidão;
  • Manchas na pele devido a alergias.
  • Reação anafilática;
  • Perturbações sensitivas na pele.

Contraindicações

Não deve ser utilizado por crianças com menos de dois anos.

Não deve utilizar este medicamento pessoas com algum tipo de sensibilidade ao Mucosolvan, qualquer componente da fórmula ou, ser intolerante a frutose.

Em alguns casos existem restrições. São eles:

Pessoas Com Dificuldade na Respiração

A administração é permitida, contudo, se os sinais persistirem, é necessário uma avaliação médica.

Mau Funcionamento dos Rins

Nestes casos, o uso de Mucosolvan, é permitido somente após uma consulta com um especialista.

Gestação

Esta medicação não é indicada nos primeiros três meses de gestação. Após este período, estudos relatam que não há reações negativas em relação ao feto, parto e após.

Contudo, assim como todos os medicamentos, o uso não deve ser administrado sem a prescrição médica, durante e após a gravidez.

Amamentação

Ainda que não tenha sido relatado casos de sintomas prejudiciais ao bebê em casos de a mãe utilizar este medicamento, é comprovado que ele é liberado pelo leite do peito.

Em virtude disso, não deve-se administrar esta medicação durante a amamentação.

Posologia

A posologia do Cloridrato de Ambroxol depende da idade e peso do indivíduo.

  • Jovens acima de 12 anos e Adultos: tomar 5ml de 8 em 8h. Utilização oral;
  • Pediátrico de 2 a 5 anos: tomar 2,5ml de 8 em 8h. Utilização oral;
  • Crianças de 6 a 11 anos: tomar 5ml de 8 em 8h. Utilização oral.

Este medicamento não deve ser usado em bebês menores de 2 anos, sem a recomendação médica!

Uso Por Via Inalatória

Calcula-se que a quantidade adequada de Fluibron por inalação é 0,6mg por kg de peso.


  • Pediátrico menor de 6 anos: Inalar 2ml até 2 vezes ao dia;
  • Pediátrico maiores de 6 anos:  Inalar 2ml até 2 vezes ao dia;
  • Adultos: Inalar 3ml até 2 vezes ao dia.

Mucosolvan Aumenta a Tosse?

Geralmente, em épocas muito frias, principalmente em relação as crianças que costumam não se agasalhar muito bem ou, comumente os vírus e bactérias pelos quais estamos expostos todos os dias, acometem o organismo com sintomas que atrapalham a rotina, como a tosse.

Quando se está com tosse, é necessário identificar como ela é – seca, carregada ou alérgica.

O uso do Mucosolvan adulto e infantil, é específico para a expectoração.

Desta forma, se você estiver com uma tosse seca ou alérgica e administrar este medicamento, seus sintomas irão, com certeza, sofrer um agravamento.

O xarope adequado para tosse seca age, principalmente, em função de acalmá-la.

Já o Mucosolvan, sendo para expectorar, atua diluindo as secreções, para que vão embora com mais facilidade de modo a tratar a tosse mais rápido.

A tosse carregada, são aquelas com secreções nas vias respiratórias, por isso, para a eliminação é necessário um xarope expectorante.

Entretanto, a tosse alérgica e seca, é irritada e, normalmente, vem acompanhada das dores desagradáveis da garganta devido à falta de saliva.


Assim, há, de fato, a necessidade do uso de um xarope que atue diretamente contra esta secura.

Antes de se automedicar, não esqueça de sempre consultar o seu médico! 

IMPORTANTE: Esse conteúdo é apenas para fins educacionais e não substitui de forma alguma a orientação de um médico. Consulte sempre um médico.